Archives for posts with tag: Folhetos turísticos

 Hoje é dia de São Tiago, um dos doze Apóstolos de Jesus. São Tiago é conhecido como Tiago Maior, para diferenciá-lo de Tiago Menor, que era de Nazaré e primo de Jesus. (1)

CAPA

Para comemorar esta data, relacionando-a à Fortaleza de S. Tiago da Barra, escolho uma Capa da Pousada de São Tiago, de meados da década de 80 (século XX), então considerado um dos hóteis de luxo de Macau. (2)

No interior da Capa (29,8 cm x 21,5 cm x 0,5 cm) encontra-se vários folhetos turísticos (29, 5 cm x 21 cm), todos em inglês, publicitando

Pousada de São Tiago, Only in Macau

No interior da capa vem anexada um cartão de visita (9 cm x 5,5 cm) do “General Manager: H. Reinhard Steffen”

Cartão de visita
Cartão de visita verso

São Tiago, o Grande – Pintura de 1661 – Rembrandt Harmenszoon van Rijn (1606-1669)

(1) Também conhecido como: Santiago e Santiago de Compostela. É padroeiro dos cavaleiros, peregrinos, farmacêuticos, veterinários, dos químicos. Martirizado no ano 44. É festejado a 25 de julho, nas igrejas católica e luterana. Os ortodoxos comemoram-no a 30 de abril, os coptas a 12 de abril, e os etíopes a 28 de dezembro https://pt.wikipedia.org/wiki/Santiago_Maior

(2) A Pousada de São Tiago abriu em finais de 1981, com 23 quartos e suites. https://nenotavaiconta.wordpress.com/2015/08/21/anuncio-pousada-de-sao-tiago-decada-de-80/

Anteriores referências em: https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/pousada-de-santiago/

Folheto (20 cm x 10 cm) da Direcção dos Serviços de Turismo promovendo a Livraria do Centro de Promoção e Informação Turística de Macau, em Lisboa (1)

(1) Avenida 5 de Outubro, 115 r/c . 1069-204 LISBOA

Capa + Contra-capa

Pequeno manual turístico “Travel trade handbook MACAU”, de 1981 em inglês, editado pelo Departamento de Turismo e Informação, 75 p., 23 cm x 14, 7 cm.

Páginas 2-3 – ÍNDICE

“Macau has proudly flown Portugal´s flag even when the Motherland´s throne was occupied by a foreign King, in the 17th century. When Portuguese rule was re-established, after 60 years, the city of Macau was granted the official name of:

MAPAS
Jet Boeing

“The best time to visit Macau throughout the year is mid-week, to avoid the weekend gambling rush from Hong Kong. During daytime hydrofoils and jetfoils depart at roughly half hour intervals from both Macau and Hong Kong. Daily services start from 7.45 a.m. and finish at up to 6.30 p. m.  in summer (5.15 p. m. in winter) Night jetfoil services to and from Macau were introduced for the convenience of the travellers and have proved popular. Jetfoils take about 50 minutes for the 40-mile trip; hydrofoils, 65 to 75 minutes.

Macau Grand Prix (1980 ?)

“The Far East´s gala motrocycle and Fotmula II car racing event, the Macau Grand Prix, is held the third week each November. Visitors, drivers and machines arrive from all the world for this event”

Ruins of St. Paul

“For walkers who dont´t mind some step climbs this tour offers spectacular views from the old Jesuit fort on Monte hill overlooking the site of a college for missionaires and scholars going to China. St. Paul´s was the collegiate church, built 1602 with the help of Japanese Christian exiles and, except for the great façade, destroyed by fire in 1835”

Nighview of Bay of Praia Grande

“To reach Penha Hill, take the Praia Grande along the waterfront … yhe avenue of banyan trees was planted a century ago … to the right is the pink and whitestone Government House containing the Governor´s office and various stone government departments …next is a row of shops and the Colegio Ricci … after the Helen Liang nursery … turn right up the steep Calçada do Bom Parto …”

