Archives for posts with tag: Futebol

Com a presença das principais autoridades da província e perante numeroso público realizou-se no dia 19 de Março de 1952, no »Campo 28 de Maio» (actual campo desportivo do canídromo) um desafio de futebol entre as selecções militares  de Macau e Hong Kong, que terminou com um empate de 0 a 0.

MOSAICO IV 19-20 MAR-ABR1952 - FUTEBOL MILITAR IA selecção militar de Hong Kong
MOSAICO IV 19-20 MAR-ABR1952 - FUTEBOL MILITAR IIA  selecção militar de Macau

Fotos de “Mosaico”, 1952

Foi inaugurada, no dia 1 de Janeiro de 1952, a sede da filial do Sport Lisboa e Benfica, com grande entusiasmo dos benfiquistas locais.

MOSAICO III-17-18 1952 - Inauguração sede SMB ISe não me engano, no meio, o Professor António da Conceição, um sportinguista entre os convidados e benfiquistas.

O «Sport Macau e  Benfica» foi fundado em 13 de Agosto de 1950  e era a filial n.º 74 do «Sport Lisboa e Benfica» de Portugal. Os Estatutos foram aprovados pela Portaria n.º 4:888, de 23 de Dezembro de 1950, publicada no Boletim Oficial n.º 51, de 1950.
No triénio de 1953 e 1955, tinham cerca de 400 sócios.
As actividades  desportivas do então Clube eram: futebol, ténis de mesa e desportos atléticos.
Neste triénio os corpos gerentes eram:
ASSEMBLEIA GERAL
Presidente – Tenente-coronel José Domingos Lampreia
Vice-presidente – Frederico Nolasco da Silva
1.º Secretároio – Fernando de Ayala Vieira
2.º Secretário – José da Conceição Noronha
DIRECÇÃO
Presidente – Guilherme Vitaliano da Silva
Vice-presidente – José Silveira Machado
Secretário-geral – Manuel Araújo da Costa
Secretário-adjunto – Tenente António Moreira da Costa
Tesoureiro – Carlos Maurício dos Santos
Tesoureiro-adjunto – Joaquim de Sousa Fava
Vogal – Francisco Florêncio Peru
CONSELHO FISCAL
Presidente – Manuel de Magalhães
Relator – Manuel Joaquim Eusébio
Secretário – Pedro Ló da Silva

MOSAICO III-17-18 1952 - Inauguração sede SMB IIA sede que foi inaugurada, ficava na Rua Nova à Guia n.º 19-J.

NOTA: actualmente, o clube «Sport Lisboa e Benfica» de Portugal está representado em Macau pela «Casa do Sport Lisboa e Benfica em Macau» mais conhecida como “Benfica de Macau“. Em futebol, é o actual bi campeão da Liga de Elite (1.ª divisão do Campeonato de futebol de Macau) – 2014 e 2015.

“Em favor dos desvalidos, seus protegidos, a prestimosa agremiação Rotary Club de Macau, (2) organizou, no dia 23 de Dezembro , no campo desportivo «28 de Maio», um desafio de futebol entre um misto local e o “South China”, grupo campeão de Hong Kong, (3) cujo resultado foi um empate de 1 a 1.” (1)

MOSAICO III-17-18 1952 - Desafio de Futebol Rotary Club Macau IOs dois grupos antes do seu encontro

A principal atracção deste jogo foi o facto da linha avançada dos visitantes ser comandada pelo fulgurante jogador olímpico, Lee Wai Tong, (4) o ídolo do futebol chinês.

MOSAICO III-17-18 1952 - Desafio de Futebol Rotary Club Macau IIA filha do Governador, Amélia Marques Esparteiro dando o pontapé de saída
MOSAICO III-17-18 1952 - Desafio de Futebol Rotary Club Macau IIILee Wai Tong em acção no campo desportivo «28 de Maio»
MOSAICO III-17-18 1952 - Desafio de Futebol Rotary Club Macau IVO Governador Marques Esparteiro procedendo à entrega das taças e medalhas comemorativas.

