Archives for posts with tag: Rua do Guimarães

O pagode Hong Chan Kuan Miu 康真君廟 deu nome ao Largo do Pagode do Bazar, que fica entre a Rua de Cinco de Outubro (outrora Rua Nova de El-Rei) e a Rua do Guimarães. O Largo tem de um lado o pagode e do outro a Rua de Miguel Aires. O pagode do Bazar da toponímia local é precisamente o templo Hong Chan Kuan Miu. O templo foi construído em 1792 e no reinado de Daoguang (1820-1850) foi ampliado. O Pagode é vulgarmente conhecido por Hong Kong (Kung) Miu 康公廟 (1) (2)

Extraído de «O Independente», Vol I, n.º 16 de 18 de Dezembro de 1868, p. 135.

(1) TEIXEIRA, Padre Manuel – Pagodes de Macau, 1982, p.153 (2) https://www.youtube.com/watch?v=AAO6oF_Xp7g

No dia 19 de Novembro de 1851, o Capitão-Tenente da Armada Isidoro Francisco Guimarães (1) desembarcou às 15.00 horas sendo recebido pelo Governador cessante Francisco António Gonçalves Cardoso (2) e demais autoridades. Após a recepção, no Palácio do Governo, o Governador cessante dirigiu-se à Sé, para buscar o bastão que havia depositado aos pés de Nossa Senhora da Conceição, dirigindo-se, em seguida, ao Monte, seguido das autoridades. Após a entrega do bastão e das chaves da Fortaleza e troca de discursos, dirigiram-se os dois governadores para o Leal Senado, afim de o novo Governador assinar o auto da posse, findo o qual voltou à Sé, para depositar novamente o bastão aos pés da Nossa Senhora da Conceição. Isidoro Francisco Guimarães, durante os anos da sua inteligente e próspera governação, conseguiu restaurar por completo o estado financeiro da província que, encontrando-se em 1852 deficitário, em 48.309 patacas, apresentou, em 1862, um saldo de 104.633 patacas. (3) (4)

Isidoro Guimarães1851-1863(1) Isidoro Francisco Guimarães (1808 -1883),Visconde da Praia Grande (5). Formado na Academia Real da Marinha, em 1926, estudou depois Filosofia e Matemática na Universidade de Coimbra até ao 3.º ano.
Veio a Macau pela primeira vez como capitão-tenente em 1844. Por Decreto de 13-09-1851, foi nomeado Governador de Macau. Foi promovido a capitão-de-mar-e-guerra a 27-01-1927. Foi ele que conclui satisfatoriamente para Portugal os tratados com Sião, Japão e China (Tratado Luso-Chinês de Tien-tsin, com 54 artigos, concluído a 13-08-1862)
NOTA: tem uma rua com o seu nome RUA DO GUIMARÃES que começa na Rua da Ribeira do Patane, à entrada da Rua Cinco de Outubro e da Travessa da Guelra e termina na Rua das Lorchas, à entrada da Travessa das Virtudes.
(2) Francisco António Gonçalves Cardoso foi Governador deMacau somente em alguns meses (Fevereiro a Novembro de 1851).
(3) “30-01-1863Partiu para a metrópole, ao cabo de catorze anos de residência em Macau e onze de Governo, o Conselheiro Isidoro Francisco Guimarães. Ao tomar conta do Governo, encontrou a caixa pública exausta e com grandes dívidas aos servidores do estado, mal chegando para as despesas o subsídio da metrópole. O Conselheiro não impôs um único tributo. Fiscalizou unicamente com rigor os existentes, empregando a mais severa economia, conseguindo, em menos de três anos, não só pagar em dia mas dispensar o subsídio da metrópole, não obstante as despesas terem aumentado do ano para ano com as obras públicas e a força naval e com socorros de avultadas somas para outras províncias, deixou a caixa com um saldo de milhares de patacas.” (4)
(4) GOMES, Luís G. Efemérides da História de Macau.
(5) VER em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/12/10/noticia-de-10-de-dezembro-de-1862-visconde-da-praia-grande/ 
Anteriores referências a este Governante:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/isidoro-guimaraes/
Foto do Governador retirada de “Nam Van”, n.º 25, 1986