Curiosos anúncios, publicados no «Boletim do Governo de Macau», (1) publicitando as corridas de 1.500 metros, no hipódromo de Saigão denominadas “Corrida Nacional – Prémio de Annam, (sem pesos nem entradas, tudo anunciado em francês «sans poids ni entrées»). (2)

1.º Prémio – 250 francos; 2.º Prémio – 100 francos; 3.ª Prémio – 75 francos.

Corrida para cavalos e jumentos de origem anamita, montados por Anamitas em traje nacional. Também há para cavalos e jumentos de toda a Ásia em traje à vontade e para cavalos e jumentos anamitas montados com traje de corrida, e corridas com pesos, e com atrelados, de 2 e 4 rodas. (3)

O aviso foi enviado de Saigão em 25 de Novembro de 1868, pela “Société des Courses de Saigon”

(1) «BPMT», XV-3 de 18 de Janeiro de 1869, p. 14

continua

(2) Anam ou Annam ou Aname (em vietnamita: An Nam, em chinês: 安南; actualmente Trung Kỳ (中 圻),) que existiu na parte central do Vietname, foi capturada pelos franceses em 1874 tornando-se protetorado francês e depois parte da Indochina Francesa desde 1883 até à sua queda, em 1945, como resultado da derrota francesa na Primeira Guerra da Indochina. A capital de Anam era Huế. Os anamitas eram um povo semi nómada que viviam no sopé das montanhas de Anam (montanhas anamitas ou cordilheira anamita. https://pt.wikipedia.org/wiki/Aname

(3) SILVA, Beatriz Basto da – Cronologia da História de Portugal, Volume III, 2015, p. 188