Archives for posts with tag: Década de 80 (séc. XX)

Caixa de fósforos do “Hotel Metropole”, design de fundo castanha e letras “castanho claro”. Tamanho: 5,6 cm x 3,5 cm x 0,8 cm; fósforos com a cabeça vermelha., da década de 80 (século XX)

METROPOLE HOTEL

63-63 A RUA DA PRAIA GRANDE, MACAU (1)

TEL: 88166

京都酒店 (2)

澳門南灣街 63-63A (3) 電話: 88166

Lateral: TELEX: 88356-CTS-OM

(1) Actualmente (após 1994) Avenida da Praia Grande n.º 493 -501; TEL: +853 2838 8166

(2) 京都酒店 – mandarim pīnyīn: jīng dōu jiǔ diàn; cantonense jyutping: ging1  dou1 zau2 dim3

(3) 澳門南灣街 – mandarim pīnyīn: ào mén nán wān jiē; cantonense jyutping: ou3 mun4 naam4 waan1 gaai1

Referências anteriores: https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/hotel-metropole/

Dois pinos/pins (1) dos Serviços de Saúde de Macau da década de 80/90 (século XX), um referente ao Centro de Transfusão de Sangue (CTS), então situado na Avenida Sidónio Pais. (2)

Rectangular de 2, 2 cm x 1,2 cm, vidrado, com o logotipo do CTS.

e outro: laço vermelho – emblema utilizado universalmente referente à campanha contra o Sida, em Macau, com as dimensões maiores: 2,2 cm x 1,8 cm (maior largura),

(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/pinos-pins/

(2) https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/centro-de-transfusoes-de-sangue/

Em Janeiro de 1987 chegaram a Macau cinco Irmãs da Congregação de Caridade de Santa Ana e iniciaram a sua obra no Asilo Betânia; em Maio de 1989 foram para o Asilo de Santa Maria; em Abril de 1992 para o Lar de S. Luís Gonzaga e em Janeiro de 1933 para o Centro de Santa Lúcia em Ká Hó, tratando e servindo todos os necessitados, especialmente os idosos e os doentes mentais que lhes foram confiados. Em 1994, quando foi publicado o opúsculo (1) que apresento, eram já vinte as Irmãs que se dedicavam nos Centros transformados em casas de bem estar e onde eram prestados bons cuidados e apoio a todos que ali se encontravam.

CAPA + CONTRACAPA

Maria Rafols nasceu em 5 de Novembro de 1781 em Villafranca de Panades.Barcelona, Espanha. Um dia encontrou o Pe João Boal, vigário do Hospital de Santa Cruz de Barcelona (falecido em 1829) e tenho sabido que este estava envolvido num projecto ambicioso de caridade para cidade, ofereceu-se para trabalhar ao serviço dos pobres. Aos 23 anos foi nomeada presidente feminina de um grupo de 12 irmãs da Caridade (como eram chamadas) encarregadas de melhorar a situação de 2 000 doentes do Hospital de Nossa Senhora da Graça em Saragoça. O modo de actuação da nova Irmandade foi-se tornando conhecido e o Bispo de Huesca, D. Joaquim Sanchez de Cutanda convidou-as para o serviço do Hospital e da Casa da Misericórdia da cidade (19 de Maio de 1807). Em 1808-1809, nos dois cercos feitos a Saragoça pelas tropas de Napoleão, a Irmandade contava já contava 21 Irmãs, exercendo uma acção contra a fome e a miséria dos feridos e prisioneiros da guerra. A rendição de Saragoça deixou a cidade coberta de cadáveres e em ruínas; nove companheiras sucumbiram de doença.

Em 15 de Julho de 1824, as Constituições da Irmandade foram aprovadas pela autoridade eclesiástica diocesana, e a 16 de Julho de 1825 treze Irmãs fizeram os primeiros votos públicos de pobreza, castidade, obediência e hospitalidade e as três fundadoras, Maria Raflos, Teresa Canti, Raimunda Torella e a irmã Teresa Ribeira fizeram os votos perpétuos no mesmo ano – 15 de Novembro de 1825. Maria Rafols faleceu a 30 de Agosto de 1853 (49 anos de vida religiosa). Em 1994 existia cerca de três mil Irmâs da Caridade.

Página 40 e interior da contracapa

(1) “Maria Rafols, heroína da Caridade do Século XIX, Fundadora da Congregação das Irmãs de Caridade de Santa Ana”. Biografia da vida e obra de Maria Rafols. Opúsculo de 40 páginas, em português, inglês e chinês, 20,5 cm x 14 cm. Impresso em 30 de Outubro de 1994.