(1) Notícia retirada da «Mosaico», 1952.
(2) O Clube Rotário de Macau, «Rotary Club de Macau» (5) foi “fundado” a 11 de Janeiro de 1947 por 36 companheiros numa primeira reunião no Restaurante Fat Siu Lau. sendo reconhecido pelo Rotary Internacional a 16 de Junho de 1947 (Club n.º 6662 Distrito 57). Entre os fundadores encontravam-se Dr. Henrique Nolasco da Silva, (6) Hermann Machado Monteiro  (proprietário e editor do jornal «Notícias de Macau», fundado em 1947), Dr. Pedro Guimarães Lobato, (7) Frederik J. Gellion, (8) e Fernando Lara Reis, (9). O primeiro presidente, ano 1947 -1948 foi o Comandante Augusto de Castro Rodrigues.
Nesse ano de 1951 o Presidente era o Dr. Hok Wing Chan
MOSAICO III-17-18 1952 - Desafio de Futebol South China(3) O South China, SCAA (South China Atletic Association) é um clube desportivo de Hong Kong, mais conhecido através de sua equipe de futebol. Foi fundado em 1904 como Chinese Football Team e em 1910 assumiu o nome de South China F.C.
A equipe de futebol actua na Liga da Primeira Divisão de Hong Kong. É o clube com maiores conquistas no campeonato, tendo sido campeã por 38 vezes ,(o último foi na época 2012-13. Nas décadas de 30 a 50 (século XX)  era uma equipa poderosa campeão da Primeira Divisão de Hong Kong na década de 30 ( 7 vezes); década de 40 (2 vezes) e década de 50 (8 vezes)

MOSAICO III-17-18 1952 - Desafio de Futebol Lee Wai TongLEE WAI TONG: “THE KING OF FOOTBALL”  (10)

(4) Lee Wai Tong –  李惠堂 (Li Huitang) (1905 –1979) futebolista internacional chinês 1923 a 1941. Para este jogo em Macau, foi Integrado na equipa para exibição, pois nesse ano, já tinha deixado de jogar (a partir de 1948) e era  treinador (iniciado em 1948 na China). Actuou no «South China» de 1923 a 1925,  depois na equipa «Loh Hwa» (Shanghai) de 1926 a 1930 e regressando ao « South ChIna»  de 1931 a 1947 (interrompido em Dezembro de 1941 aquando da ocupação de Hong Kong pelos japoneses quando fugiu para a Guangdong – Cantão onde actuou na equipa militar em jogos de exibição angariando dinheiro para a guerra e por isso promovido a Major General da Divisão Desportiva, voltando a Hong Kong em 1945).
Considerado como um dos melhores futebolistas chineses (11), integrou a primeira participação do futebol – equipa olímpica – que actuou em 1936, em Berlim (12)
Como treinador ganhou pela República da China (Taiwan) o título nos Jogos Asiáticos de 1954 e 1958  Em 1965 foi vice presidente da FIFA sendo o primeiro chinês a atingir esta posição.
https://en.wikipedia.org/wiki/Lee_Wai_Tong
(5) Sobre os inícios do Clube Rotário de Macau, sugiro a leitura de “History of Rotary Club of Macau and its achievement” em
https://www.rghfhome.org/first100/global/countries/macau/index.htm#.VnQmOhWLTIU
(6) https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/henrique-nolasco-da-silva/
(7) https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/pedro-guimaraes-lobato/
(8) https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/frederik-j-gellion/
(9) https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/fernando-lara-reis/
(10) Retirado de do Blogue “A Halftime Report”
https://ahalftimesreport.files.wordpress.com/2015/05/leewaitong2.jpg
(11) http://ysl29210.blog.sohu.com/144751185.html
(12) http://www.rsssf.com/tablesc/china-olyteam36.html

Findo o torneio para a disputa da Taça «Sarmento Rodrigues» que foi, merecidamente, ganho pelo Grupo Desportivo da Polícia, começou a disputar-se o campeonato da 1.ª divisão, com o concurso dos seis seguintes grupos: Polícia, Sporting, Benfica, Negro-Rubro, Lusitano e Atlético.
Os primeiros jogos desta prova oficial da época realizaram-se no dia 9 de Janeiro, com os seguintes resultados:
Negro – Rubro venceu Lusitano por 4 a 2;
Polícia venceu o Atlético por 2 a 1.
O Atlético protestou o jogo, alegando erros técnicos do árbitro, estando, por conseguinte, o resultado do seu encontro com o Grupo Desportivo da Polícia ainda dependente da homologação da Associação de Futebol de Macau.
No dia 15 de Janeiro, a equipa da Polícia venceu a do Sporting por 4 a 1.

