Archives for posts with tag: Rogério Artur dos Santos

“A visita que cerca de 70 sócios do Clube Lusitano (1) fizeram, no dia 28 de Novembro de 1976 a Macau, constitui um acontecimento de notável importância nas relações entre a comunidade portuguesa de Macau e a residente no território vizinho de Hong Kong Foram recebidos no cais pelo Presidente do Leal Senado Sr. Rogério Artur dos santos e pelo Director do CIT, Dr. Jorge Rangel, tendo-se o Governador feito representar pelo seu ajudante em campo Capitão Costa e Silva. (…)

A Direcção do Clube Lusitano recebida pelo Governador de Macau.

A direcção da referida instituição associativa, a que preside o Comendador Arnaldo de Oliveira Sales, deslocou-se ao Palácio da Praia Grande, onde foi recebida pelo Coronel Garcia Leandro. (…)

A Direcção do Clube Lusitano e outras individualidades nas escadarias da entrada no Palácio da Praia Grande

No prosseguimento do programa da visita previamente elaborado, o Senhor Bispo da Diocese, D. Arquimínio Rodrigues da Costa, celebrou uma missa na Sé Catedral. (…)

Os visitantes no jardim Lou Lim Iok

Transportados em autocarros, foi-lhes oferecida uma digressão pela cidade incidindo esta sobretudo em pontos que para alguns deviam ser desconhecidos como é o caso do jardim Lou Lim Iok, que beneficiou de grandes melhoramentos depois da compra que o Governo fez aos seus proprietários e, consequentemente, da sua transição para o domínio público.

Os visitantes à saída do jardim Lou Lim Iok

O almoço oferecido no velho mas inconfundível Hotel Bela Vista, (2) reuniu mais duma centena de convidados, mantendo-se do princípio ao fim um ambiente acentuadamente familiar.

Almoço no Hotel Bela Vista
Oferta duma Caravela em filigrana em nome de Macau para os portugueses de Hong Kong que são os sócios do Clube Lusitano, na pessoa do seu presidente, Comendador Arnaldo de Oliveira Sales (3)

(1) “O Clube Lusitano surgiu em Hong Kong em 1866. A primeira pedra foi lançada em 1865. O Clube nasceu em 1866, sendo inaugurado oficialmente por um Governador de Macau, na altura o Conselheiro Horta” (trecho do discurso do Governador de Macau). Ver anteriores referências em: https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/clube-lusitano-de-hong-kong/

(2) “ Escolhemos este Hotel onde nos encontramos, não por ser o Hotel mais moderno de Macau, mas precisamente por ser o Hotel mais antigo de Macau, o Hotel a que estão ligadas, com certeza, gerações e gerações de portugueses de Macau que daqui saíram para Hong Kong e, também, por durante a guerra, a segunda grande guerra mundial aqui estiveram e, julgo que neste mesmo Hotel alguns viveram durante esses dias e anos difíceis da guerra. “ (trecho do discurso do Governador de Macau)

(3) “ Não é um presente de grande valor, mas tem um grande valor simbólico. Continua a significar que é através do mar e foi através do mar que os portugueses se espalharam pelo Mundo. E esse mar que a dada altura espalhou os portugueses pelo Mundo ainda hoje serve para fazer a sua ligação.“ (trecho do discurso do Governador de Macau)

Fotos e texto extraídos de «Macau B.I.T.», XI-9/10 de Novembro/Dezembro de 1976, pp. 24-27

O XXIII Grande Prémio de Macau (1) decorreu nos dias 13 e 14 de Novembro de 1976, com os treinos nos dias 11 e 12. Prova do Calendário Internacional da FIA, era o terceiro ano, dos carros da Fórmula Atlantic-Pacific. Com bons patrocinadores, vieram nesse ano a Macau bons pilotos, entre outros, John Macdonald, Vern Schuppan, Kevin Bartlett, Albert Poon, Rupert Keegan e Alan Jones (futuro campeão do Mundo da F1 em 1980,)

«No segundo ano do seu reconhecimento pela F.I.A. como prova internacional, introduziram-se importantes benefícios na pista com visas a aumentar a segurança dos espectadores e corredores, tal facto muito contribuirá, decerto, para aumentar o interesse e o prestígio deste importante acontecimento desportivo, confirmando-o como o mais importante cartaz turístico de Macau» afirmou o Governador de Macau, coronel Garcia Leandro. (2)

