Archives for posts with tag: Leocádio Justino da Costa

Faleceu em Macau a 29 de Julho de 1870, sexta-feira, à 1 h. p. m., o médico Leocádio Justino da Costa , notícia já referida numa postagem anterior.  (1)

No Boletim da Província n.º 32 de 1870, (2) aparece o seu necrológico.

(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/leocadio-justino-da-costa/ (2) «BPMT»,  XVI-32 de 8 de Agosto de 1870, p. 138

Faleceu neste dia,  29 de Julho de 1870, aos 51 anos, 7 meses e 25 dias de idade, o ilustre médico civil macaense Leocádio Justino da Costa, filho de Nicolau Tolentino da Costa e Mariana Osório da Costa. Cursou os seus primeiros estudos no Real Colégio de S. José com grande aproveitamento e, sem ainda os completar deixou o colégio, seguindo a carreira marítima, por alguns anos. Finalmente deixou de seguir essa vida e resolveu ir estudar medicina em Goa, tendo-o concluído em 23 de Setembro de 1829 (1). Voltou a Macau em 1841. (2)
Inda que no princípio de sua carreira nessa profissão a que se dedicou, novo e com pouca prática que então possuía, pouco fez, contudo depois de 1851, com os anos de prática que já tinha adquirido, com os seus estudos e assíduos trabalhos nessa profissão, tornou-se querido e chamado por quase Macau inteiro para acudir aos seus doentes e nessas ocasiões era tão pronto em acudir risonho e consolador tanto aos ricos como aos pobres como era feliz em acertar com a cura” (3)
Distinguiu-se durante a epidemia de cólera morbuz de 1859, sendo condecorado com o hábito da Torre e Espada. (2)
Como marido foi sempre extremoso; como cidadão ocupou com zelo e ilustração vários cargos importantes nesta sua terra, e em todos se distinguiu sempre com esmero e aptidão. Como cristão, recebeu antes de morrer todos os Sacramentos, e inda que poucos dias sofreu de moléstia, mostrou-se resignado e sofredor durante os 12 dias de seus últimos padecimentos, consolando e despedindo-se de todos com aquela mesma natural bondade. Como amigo, era estimado de Macau inteiro e de todos os que o chegaram a conhecer, tanto aqui como em Goa onde esteve estudando por espaço de seis anos.” (3)

(1) Relação dos primeiros médicos e cirurgiões de Goa publicado no “Oriente Português”,vol 11, p. 214:

Título de médico por Sua Magestade
Leocádio Justino da Costa – 23 de Setembro de 1829

In SALDANHA, M. J. Gabriel de – História de Goa (Política e Arqueológica. 1925, 319 p.
(2) “Mosaico”, n.º 11, 1951
(3) Boletim da Província de Macau e Timor de 8 de Agosto de 1870.
Poderá ler toda a necrologia publicada neste Boletim num artigo de António Aresta no Jornal Tribuna de Macau em:
http://jtm.com.mo/opiniao/curiosidades-da-historia-de-macau-seculo-xix-2/#sthash.pVR6mCmF.dpuf