Horse trotting

“Horse Trotting” – The Macau Trotting Club has already opened its first harness racing track in Asia on the historical Island of Taipa. All horses purchased in Australia and New Zealand have attained a standard of 2 minutes 14 seconds for the mile. The oval-shaped track is five furlongs in length and 80 feet wide with inner and outer track. The track is 20 feet wider than tracks used overseas, thus allowing more room for overtaking. The five-storey stand has a capacity for 15,000 people with restaurants seating 1,5000. Parking facilities are available for 750 cars and 40 tour buses. Public admission tickets cost 3 patacas, On the day of the races, The Trotting Club will provide transportation to amd from the track at the bridge terminal near the Statue of Governor Ferreira do Amaral, just in front of the main entrance of Hotel Lisboa.”

NOTA: Muitas fotos deste manual foram reproduzidas posteriormente num folheto turístico de 1984 que postei em 24-07-2014 em https://nenotavaiconta.wordpress.com/2014/07/24/folheto-turistico-macau-de-198

Pequeno opúsculo (17 cm x 12 cm), editado pela Agência Geral do Ultramar, sem data registada, em português, cuja versão em francês publiquei em 17-04-2012 (1)
O conteúdo é o mesmo dos opúsculos editados também pela Agência-Geral do Ultramar, de 1964 ou anterior a esta data, publicados em (2) (3) e (4), variando somente nas fotografias (coloridas e a preto e branco) que pela qualidade tipográfica (impresso em offset) pressuponho que este opúsculo seja posterior a 1964.
Ligeiros acrescentos no texto, confirmam esta afirmação:
No que se refere a “A entrada ou permanência de estrangeiros na Província de Macau”, há um parágrafo no final: “Os portugueses necessitam apenas do seu passaporte ou guia de viagem “
E nas referências aos hotéis, há uma divisão em Hotéis Europeus (Hotel Riviera, Hotel Bela Vista, Pousada de Macau) e Hotéis Chineses (Hotel Central, Hotel Kuoc Chai)
O Hotel Central situado a meio da Avenida Almeida Ribeiro, perto de todas as casas de espectáculos, é o centro da vida nocturna de Macau. Além de 200 quartos dotados de todas as comodidades, possuiu, sob a direcção de pessoal especializado, um luxuoso «Salão de beleza». No 6.º andar, aberto todas as noites, funciona um «Salão de dança», onde toca uma escolhida orquestra filipina. No rés-do-chão e no «mezanino» o restaurante «Golden Gate», que fornece comida europeia, e no 5.º andar o restaurante chinês «Golden City»
Preços dos quartos:
Singelos (sem casa de banho) ……………             5.00 patacas diárias
Singelos (com casa de banho) ……………           13.00 patacas diárias
Dobrados (sem casa de banho) …………            14.00 patacas diárias
Dobrados (com casa de banho) …………..          20.00 patacas diárias”
“O Hotel Kuoc Chai, situado ao fundo da Avenida Almeida Ribeiro, junto das pontes de desembarque do Porto Interior, onde atracam todos os barcos da carreira Macau-Hong Kong. De linhas modernas e janelas rasgadas, tem84 quartos. No rés-do-chão e no «mezanino» funciona um restaurante de comida europeia, e no 3.º andar outro de comida chinesa. Além dum «Salão de beleza», instalado no «mezanino», existe no 1.º andar um «Salão de dança»
Preços dos quartos:
Singelos (sem casa de banho) ……………             10.00 patacas diárias
Singelos (com casa de banho) ……………            18.00 patacas diárias
Dobrados (todos com casa de banho) …………  25.00 patacas diárias”

Nas páginas centrais, a fotografia das Ruínas de S. Paulo
O Porto Interior (a ponte cais n.º 16 no canto inferior direito) – foto tirada do Hotel Kuok Chai

