Archives for posts with tag: Gráfica de Macau Lta.

Apresento um folheto papel-cartão (cartolina) distribuído em Lisboa e Macau aquando do raid aéreo Lisboa-Macau-Lisboa, em Janeiro de 1987; em português e chinês Desenho de Carlos Marreiros. No local destinado a autógrafos, três assinaturas, não legíveis.

Dimensões: 39,5 cm (dobrada 28,8 cm) x 13,5 cm

O monomotor “Sagres” partiu de Lisboa a 11 de Janeiro de 1987 e chegou a Macau em 6 de Fevereiro, no Aterro da Concórdia em Seac Pai Van (Coloane). O regresso a Lisboa foi a 15 de Fevereiro do mesmo ano. (1) O avião com Jorge Cruz Galego, Arnaldo Alves Leal e Álvaro M. Prata Mendes, percorreu cerca de 15.000 Km em 27 dias (tempo total de vôo: 65H30), com 23 aterragens.(2)  

(1) VER postagem anterior de 15-02-2013 deste raid aéreo; https://nenotavaiconta.wordpress.com/2013/02/15/noticia-de-15-de-fevereiro-de-1987-partida-do-monomotor-sagres/

(2) VER postagem anterior de 06-02-2016: https://nenotavaiconta.wordpress.com/2016/02/06/noticia-de-6-de-fevereiro-de-1987-autocolan-te-raid-aereo-lisboa-macau-lisboa-1987/

Dois postais emitidos “Dep. of Tourism (D.S.T.) ” de Macau, em 1986, com legendas em inglês, sem indicação do (s) autor (es) e impressos na “Gráfica de Macau Lda.”.

Penha Hill at dusk
Verso do Postal
A junk by sunset
Verso do postal

POSTAL Guia Fortress and lighthouse 1983 D.S.T.POSTAL – “Guia Fortress and lighthouse (the oldest lighthouse on South China Coast)“(1)

Farol
Gréza,
Pinheral.

Luz
Fé,
Saúde.

Farol, tira-tira di luz;
Anôte, mar luminado,
Aliviado di iscuridám;
Lorcha sabe únde têm,
Passá safo
Nádi erá caminho.

Gréza, Casa di Dios,
Ninho di fé crsitám;
Nos´Shióra têm na altar,
Su ôlo lumiá alma,
Su mám isvaziá bénça,
Protezê dizamparado.

Capela e Farol da Guia década de 80 D. S. T.A Capela, o Farol da Guia e a Colina (2)

Na básso, pinheral,
Jardim di saúde vendido saguáti,
Árvre di pinhéro quânto-mil,
Laia-laia árvre unga porçam.
Sopro di vento puro,
Voz dóci di pastro alegrá coraçam.

Na riva di montánha,
Lugar qui tudo pôde olá,
Têm unga pau arto levantado;
Ali, unga bandéra elegánti ta bulí-bulí;
Sã, atê estunga ora,
Bandéra di nôsso Portugal.

 José dos Santos Ferreira

FERREIRA, José dos Santos – Poema na Língu Maquista, 1992.
Este ” poéma” tem uma versão portuguesa, no mesmo livro.
(1) Edição do “Dept. of Tourism (D.S.T.) MACAU-1986“. Impresso na Gráfica de Macau Lta.”
(2) Foto de um panfleto turístico da década de 80 da D. S. T.