Notícia retirada de MACAU, B. I., 1955.

A equipa de futebol do Clube Ferroviário de Moçambique na sua digressão por terras do Oriente,no ano de 1955,  realizou um encontro de futebol com a selecção de Macau, no dia 10 de Dezembro.
O encontro, no Campo Desportivo «28 de Maio», foi presenciado em mais de cinco mil pessoas, assistência que foi uma das maiores de quantas se registaram na história do futebol até aquela data. Em disputa a Taça «Leal Senado» oferta do Município de Macau.
Na tribuna de honra, em representação do Governador (por motivo de doença) esteve o Presidente do Conselho de Desportos, Major Mário Gustavo de Araújo Barata da Cruz.
Precedendo a cerimónia da apresentação dos jogadores, a Banda da Polícia executou a introdução de A Portuguesa.

10DEZ1955 Ferroviário em MacauDirigiu o encontro o árbitro Isidro Fragoso, e os juízes de linha, Hernâni Ferreira da Silva e Artur Dias Mendes.
O marcador fixou-se em 2-2 ao intervalo. O resultado final foi de 3 a 2 , vitória do Ferroviário. Marcaram os golos, por Macau, João Rocha (2) e pelo Ferroviário, Pires (2) e Lage.
Capitanearam as equipas, pelo Ferroviário, Cândido Veiga e por Macau, Luís da Cunha.

Emblema do Ferroviário

 

NOTA: O Clube Ferroviário de Moçambique foi fundado em 1924, com génese na empresa Caminhos de Ferro de Moçambique. Para distinguir as várias delegações provinciais dos clubes, mudou depois de nome: Clube Ferroviário de Lourenço Marques e após a independência de Moçambique, em 1976 passou a ser Clube Ferroviário de Maputo. Foi até 1974 campeão de Moçambique por 6 vezes.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Clube_Ferrovi%C3%A1rio_de_Maputo

No Campo 28 de Maio, de Macau, realizou-se com numerosa assistência o III “Interport” de Futebol, entre grupos representativos das Polícias de Macau e Hong Kong, Os polícias de Hong Kong iniciaram o desafio com grande energia marcando o primeiro ponto aos quatro minutos do jogo. O desafio decorreu renhido terminando pelo elevado score de 6-3 a favor da Polícia de Macau.

3 Interport PSP 1950 I carimboO Governador Sr. Comandante Albano de Oliveira, cumprimentando no Campo, os componentes das selecções que jogaram

3 Interport PSP 1950 IIAspectos das bancadas (1)

3 Interport PSP 1950 IIIO Campo 28 de Maio durante o desafio (1)

            Esta colónia recebeu os visitantes com a proverbial hospitalidade portuguesa. Sete «jeeps» da Polícia foram à ponte-cais buscar os jogadores e dirigentes do grupo de Hong-Kong, conduzindo-os, após um passeio pela cidade, ao Hotel Riviera onde se hospedaram. À noite, após o desafio, foi-lhes oferecido um jantar no restaurante Golden City do Hotel Central, de confraternização entre as duas polícias. Em nove mesas tomaram lugar cerca de cem convivas.

