Em Dezembro de 1954, visitou Macau , Sir Ian Horobin, (1) Membro do Parlamento Inglês, que depois de percorrer os mais diversos pontos turísticos da cidade, quis conhecer o Cemitério dos Protestantes.
Quando examinava o túmulo de Lord Spencer-Churchill (2),  Sir Ian Horobin, conhecedor da história da Casa dos Marlborough, concluiu que Lord Spencer-Churchill era um antepassado de Sir Winston Churchill (o primeiro ministro da Inglaterra de então).(3)
Soube, mais tarde, que Lord Spencer-Churchill era tio-avô de Sir Winston Churchill.

MBI II-40, 31MAR1955 Cemitério dos ProtestantesO túmulo (ao centro) de Lord Spencer-Churchill no Cemitério protestante (1955)

Sir Ian Horobin sugeriu imediatamente aos depositários do cemitério a ideia de fotografar o túmulo de Lord Spencer-Churchill e reunir essas fotografias num álbum que seria depois oferecido ao Primeiro Ministro Britânico.
O álbum, artística obra da Tipografia Salesiana de Macau com capa de marroquim, inseriu na primeira página, a pedido dos seus organizadores, uma dedicatória do Governador da Província, Almirante Joaquim Marques Esparteiro , que transcreveu uma passagem dum poema de Rupert-Brooke, que diz:
Existem certos cantinhos nome estrangeiro que são para sempre Inglaterra
Este álbum,  contendo magníficas fotografias do túmulo de Lord Henry John Spencer-Churchill, foi enviado a Sir Ian Horobin que por sua vez, o entregou ao Primeiro Ministro Britânico.

MBI II-40, 31MAR1955 Lápide do túmulo de Lord Spencer-ChurchillLápide do túmulo de Lorde Henry John  Spencer  Churchill

Em 10 de Fevereiro de 1955, Sir Winston Churchill acusava, da sua célebre residência de Downing Street, a recepção do artístico álbum exprimindo, numa carta dirigida a Sir Ian Horobin, o seu reconhecimento e satisfação por tão interessante iniciativa:
«Meu caro Horobin
Tanta amabilidade da sua parte em arranjar algumas fotografias tiradas do túmulo de Lord Henry Spencer-Churchill.
Estou de facto encantado em aceitar o álbum no qual o Governador de Macau e os responsáveis pelo Cemitério me fizeram uma dedicatória.
Ficaria bastante grato se lhes testemunhasse os meus sinceros agradecimentos.
Seu sinceramente
(ass) – W. Churchill
Lord Horobin 1899-1976(1) Sir Ian Macdonald Horobin (1899 – 1976), político do Partido Conservador britânico, poeta e veterano da I e II Guerras Mundiais. Na II Guerra Mundial, reintegrado na Força Aérea, foi em 1941 capturado pelos japoneses e feito prisioneiro até 1945. Foi Secretário de Ministro de 1958 e 1959 tendo-se demitido por acusações de abuso sexual a menores. Foi condenado a quatro anos de prisão. Após a sua libertação viveu até morrer em 1976, em Tanger (Marrocos).
https://en.wikipedia.org/wiki/Ian_Horobin
(2) Lorde Henry John  Spencer  Churchill (1797-1840), 4.º (e último) filho do 5.º Duque de Marlborough, George Spencer-Churchill (1766-1840). (George Spencer Churchill,  faleceu a 5 de Março de 1840, no mesmo ano, 3 meses antes do filho mais novo). Lorde Spencer Churchill,  capitão do “Royal Navy” em 1826, nomeado comandante do “H. B. M. Ship Druid” e oficial superior da esquadra inglesa nos mares da China durante 1 1.ª Guerra do Ópio. Depois de uma semana de doença (congestão cerebral complicada com disenteria) faleceu a 2 de Junho de 1840 nas ruas de Macau com 43 anos de idade. O monumento foi erigido pelos oficiais e subalternos seus em testemunho de estima e admiração.
Ver também:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/cemiterio-dos-protestantes/
Sir Winston Churchill 1874-1965(3) Sir Winston Leonard Spencer-Churchill (1874-1965) foi um político conservador e estadista britânico, famoso principalmente por sua actuação como primeiro-ministro do Reino Unido durante a Segunda Guerra Mundial. Ele foi primeiro-ministro britânico por duas vezes (1940-45 e 1951-55). foi oficial no Exército Britânico, historiador, escritor e artista. Ele é o único primeiro-ministro britânico a ter recebido o Prêmio Nobel de Literatura e a cidadania honorária dos Estados Unidos.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Winston_Churchill
Artigo não assinado em «MACAU –  B. I. , 1955».