Uma capa (no sentido de pasta para guardar papéis, geralmente em papel, plástico ou de material resistente) da Escola de Polícia Judiciária de Macau, da década de 90 (século XX). Na altura a escola ficava (e creio que ainda fica) situada na Rua da Praia Grande n.º 101-103. 1.º e 2.º andar, edifício «Lun Pong» ( Telefone 372214)
A Escola de Polícia Judiciária (EPJ) na dependência directa do director da Polícia Judiciária (PJ) de Macau foi criada em 1986 (Decreto-Lei n.º 23/86/M de 15 de Março). Tinha por finalidade ministrar aos funcionários e agentes da PJ os cursos e estágios necessários à sua formação e valorização profissional e estava nas instalações da Polícia Judiciária.
A inauguração da Escola de Polícia Judiciária de Macau (EPJ/M) em edifício próprio, em 21 de Novembro de 1990 e a revogação do decreto anterior em 1991 (Decreto-Lei n.º 35/91/M), passou a Escola a ser uma subunidade orgânica da Directoria da Polícia Judiciária de Macau, e a ter como objectivo, programar e executar acções de formação, aperfeiçoamento e especialização do pessoal da Polícia Judiciária, bem como supervisionar a execução de estágios.(1)

(1) Para mais e melhor informação ver:  “A Formação de Quadros na Polícia Judiciária de Macau” publicado na revista «Administração», n.° 37, vol. X, 1997-3.°, 881-890, por Fernando Passos, que foi o primeiro Director da Escola.
http://www.safp.gov.mo/safppt/download/WCM_004123