(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/04/17/folheto-propaganda-macao-une-ville-portugaise/
(2) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/03/21/folheto-propaganda-macau-portugal-no-oriente-i/
(3) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/04/03/folheto-de-propaganda-macau-portugal-no-oriente-ii/
(4) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2014/09/17/folheto-de-propaganda-macau-terra-de-maravilha/

Guia turístico, em chinês e inglês, emitido pelo “Macau Government Tourism Office” em 1993, com 104 páginas (18,8 cm x 12 cm). Publicado (“Not for sale”) por “Directed Macau Listas Telefónicas, Lda.”, com apoio dos Serviços de Turismo de Macau.
NA CONTRACAPA
Anúncio dos Serviços de Turismo de Macau, publicitando o Buffet de comida macaense às sextas-feiras, por 95 patacas (adulto) e 50 patacas (crianças menor de 12 anos), com acompanhamento da música ao vivo da “Tuna Macaense”, no Restaurante da Pousada de Mong Há.

Calendário dos eventos turísticos e feriados em Macau, de 1993, em inglês
Calendário dos eventos turísticos e feriadossem Macau, de 1993, em chinês

Com interesse, os diversos anúncios e fotos desse ano de 1993 como por exemplo
ANÚNCIO – Restaurante do Casino Jai-Alai no Palácio de Pelota Basca, Porto Exterior, aberto 24 horas e “Our midnight Dim Sum is so distinguished that everyone visits Macau must not miss it
Ver anteriores referências em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/casino-jai-alai/
ANÚNCIO – Macau Mokes (“Macau´s original self-drive rental company”)
ANÚNCIO – Café a Bica
Ver anterior referência em
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/03/25/caixa-de-fosforos-cafe-a-bica/
澳門遊踪mandarim pīnyīn: ào mén yóu zōng ; cantonense jyutping: ou3 mun4 jau4 zung1.

Folheto turístico igual ao que publiquei em (1) mas este em inglês, do mesmo ano, com o mesmo tamanho e número de páginas. Com o mesmo conteúdo e imagens do anterior (1) limito-me a publicar outras páginas que compõem este folheto.
Este selos, emitidos pelos Correios e Telecomunicações de Macau, pertencentes á série “Barcos de Passageiros”, foram lançados em 28-08-1986. (2)
(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2018/07/07/folheto-turistico-macau-%E6%BE%B3%E9%96%80/
(2) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2015/03/22/postais-barcos-de-carga-iv/

Folheto turístico, em português emitido pelo “Department of Tourism” (sic), de 16 páginas, dimensões: 29, 5 cm x 21 cm.
Publicação dos finais da década de 80 (século XX).
Com apontamentos sumários sobre Macau: história, geografia, governo e população, ligações com o exterior, dois mapas com indicações das visitas turísticas em Macau e nas ilhas, eventos, alojamento, gastronomia, espectáculos, comércio e diversões.

Folheto turístico “BEM VINDO A MACAU” emitido pela Direcção dos Serviços de Turismo em Maio de 1998, composto por três partes dobráveis (cada uma com cerca de 21 cm x 30 cm), muito semelhante quer na grafia quer no conteúdo ao folheto turístico do ano anterior (ver postagem de 28-04-2018) (1)
A diferença está na actualização dos dados estatísticos referentes ao ano de 1997, nomeadamente ao que se refere ao Aeroporto Internacional de Macau:
“ Em 1996 e 1997 o Aeroporto Internacional de Macau foi distinguido com a classificação do terceiro melhor aeroporto da Ásia. A pontuação mais alta incidiu rapidez e eficiência da assistência ao check-in e à bagagem, e ainda à adequação do desenho e imagem do Aeroporto. A pontuação mais fraca foi atribuída às facilidades das lojas francas que desde então sofreram uma considerável melhoria com introdução de novas lojas, quiosques da especialidade (de diversas marcas de renome mundial) e preços competitivos.
Em 1998 o Aeroporto Internacional de Macau continuou a melhorar a qualidade dos seus serviços prestando aos passageiros um atendimento ainda mais requintado”
(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2018/04/28/folheto-turistico-da-direccao-dos-servicos-de-turismo-de-1997/

