“Esta modalidade (futebol em miniatura), já tanto em voga entre nós, conta nesta terra milhares de adeptos. Quase que não há encontro de futebol em miniatura que não atraía ao Campo Desportivo da Praia Grande numerosos espectadores. Esta curiosa inclinação do público local tornou-se bem evidente nos passados dias 19 e 20, quando da visita a Macau do famoso grupo chinês «Sete Tigres», de Hong Kong. Encheu-se completamente o vasto recinto do Campo Desportivo da Praia Grande, onde não se via um único lugar vago. Milhares de pessoas dirigiram-se, pois, àquele Campo porquanto nã só queriam assistir a dois bons desafios do seu desporto favorito como ainda se dispunham a apreciar a classe dos famosos jogadores chineses que haviam participado nos Jogos Asiáticos, em representação da China. As exibições que o público teve, então, ocasião de apreciar foram das mais agradáveis, tanto mais que, além do excelente agrupamento chinês vindo de Hong Kong , entraram também em campo duas fortes equipas locais: no primeiro dia (19 de Junho), o prestigioso Grupo Desportivo «Negro-Rubro», e no segundo dia (20 de Junho) o valoroso Clube «Leng I»

«Negro-Rubro», 3 – «Sete Tigres», 1

A equipa do «Negro-Rubro», numa tarde felicíssima, concorreu para uma exibição em cheio, que muito agradou à enorme assistência. Ambas a equipas iniciaram a partida com uma rapidez estonteante, tornando a luta renhida e equilibrada. A primeira bola da tarde, e a única dos visitantes, foi alcançada aos 7 minutos por intermédio de Yu Cheok Yin. Dez minutos depois, o «Negro-Rubro» marcava o seu 1.º golo, por intermédio de Alfredo Cotrim. Quatro minutos depois, aproveitando um passe oportuno de Cotrim, Augusto Rocha marcou o segundo tento da sua equipa. A luta tornou-se equilibrada com a reacção dos chineses, terminando a 1.ª parte com o marcador em 2-1.

Os jogadores visitantes iniciaram a 2.ª parte com mais energia, vendo-se neles apenas um objectivo: conseguir as redes adversárias. Entretanto, os elementos da defesa da equipa local tinham-se tornado como que uma barreira forte, não permitindo qualquer mudança no marcador. Em quase toda a segunda parte os visitantes dominaram, mas os locais souberam tirar excelente proveito dos seus contra-ataques. Faltava um minuto para terminar o jogo quando Rogério Assis, bem colocado, converteu em tento uma bola passada por Cunha.

As equipas alinharam:

«Negro-Rubro»: Cordeiro; Artur Cotrim; Filomeno Rocha e Francisco Cunha; Augusto Rocha, João Rocha e Alfredo Cotrim (na 2.ª parte, Rogério Assis).

«Sete Tigres»: Yu Yiu Tak; Hau Yung Sang (na 2.ª parte, Chan Fai Hung); Ho Ying Fan e Chau Man Chi; Chi Weng Keong, Yiu Cheok Yin e Hau Chin To (a 2.ª parte, Ho Cheong Iau)” (1)

(1) Extraído dum artigo não assinado, publicado em “Macau Boletim Informativo, Ano I, n.º 22, de 30 de Junho de 1954, p. 15