Archives for posts with tag: Humberto Évora

Com a participação de cerca de 200 filiados dos 4 Centros da Mocidade Portuguesa  (Liceu Nacional Infante D. Henrique, Escola Comercial «Pedro Nolasco», Colégio D. Bosco e Escola Primária)  realizou-se nos dias 14, 15 e 21 de Novembro e 1 de Dezembro (algumas finais e distribuição de prémios), no Campo Desportivo «28 de Maio», o II Campeonato Provincial de Atletismo da Mocidade Portuguesa.
Para facilitar a organização das provas, houve que limitar o número de concorrentes neste campeonato, facultando a cada Centro a inscrição somente de três participantes, em cada modalidade individual.
Das 43 provas disputadas, foram batidos 31 recorde, em cinco categorias. Entre todas as marcas obtidas e em comparação com as dos Campeonatos Nacionais de Atletismo realizados nos dias 16 e 17 de Maio de 1970, nas pistas do Estádio Universitário de Coimbra e publicados na Ordem de Serviço n.º (1970) da Direcção da Mocidade Portuguesa do Ministério da Educação Nacional, as marcas alcançadas pelos juvenis de Macau, Mário Évora, Fernando Ritchie, Mário Novo, Júlio César, e pela equipa de Estafetas de 4×100 metros do Centro n.º 1 constituída pelos filiados António Robarts, Fernando Ritchie, Júlio César e Rodolfo Alves merecem destaques especial, pois o 1m.56 no salto de altura, os 5m,89 e 5m,77 nos saltos em comprimento, os 24s nos 200 metros e os 48s 3/10 nas Estafetas de 4×100 metros, enquadram-se respectivamente em 2.º, 3.º, 5.º, 4.º e 3.º lugares dos resultados nacionais.

1,º José Madeira
2.º Américo Fernandes
3.º Alexandre Monteiro

Na categoria dos juniores as marcas de Humberto Évora, 11s 2/10, nos 100 metros, e 6m,065 nos saltos de comprimento e de Jaime Manhão, 23s 5/10 nos 200 metros; na categoria dos Iniciados as marcas de Eduardo Cunha, 5m,16, no salto de comprimento, e 19s 1/10, nos 10 metros, e 1m,50 de Filipe Martins nos 600 metros; e na categoria dos Infantis , o 1m,35 de Rui Évora, no salto em altura, e os 8s 1/10 e 19s 3/10 de António Ayres da Conceição, nos 60 metros e 150 metros, respectivamente.

1.º Carlos Batalha
2.º Mário Évora
3.º Jorge Manhão

Informações do comentário técnico aos campeonatos de atletismo da M. P. em 1970, in Macau B. I. e T., VI-10,1970

Decorreram de 20 a 25 de Abril de 1990, em Tróia, (Portugal) os “VII JOGOS MÉDICOS NACIONAIS” (1) que englobava 14 modalidades desportivas nomeadamente atletismo, badminton, futebol de onze, futebol de cinco, futebol feminino, golf, natação, pesca desportiva, ténis, ténis de mesa, tiro aos pratos, windsurf, voleibol e xadrez.
Uma delegação dos Serviços de Saúde de Macau participou nesse ano, nas modalidades de futebol de cinco (a equipa “Pérola do Oriente”), ténis (Humberto Évora e Mário Évora) e ténis de mesa (José Emanuel Vital)

Pérola do Oriente“: de pé (esqª p/ dta.): Fernando Pereira, João Cardoso das Neves (2), Mário Évora, José Emanuel Vital, Jorge Manuel Sousa
Em frente: António Rui Terra, Jorge Pereira, Humberto Évora
Alinhados para o 1.º encontro de futebol de cinco

Além do programa desportivo e do “VII Simpósio de Medicina Desportiva” (tema: “O Desporto e o Adolescente”) realizaram-se eventos culturais (exposição de arte, passeio-visita às ruínas de Tróia Romana e concurso de fotografia) e sociais: espectáculos de variedades, música dos anos 60, concurso de dança, etc).

No lobby do Hotel
Anúncio de “TRÓIA – O Paraíso da Costa Azul”, em 1990

(1) No ano passado publiquei em 21-04-1017 a “T-shirt” com o logótipo dos “Jogos” desse ano:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2017/04/21/noticias-de-20-a-25-de-abril-de-1990-vestuario-desportivo-vii-jogos-medicos-nacionais
(2) Infelizmente o Dr. João Cardoso das Neves, distinto ortopedista, já não se encontra entre nós. Uma pequena homenagem à sua memória e ao seu espírito jovial e sempre bem disposto.