3 Interport PSP 1950 IV carimboOs «jeeps» da Polícia de Macau que conduziram os jogadores de Hong Kong, estacionados em frente da ponte-cais da carreira de ligação Macau-Hong Kong, no Porto Interior

Numa das mesas tomaram lugar os Srs. capitão José Pires Simões, presidente da direcção da Associação de Futebol de Macau, capitão Augusto Remígio, presidente do Conselho Consultivo, tenente Simeão Inácio da Costa, vogal da direcção, que representava o comandante da Polícia de Macau, Sr. Capitão Luís Paletti, Mário de Almeida Machado, seleccionador da referida Associação, Francisco Maria Candeias, oficial da Polícia de Macau, major S. O. I., superintendente da Polícia de Hong-Kong, sub-inspectores Gordon e Taylor, «staff sargeant», A. Colaço, Wei Cheong e David Barrote, representantes do Notícias de Macau e Secção de Propaganda. Noutra mesa os Srs. Joas Lopes, chefe da secção especial da mesma Polícia, e Fausto Afonso Branco, chefe da secção da P. I. C. e outros representantes da Polícia de Hong-Kong.

NOTA: não consegui “descobrir” qual o dia e o mês deste encontro, em 1950
Fonte: Agência Geral das Colónias, 1950
(1) Estas duas fotos foram anteriormente publicadas em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/campo-desportivo-28-de-maio/
embora de fonte diferente, “Anuário de Macau, 1950″.

Foto encontrada num álbum. Não tenho informações sobre esta foto (década de 50)

Talvez um encontro ou um torneio de futebol de sete (bolinha) com participação da equipa militar. O campo era de terra batida e  por detrás da formação, chineses a fazer ginástica ou numa exibição de uma classe de ginástica, o que leva a pensar, tratar-se do Campo dos Operários (o campo situava-se entre a Avenida de Lisboa e a Avenida do Infante Dom Henrique ao lado da actual Escola Portuguesa de Macau) que ficava nas traseiras do antigo Liceu Nacional Infante D. Henrique, terreno esse onde está hoje o Hotel Grand Lisboa.

A propósito do último encontro de futebol entre o Sporting Clube de Portugal e o Sport Lisboa e Benfica, em Lisboa, recordo aqui um dos encontros entre as filiais destes dois clubes em Macau quando o campeonato e a taça em Macau, relativamente ao futebol de onze (ou bolão) era renhidamente disputada.
Notícias da época: “O encontro de futebol que mais arrebatou o entusiasmo do público, foi a disputa final da Taça de Macau. Degladiaram-se neste importante prélio desportivo, o Sporting Club  de Macau e o  Sport Macau e Benfica, tendo este sido derrotado pelo primeiro” (1)
Consultando o Anuário de Macau de 1950 (não tenho o de 51), reparo que não consta o nome do Sporting Clube de Macau inscrito na “Associação de Football de Macau(AFM). Esta associação, fundada em 1 de Junho de 1939 e filiada na Federação Portuguesa de Futebol, era a que organizava o campeonato e a Taça de Macau. Nesse mesmo Anuário, estavam inscritos para o Campeonato 5 equipas (2) nomeadamente:
1. Grupo Desportivo da Polícia; delegado: Cardénio Vítor Vaz
Cores da equipa: camisola preta e calções brancos
2. Benfica futebol Clube de Macau; delegado: Manuel  da Silva Matos
Cores da equipa. camisola encarnada, calções brancos
3. Grupo Desportivo “Argonauta“; delegado: Constâncio José Gracias
Cores da equipa: camisola azul, calções brancos
4. Grupo Desportivo do Exército; delegado: alferes Vasco Artur Mariano Martins
Cores da equipa: Equipa A. camisola verde-branca, calções brancos
Equipa B. camisola azul-branca, calções brancos
5. Grupo Desportivo “Melco“; delegado: Eduardo Armando de Jesus
Cores da equipa: camisola amarela, calções azuis
Como curiosidade,  a sede do Benfica Futebol Clube de Macau era na Rua Almirante Costa Cabral n.º 18 e o Grupo Desportivo da Marinha tinha a sede no Aviso de 2.ª classe “Pedro Nunes“.
O selecionador “único”  da A.F.M.  era o Tenente Mário de Almeida Machado
(1) “Actualidades de Macau” da revista MOSAICO, VOL II, n.º 11 de Julho de 1951
(2) Estavam nesse ano filiados na A.F.M., 7 grupos desportivos. Além das mencionadas acima, o Grupo Desportivo da Marinha e “Leng Yee Sports Club”