O vencedor do «X Grande Prémio de Motos», Charles Mortimer
Partida do «XXIII Grande Prémio de Macau»
O automóvel vencedor « Ralt RT1-Ford», da equipa «Theodore Racing» de Teddy Yip conduzido pelo australiano Vern Shuppan
O Governador de Macau, coronel Garcia Leandro entregando a Taça ao vencedor do «XXIII Grande Prémio de Macau», Vern Shuppan (3)

(1)

«B.O.» n.º 24 de 12 de Junho de 1976, p.807

(2) «Macau B.I.T.», Vol. XI, 9/10 de Novembro/Dezembro de 1976, pp.41-44

(3) Vern Shuppan já tinha vencido o Grande Prémio de Macau, em 1974, conduzindo um March 72B-Ford, da equipa de «Theodore Racing»

No ano de 1972, o Comissariado Provincial da Mocidade Portuguesa organizou mais uma vez um acampamento para os seus filiados. (…) Instalado num dos mais belos e aprazíveis sítios da ilha de Coloane, nos terrenos da colónia balnear da Polícia de Segurança Pública, com uma bela Praia. (…)

Com início no dia 4 de Setembro e terminou no dia 8 com o levantamento das barracas e o regresso a Macau. Sob a direcção do Revdo. Padre José Maria Fonseca, S.D.B., assistente eclesiástico da Organização, tendo como instrutores o professor José Ricardo Neves e sargento Francisco Marcelo Burgos, a vida do acampamento decorreu na melhor ordem possível, num ambiente sempre de grande animação, com um programa bem pensado e melhor executado. 

 Ao graduado José Rodrigues, do Centro n.º 4 (Colégio Dom Bosco) esteve cometido o Comando do Acampamento com cerca de 70 filiados dos diversos Centros da Província que integraram o referido acampamento, durante cinco dias.

O local onde foi implantado o acampamento da Mocidade Portuguesa, junto à bela praia de Hac-Sá.

No dia 7 de Setembro, o Senhor Encarregado do Governo, coronel Ferreira Machado fez uma visita ao Acampamento, acompanhado do seu secretário, Sr. Rogério Artur dos Santos, do Comissário Provincial da M. P., capitão Fernando dos Santos Maia, Adjunto do Comissário, Dr. Marinho de Bastos, e ainda o Director do Centro n.º 1, Dr. António Maria da Conceição. Texto e fotos extraídos de «MBIT», VIII, n.º7/8 de Set/Out, 1972, pp. 14-17.

O Comandante do Acampamento José Rodrigues durante a saudação que dirigiu ao S. Encarregado do Governo, coronel Ferreira Machado, no dia da sua visita.
O Sr. Encarregado do Governo faz a entrega de prémios aos vencedores das diversas provas de atletismo constantes da competição desportiva.
PROGRAMA – 21 cm x 14,5 cm

Realizaram-se em Macau nos dias 10 e 11 de Dezembro de 1996, o “I Congresso Luso-Chinês de Clínica Geral e de Medicina Interna de Macau” / 1st. Portuguese-Chinese Congress of General Practice and Internal Medicina in Macau”, no auditório do Centro Hospitalar Conde de S. Januário. Foi uma realização científica conjunta organizada em Portugal por uma comissão organizadora: Prof. Dr. Armando Porto, Dr. Barros Veloso, Prof. Dr. José Guilherme Jordão e Dr. Pedro Moura Reis, e localmente por uma comissão científica chefiada pelo então Sub-Director dos Serviços de Saúde de Macau. Dr. Rogério Santos, com elementos da área dos Cuidados Primários e do Serviço de Medicina Interna do Centro Hospitalar Conde de S. Januário).

PROGRAMA – capa e contracapa

Apresento o programa (21 cm x 14,5 cm) com 40 páginas, contendo uma introdução, pp. 1-3 (personalidades da comissão de honra; comissão organizadora; comissão científica); o programa calendário do congresso, p. 5; o programa científico pp. 7-11; os resumos dos trabalhos apresentados pp.13-38 e nomes dos palestrantes p. 39.

