“ O vasto recinto da Piscina Municipal serviu de teatro, nos dias 5 e 6 de Setembro de 1953, a uma excelente exibição de esgrima, com a assistência de numeroso público. Participaram neste torneio-exibição uma equipa constituída por esgrimistas de Macau, outra de Hong Kong e outra ainda do Japão, todas elas proporcionando ao público local duas magníficas sessões.

Uma fase do torneio de esgrima

Com a cooperação dos esgrimistas de Hong Kong, os esgrimistas de Macau aproveitaram a estadia, na vizinha colónia britânica, dos ases japoneses, Sugo, Shirai e Omae, para a organização do torneio triangular que, estamos certos, muito deverá ter contribuído para o ressurgimento da esgrima em Macau. Menos treinada que as equipas de Hong Kong e do Japão, a equipa de Macau foi a que obteve menor número de vitórias. Contudo, o seu merecimento não foi menor que o das outras, porquanto todos os esgrimistas se portaram com igual desportivismo e estilo elegante.

Foram os seguintes os resultados: O Japão venceu Macau em florete, por 8 a 1 em sabre, por 7 a 2. Macau venceu o Japão em espada por 4 a 3. O Japão venceu Hong Kong em florete, por 7 a 2. Hong Kong venceu em espada por 7 a 2 e em sabre, por 5 a 4. Hong Kong venceu Macau em florete, por 8 a 1, em espada, por 5 a 4, e em sabre, por 5 a 4.

Os representantes do Japão recém as taças por eles ganhos

Os esgrimistas Sugo, Shirai e Omae representaram o Japão em todas as modalidades. Representaram Hong Kong em florete: o major Brewer; j. Osório e J. Tong; em espada Williams, Gros-Hodge e José Marçal e em sabre: o major Brewer, Grose-Hodge e J. Tong. Por Macau esgrimiram: engenheiro H. Rodrigues, capitão Pinheiro e alferes Ferreira em florete; capitão Júlio da Cruz, Fausto Branco e engenheiro H. Rodrigues, em espada; e capitão Júlio da Cruz, tenente Robin de Andrade e tenente Stone, em sabre.”

Reportagem não assinada no «MBI», I-3 de 15 de Setembro de 1953, p. 13