Archives for posts with tag: Turismo

Saco de papel de cor vermelho e letras a preto; dimensões:31,5 cm x 28 cm ; base de 28 cm x 10 cm.

MOMENTOS MEMORÁVEIS
Sentir MACAU

da Livraria do Centro de Promoção e Informação Turística de Macau, em Lisboa
Outro exemplar, com as mesmas dimensões e «design» variando somente na cor.

Capa da revista MACAU CELEBRATION CITY, n.º 1 publicado em Dezembro de 1996 (25 Patacas). Tópicos principais deste número: “A Macanese Christmas”, “Chinese New Year” e “Easter”

Revista (30cm x 21 cm; 34 páginas) em inglês, publicada em Dezembro de 1996, projectada para ser publicada três números ao ano, creio no entanto que só foi publicada este número. A capa do n.º 2, estava anunciada neste primeiro número e prevista para sair em Abril de 1997, mas não sei se foi concretizada. . Pretendia ser um “magazine” de acontecimentos festivos de Macau, hotéis, restaurantes, de divulgação turística. Publicação da “Imagination Macau” (“Managing Editor”: Liz Thomas).

Na contracapa um anúncio da “CAM– Macau International Airport Company”

MACAU, ASIA OLDEST GATEWAY TO CHINA
Asia´s oldest Europen gateway is home to Asia´s newest airport.”

Caixa de fósforo com a publicidade “Turismo Macau” nos dois lados, com as cores da bandeira portuguesa (verde por cima; vermelha, por baixo e as letras em amarelo). Possivelmente da década de 60 mas mais provável de 70 (século XX).
Dimensões : 5,5 cm x 2,5 cm x 0,8 cm.
Os telefones da sede em Macau n.º 5164 e as agências em Hong Kong: do lado de Hong Kong n.º 430118 e Kowloon 661265
Os fósforos de que tenho, somente 4 exemplares, têm a “cabeça” vermelha.

Retirado (disponível na net) em:
The Directory & Chronicle for China, Japan, Corea, Indo-China, Straits … , 1904, p. 492

Para ilustrar os locais de interesse turístico de Macau no folheto turístico de 1928 (1) o autor apresenta as fotografias do Jardim de Lou Lim Yok (2) e do Palácio do Governo (3) numa montagem sugestiva (4) a que intitulou “ In and Around Macao”, com a seguinte nota:
a-vistors-handbook-to-romantic-macao-in-and-around-macaoMR. LOO LIM YOK´S GARDENSThese Gardens are one of the show places of Macao, and are truly artistically and attractively laid out in the Chinese style. Permission  to visit these gardens can be secured from the owner and such a visit will not be regretted as the arrangements and methods adopted by the designer have secured a most harmonious blending ”.
GOVERNMENT HOUSE – The present oficial residence of the Governor of Macao, is a handsome building with two projecting wings, and occupies a commanding position on trhe Praia Grande . This mansion was built by the late Baron de Cercal as his family residence. On his demise it was purchased from his estate by Government.
(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2017/01/24/leitura-folheto-turistico-de-1928-a-visitors-handbook-to-romantic-macao/
(2) Ver anteriores referências em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/jardim-lou-lim-ieoc/
(3) Ver anteriores referências em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/palacio-do-governo-do-cercal/
(4) A mesma fotografia/montagem, com o título “Jardim chinês – O Palácio do Govêrno” está publicada no livro, de 1922, de Hugo de Lacerda (coord) – “Macau e o seu futuro porto”, já apresentada em anterior postagem:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/12/15/postais-macau-artistico-ii/

Para ilustrar a descrição dos locais de interesse turístico de Macau, no folheto turístico de 1928 (1) o autor apresenta a fotografia dos “Jardins” da Flora, (2) com a seguinte descrição:
a-vistors-handbook-to-romantic-macao-jardim-da-floraFLORA GARDENS are the scene of another beautiful exemple of landscape architecture. The picturesque little pavilion in the grounds was once the governor´s summer residence, but i tis now a comercial and natural history museum, a visit to which should form na essencial part of one´s itinerary of Macao
(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2017/01/24/leitura-folheto-turistico-de-1928-a-visitors-handbook-to-romantic-macao/
(2) https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/jardim-da-flora/ 

Para ilustrar a descrição dos locais de interesse turístico de Macau no folheto turístico de 1928 (1) o autor apresenta duas fotografias da Gruta de Camões (2) com a seguinte nota:
a-vistors-handbook-to-romantic-macao-gruta-de-camoes-iTHE GROTT OF THE POET CAMOENS is formed by a group of granite boulders situated in the grounds of the gardens bearing the poet´s name. This is one of the most interesting of the many sights of Macao. These gardens, as well as the bronze busto f the poet, are a tribute offering to the memory of Portugal´s immortal bard by the late Senhor Lourenço Marques, na ardente admirer of the great poet´s writings. Tradition has it that the famous Portuguese poet wrote some cantos of his immortal poem, The Lusiad, is this very place.
Surrounding the pedestal on which the bus tis placed, mortised into boulders, are several slabs of granite engraved with tributes from the masterly pens of Sir John Bowring, Rienzi, Sir John Davis and others – in several tongues.
a-vistors-handbook-to-romantic-macao-gruta-de-camoes-ii(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2017/01/24/leitura-folheto-turistico-de-1928-a-visitors-handbook-to-romantic-macao/
(2) https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/gruta-de-camoes/