Archives for posts with tag: Hotel Grand Lapa

Neste dia (16 de Novembro de 1963) José dos Santos Ferreira publicou na «Gazeta Macaense» o «poéma» “Caréta Dôdo já vêm” (carros de corrida estão chegando”) a propósito da realização do 10.º Grande Prémio de Macau. (1)

Retiro parte do longo poema (18 quadras), as últimas 7 quadras:

(1) Nesse ano (1963) Arsenio “Dodjie” Laurel, (1931 – 1967), filipino, num «Lotus 22-Ford», venceria o seu segundo trofeu consecutivo em Macau, no 10.º Grande Prémio de Macau. Foi o primeiro condutor a ganhar dois grandes prémios consecutivos em Macau (1962, 1963). Viria a morrer em 19 de Novembro de 1967, com 35 anos de idade, na 3.ª volta ao circuito, após embater com o seu «Lotus 41» no muro á frente do mar logo a seguir ao Clube Náutico (onde hoje está o Hotel Grand Lapa) (2) alguns metros depois foi de encontro a um poste eléctrico, (3) e incendiou-se, não conseguindo o condutor sair da sua viatura. Foi o primeiro caso fatal dum corredor no Grande Prémio em Macau.

Foi também nesse ano que Teddy Yip teve a sua melhor classificação das várias participações que teve no Grande Prémio, ficou em terceiro lugar com um «Jaguar E Type».

Classificação do X Grande Prémio de Macau                                               

1.º – Arsenio Laurel – Lotus 22 FJ (Ford)                              

2.º – Bill Baxter – Jaguar E Type                               

3.º – Teddy Yip – Jaguar E Type                                

4.º – Grant Wolfkill – Lotus Super Seven                              

5.º – H Asmussen – Porsche Super 90                                  

6.º – B Poole – Triumph TR4

(2) Recentemente o “Hotel Grand Lapa” que já foi denominado “The Macau Excelsior”, e “The Mandarin Oriental”) foi  publicitado como “ Artyzen Grand Lapa Macau”.https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/08/31/caixas-de-fosforos-hotel-excelsior-hotel-mandarin-oriental/

(3) Por este motivo no circuito da Guia, no ano seguinte, todos os postes eléctricos que estavam “á frente dos muros”, foram retirados, passando a estarem incorporados nos muros ou então para lá dos muros do circuito.

Nas regatas de vela entre o Clube Náutico de Macau e o Royal Hong Kong Yacht Club, que se realizavam todos os anos entre os dois territórios nas décadas de 60 e 60 (século XX) , alternadamente em Macau e Hong Kong, os velejadores de Macau derrotaram mais uma vez os seus adversários de Hong Kong em 1952. As regatas que se realizaram no Porto Exterior, à frente do Clube Náutico (lugar onde está actualmente o Hotel «Grande Lapa») nos dias 27 e 28 de Janeiro de 1952, foram seguidas sempre com grande interesse pelo público. (1)

mosaico-iii-17-18-1952-regatas-no-clube-nautico-iA largada da equipa de Macau
mosaico-iii-17-18-1952-regatas-no-clube-nautico-iiUma fase da regata

(1) Informação retirado de  «Mosaico», 1952

Um directório/guia de hotéis de 1986, membros da organização “The Leading Hotels of the World” (1)

Guia de Hotéis 1986Na introdução:
In this Directory you will find facts, photographs and descriptions for more than 200 of the worl´s very finest hotels. Together, these deluxe hotels comprise The Leading Hotels of the World, the exclusive organization founded in 1928 to pursue and ensure excellence, servisse and tradition among the elite hotels of the world.

Hotel Mandarim Oriental Guia dos Hotéis 1986De Macau, somente um hotel referenciado: o então “The Oriental”, indexado como um “hotel de cidade”, “spa/health resort” e “tennis hotel”, situado na Avenida da Amizade (hoje, hotel “Grand Lapa”).
“A Stunningly modern hotel. The artistry of its innovative design blends faultlessly with the spacious up-to-date accommodations. Each room has a stunning view over the China Sea or the wooded hillsides. Superbly positioned on the harbor front, close to the ferry and jetfoil terminals. A short drive from China.”

Guia de Hotéis 1986 Hotel Oriental

(1) The Leading Hotels of the World, 144 p. 