PROGRAMA – p. 1
PROGRAMA – pp. 2-3

                                                             

PROGRAMA – p. 5
PROGRAMA – p. 39

                            

O XXIV Grande Prémio de Macau realizou-se nos dias 19 e 20 de Novembro em 1977.
Uns dias antes do acontecimento realizou-se a conferência, no Hotel Bela Vista, onde se reuniram os órgãos de comunicação social de Macau e Hong Kong para tomarem conhecimento da tarefa dos organizadores e dos pormenores do certame. Além da deslocação de equipas de reportagem de vária ordem a fazer a cobertura, nesse ano uma das estações de televisão de Hong Kong fez a transmissão directa das principais provas do circuito.

macau-b-i-t-xii-9-10nov-dez1977-xxiv-gpm-iConferência de Imprensa da Comissão Organizadora presidida pelo Presidente do Leal Senado, Rogério Artur dos Santos (1)

Nos dias 17 a 20 de Novembro, verificou-se o desembarque em Macau de 29 393 passageiros provenientes de Hong Kong, contra 29 514 no ano de 1976, o que dá um saldo negativo de 121 passageiros. O grosso dos treinos e provas confinou-se aos três dias do fim da semana que nesse ano ocupou os dias 18, 19 e 20 de Novembro.

macau-b-i-t-xii-9-10nov-dez1977-xxiv-gpm-iiNos intervalos das provas, exibição de acrobacias numa motocicleta

macau-b-i-t-xii-9-10nov-dez1977-xxiv-gpm-iiiProva do Grande Prémio de Motociclismo: o 1.º classificado (n.º 4) e o segundo (n.º 13), num momento da corrida.

1 – Mick Grant (GBR) – Kawasaki 750
2 – Stan Woods (GBR) – Suzuki RG 500
3 – Akira Terui ( Japão) – Yamaha

Peter Chow de Hong Kong que já vencera a mesma prova em 1973 e viria a ganhar no ano seguinte, em 1978, ao volante de um Toyota Celica foi o primeiro nos carros de Turismo (Corrida da Guia)
1 – Peter Chow (Hong Kong)  – Toyota Celica, n.º. 33 – 1h29m00,82s
2 – Ahmed Khan ( Hong Kong)  – Toyota Celica, n.º. 30 – 1h50m04,58s
3 – Junichi Isobe ( Japão) – Toyota Celica, n.º. 32 – 2h02m00,57s

macau-b-i-t-xii-9-10nov-dez1977-xxiv-gpm-ivPartida para o XXIV Grande Prémio de Macau em automobilismo (fórmula “Pacific”)

O vencedor do 24.º Grande Prémio de Macau foi Ricardo Patrese (2) ao volante dum Chevron C. (N.º 1) com o tempo de 1h 40m e 14,48 s. (40 voltas ao circuito).

macau-b-i-t-xii-9-10nov-dez1977-xxiv-gpm-vmacau-b-i-t-xii-9-10nov-dez1977-xxiv-gpm-viO pódio em frente às bancadas (na recta da Avenida da Amizade) no final da prova com os primeiros classificados.

1.º  – Riccardo Patrese (Itália) – Chevron com o tempo de 1h 40m e 14,48 s.
2.º  – Steve Millen (Nova Zelândia) – Chevron C com o tempo de 1h 41m e 48,23 s.
3.º – Andrew Medicke (Austrália) – March C, com o tempo de 1 h 42m e 17,77s.

macau-b-i-t-xii-9-10nov-dez1977-xxiv-gpm-viiNa sessão de entrega dos troféus do XXIV Grande Prémio de Macau pelo Governador, José Garcia Leandro

Pode ver imagens desse ano, 1977, em cantonense, no Youtube
https://www.youtube.com/watch?v=-BZQYSMtEmw
https://www.youtube.com/watch?v=cnLT6b-cqG4
(1) Nesta fotografia, vê-se por trás da mesa, um trabalho artístico de Leonel Barros – quadro de mosaicos com o desenho da Torre de Belém (Lisboa).
(2) Riccardo Patrese, piloto italiano , em 1977, campeão europeu de F3 e vencedor da F2 no Japão, iniciou nesse ano a sua participação na Fórmula Um (até 1993) , e  foi vencedor do Grande Prémio de Macau nos anos 1977 e 1978 com o mesmo carro, Chevron B40-Ford. Voltaria ainda em 1979 com um March Ford mas ficou em 2.º atrás do inglês Geoff Lees
Para os amantes das velocidades, o carro de 1977, n.º 1,  foi restaurado e pode-se vê-lo em
http://riccardopatrese.net/weblog/?p=4208
Fotos e Reportagem in «MACAU B.I.T.», 1977.