Artigo publicado na imprensa portuguesa de 1948, referindo-se a uma «carta da China» escrita pelo jornalista e autor de livros Harold H. Martin para a revista “Holiday” (1) publicada em Maio de 1948. Com as referências habituais a Macau, interessante foi a sua nomeação de «Cidade da Consciência Escrupulosa»
Salientar também outras duas histórias em relação ao período da Guerra do Pacífico que ainda nunca vi mencionado noutras fontes embora vagamente referida pelo meu pai. A primeira:
“ … Quando quatro navegadores americanos que tinham sido abatidos nas águas próximas foram recolhidos por um «junco» e trazidos para cidade, as autoridades acolheram-nos cordialmente e internaram-nos. Quando um piloto japonês enganado pelo nevoeiro aterrou com o seu bombardeiro no aeroporto de Macau (???)  julgando tratar-se de Hong Kong, a polícia macaísta prendeu-o igualmente e tomou conta do aparelho que ainda se conserva no campo de futebol, como único troféu de guerra da cidade. …(…) … Desde que os pilotos americanos que o «junco» recolhera se recusaram a comer e a beber, convencidos de que tinha caído nas mãos do inimigo. Confessaram mais tarde ao Consul britânico, (2) que representava também os Estados Unidos, que nunca tinham ouvido falar de Macau»
A segunda: “Já com a guerra adiantada, aviões americanos vieram bombardear os depósitos onde estava armazenado o precioso fornecimento de gasolina, só distribuído aos bombeiros e aos médicos e um estilhaço de granada atingiu o chefe de polícia Manuel Pinto Cardoso. … (2)

A Revista “Holiday”, n.º 5 de Maio de 1948, dedicado a Paris

(1) A revista “Holiday”, magazine americano de viagem, foi publicada de 1946 pela “Curtis Publishing Company” até à década de 70 (século XX) quando o número de vendas decaiu e foi vendida para outra empresa da mesma área que voltou a publicá-la com o nome de “Travel Holiday” até 1977.  Posteriormente em 2014 voltou de novo às bancas através de uma empresa francesa (sede: Paris), com edição bianual, escrita em inglês.
https://en.wikipedia.org/wiki/Holiday_(magazine)
(2) Manuel Pinto Cardoso na princípio da década de 40 era subchefe e estava colocado na Polícia Administrativa do Comissariado da Polícia. Depois promovido a chefe de esquadra em finais dessa década foi nomeado chefe da Esquadra n.º 4.