No seguimento do post referente às caixas de fósforos do Hotel Macau Excelsior (Mandarin Oriental) (1), apresento uma caixa de fósforo, específica do bar desse Hotel (Macau Excelsior) chamado de “BAR DA GUIA

O actual hotel – Grand Lapa – renovou os seus espaços  pelo que o outrora espaço ocupado pelo  “Bar da Guia” encontra-se alterado e mesmo os anteriores espaços estão com outros nomes. Hoje o hotel tem um restaurante chinês, outro tailandês, o café “Bela Vista” e o “lounge Vasco” (2)

(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/08/31/caixas-de-fosforos-hotel-excelsior-hotel-mandarin-oriental/
(2) http://www.agoda.com.pt/asia/macau/macau/grand_lapa_macau_a_mandarin_oriental_hotel.html

Começou por ser “THE MACAU EXCELSIOR” (da cadeia Mandarin International Hotels)
Foi (ainda é) um dos melhores hóteis da década de 80, de cinco estrelas; a construção terminou em 1983. (1)
Ficava (ainda lá está) na Avenida da Amizade, 956-1110, construída nos aterros do Porto Exterior, onde outrora funcionou o  Clube Náutico da Mocidade Portuguesa, (nessa altura, Avenida Dr. Oliveira Salazar), nas décadas de 50/60 (2), e à frente, do outro lado da Avenida, a torre de controle (até 1992, local de partida) do Grande Prémio de Macau.

Inauguração do Centro Náutico da Mocidade Portuguesa em 1-12-1949

Passou a denominar-se “Hotel Mandarin Oriental” (por questões comerciais /publicitárias), no princípio da década de 90, mantendo toda a estrutura hoteleira – restaurantes, cafés e lojas com a mesma denominação.
Apresento duas caixas de fósforos, cada um com o seu logotipo.
O “Dynasty” era de cozinha cantonense e ainda havia uma Pastelaria chamada de «Sidewalk Cafe»
Num panfleto turístico de 1992 (3) já com a denominação “The Mandarin Oriental” publicitava-se: 406 quartos e 31 «suites» e os preços variavam nos «double/twin» MOP $ 880 a $ 1,320 e nos «suites» MOP $ 2,500 a $ 13,000.
Hoje o mesmo hotel tem o nome de “Grand Lapa” (Macau Av Amizade 956 – 1110 Tel 853 2856 7888) permanecendo no grupo Mandarin Oriental Hotel.
O “Hotel Mandarin Oriental” “mudou-se” para novas instalções na Avenida Dr Sun  Yat Sen (NAPE).
Nos sites do “Hotel Grand Lapa”,  a foto de apresentação, ainda vem com a denominação “Mandarin Oriental”
Grand Lapa, Macau is unique, as the only luxury resort hotel set right in the city centre, steps from the Jetfoil terminal. We have a glorious spa, pools with a cascading waterfall, rock climbing and a raft of leisure activities. Stay in the centre of Macau and escape for some serious relaxation” (4)
(1) No final da década de 70, os melhores hotéis eram: Estoril, Lisboa, Matsuya, Metrópole, Sintra, Bela Vista, a Pousada de Santiago. A partir de 81, surge o Presidente (1981), o aumento do Hotel Lisboa (1982) , Holiday Inn (1981), Hyatt (1982), Royal (1982) ….
(2) O Centro Náutico da Mocidade Portuguesa foi inaugurada em 1-12-1949.
Também nesse local funcionava um restaurante chamado “Riviera“.
Uma boa foto do Clube Náutico, num dia de corridas do Grande Prémio, encontra-se  no blogue “Projecto Memória Macaense” de Rogério da Luz.
http://rpdluz.tripod.com/imagelib/sitebuilder/misc/show_image.html?linkedwidth=actual&linkpath=http://rpdluz.tripod.com/sitebuildercontent/sitebuilderpictures/ma.1960.13.jpg&target=tlx_new&title=ma.1960.13
No MAPA TURÍSTICO “ROTEIRO DA CIDADE DE MACAU”, 50/60, localizava o Clube Náutico de Macau (sede?) que foi fundada em 1949, nos terrenos onde está hoje a antiga torre de controle do Grande Prémio.
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/mapa-turistico/
(3) Macau Travel Trade Handbook 1992/93. Edition Macau Government Tourist Office, 1992.
(4) http://www.mandarinoriental.com/grandlapa/