Folheto turístico “BEM VINDO A MACAU” emitido pela Direcção dos Serviços de Turismo em Maio de 1997, composto por três partes dobráveis (cada uma com cerca de 21 cm x 30 cm)

MACAU Cidade de Cultura

… Macau é desde há séculos, ponto de encontro privilegiado de viajantes e de culturas. Terra de comércio, Macau encontra na actividade turística a razão da própria identidade. Não espanta por isso que um território tão pequeno receba anualmente cerca de 8 milhões de visitantes. Macau é por si só, um destino exótico, multifacetado e único.
A interligação das culturas está bem patente na singular herança histórica: Templos do século XVI, Fortalezas do século XVII, Igrejas do século XVIII, Palácio do século XIX, jardins chineses e aldeias flutuantes de pescadores.
Todo este património cultural sobreviveu até aos nossos dias porque sempre fez parte do quotidiano de Macau. Conservando o charme romântico europeu. Macau é hoje um Território moderno e em franco progresso e com um produto turístico diversificado para oferecer aos seus visitantes. (…)
… O sector do Turismo ocupa lugar de relevo na economia de Macau contribuindo com 43 % para o produto Interno Bruto e empregando, directa e indirectamente 30% da população activa. No final de 1996 Macau dispunha de 104 unidades de alojamento e 8500 quartos oferecendo aos visitantes uma ampla escolha – desde simples pensões até hotéis de nível internacional, um dos quais disponde de campo de golfe… (…)
Com o Aeroporto Internacional de Macau e os ambiciosos projectos de infraestruturas entretanto concluídos (o Terminal Marítimo, o Complexo Portuário de Ká Hó e a nova ponte da Amizade), Macau assume-se cada vez mais como um destino final de lazer e cultura, local de Congressos e Incentivos e também ponto de passagem para outros locais da Ásia-Pacífico…(…)

Continuação na apresentação dos conjuntos referidos em (1): «Conjunto de 6 chávenas + pires de café – património histórico de Macau». Hoje, o referente à «Ermida da Penha»

copos-e-pires-de-cafe-ermida-da-penha-iCopo – «Ermida da Penha», na embalagem de esferovite, com plástico
copos-e-pires-de-cafe-ermida-da-penha-iiCopo de forma cilíndrica: 5 cm de diâmetro e 5,2 cm de altura
(asa lateral: 2 cm)
copos-e-pires-de-cafe-ermida-da-penha-iiiPires – diâmetro 12, 5 cm
(base: 7, 5 cm)

“PENHAPenha Hill is of peculiar attraction to many. T is famous for its century-old chapel, which itself replaced na old hermitage dating from the early days of the colony. Here will also found a replica of the Grotto of Lourdes, built by a former bishop of Macao, who had a special devotion to Our Lady of Lourdes, the miraculous cures at whose shrine in France are know throughout the world.
The beautiful bay of the famous Praia Grande seen from this vantage point is, probably, the most delightful scene about or in Macao. From the city heights beautiful views of the city of Macao can be obtained. The forts and churches rise above the surrounding chequerboards of roofs, and one wonders at the combination of Eastern and Western architecture.
(Retirado do panfleto turístico – “A Visitors´Handbook to Romantic Macao”, editado pela Direcção das Obras dos Portos, Macau, em 1928, 2.ª edição, 40 p.)
copos-e-pires-de-cafe-ermida-da-penha-iv(1)  https://nenotavaiconta.wordpress.com/2017/01/04/conjunto-de-6-chavenas-pires-de-cafe-patrimonio-historico-de-macau/