NOTA: Sou testemunha das acções contínuas e prontas destas Irmâs sempre ao serviço dos mais pobres, necessitados e doentes. Prestei assistência médica nos anos 80 e 90 (séc. XX) nos Asilos dependentes das Missões nomeadamente no Asilo «Santa Maria» (fundado pelo Padre Luís Ruiz Suarez em 1969, instalando-se na casa do antigo Infantário da Associação das Senhoras Chinesas na Travessa dos Santos n.º 2-4 (entrada principal), depois melhoradas com as obras de beneficiação; tinha uma porta lateral que dava para a Rua do Pato (por onde se entrava) e no «Asilo Betânia» também fundado pelo Padre Luís Ruiz Suarez, em 1970, na Avenida do Conselheiro Borja a caminho da Ilha Verde (eram barracas de latas, antigo centro de refugiados do Instituto de Acção Social de Macau). Por detrás do «Asilo Betânia» ficavam as casas do antigo dormitório para refugiados, onde o mesmo Padre Ruiz Suarez fundou, em 1970, o «Centro «São Luís» destinados aos rapazes com atrasos mentais e doentes crónicos (a entrada era o mesmo do Asilo Betânia). O Centro de Santa Lúcia foi fundado em 1977 para albergar raparigas subdesenvolvidas num edifício (novo com capacidade para 70 pessoas em 1978), em Ká Hó.

Outras duas caixas de fósforos do mesmo tamanho (5,5 cm x 3,5 cm x 0,8 cm) dos casinos «MACAU PALACE CASINO» e «LISBOA CASINO MACAU», da década de 80/90 (século XX)
O mesmo design num dos lados, a fotografia do casino flutuante “MACAU PALACE CASINO TEL 75166

Do lado oposto, numa delas, a fotografia de “LISBOA CASINO MACAU TEL. 75111”

e noutra, a fotografia nocturna do mesmo “LISBOA CASINO MACAU TEL. 75111”

Lado lateral, em ambas as caixas, em chinês:
澳門葡京娛樂場 TEL. 75111 (1)
回力娛樂場 TEL.572020 (2)
澳門 皇宮娛樂場 TEL. 75166 (3)

(1) 澳門葡京娛樂場 – Casino Lisboa; mandarim pīnyīn: ào mén pú jīng yú lè cháng; cantonense jyutping: ou3 mun4 pou4 ging1 jyu4 lok6 coeng4.
(2) 回力娛樂場 – Sociedade de Jogos de Macau, SA , (SJM) ; mandarim pīnyīn: huí lì yú lè cháng: cantonense jyutping: wui4 lik6 jyu4 lok6 coeng4.
(3) 澳門 皇宮娛樂場 – Casino Macau Palace; mandarim pīnyīn: ào mén huáng gōng yú lè cháng: cantonense jyutping: ou3 mun4 wong4 gung1 jyu4 lok6 coeng4.
Ver anteriores referências de caixas de fósforos em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/category/caixas-de-fosforos/

Dois postais (18 cm x 12 cm) da colecção do Museu de Arte de Macau (MAM) (Avenida Xian Xing Hai, Macau)

Mansão da Rua de S. José – Ng Wai Kin – Aguarela sobre papel- 1981
Verso do postal

Sobre este pintor, ver: https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/ng-wai-kin/

Avenida de Almeida Ribeiro – Kam Cheong Leng (1911-1991) – Aguarela sobre papel – 1982
Verso do postal

Sobre este pintor ver: https://nenotavaiconta.wordpress.com/2016/02/04/noticias-de-2-5-de-fevereiro-de-1973-exposicao-de-pintura-no-ginasio-da-escola-comercial/

Outras duas caixas de fósforos, iguais no tamanho (5,5 cm x3,5 cm x 0,8 cm), do “Hotel Lisboa”, da década 80 (século XX).

O mesmo design num dos lados com letras brancas: “HOTEL LISBOA MACAU “ de fundo azul claro.

Lateral: TEL 7666

Do lado oposto, numa delas, a foto do Hotel:

e na outra caixa, a foto da maqueta da renovação do Hotel

Saco de plástico com uma pega (em preto) (dimensões: 33, 5 cm x 22, 7 cm) de cor acastanhada, somente com caracteres chineses de cor preta e apresenta o mesmo design nos dois lados. Loja de roupa, “Yep Gun Kei”, creio da década de 80 (século XX)

根記   (1)

(2)

(3)

澳門渡船街六十七號 電話 – 八四七一三 (4)

(1) 根記 百貨mandarim pīnyīn: yè gēn jì bǎi huò; cantonense jyutping: jip6 gan1 gei3 baak3 fo3

(2) mandarim pīnyīn: máo shān; cantonense jyutping: mou4 saam1 – roupa camisola de pelo/lã

(3) mandarim pīnyīn: fú zhuāng; cantonense jyutping: fuk6 zong1.

(4) 澳門渡船街六十七號 – Rua da Barca, n.º67 – Macau. TEL: 84713 渡船街 – mandarim pīnyīn: ào mén dù chuán jié; cantonense jyutping:  ou3 mun4 dou6 syun4 gaai1

Saco comercial de plástico de 47 cm x 34,5 cm, com pegas de plástico branco. Fundo de cor branca, design igual nos dois lados, variando somente nas cores.

Dum lado, letras a amarelo com a publicidade ao “BENFICA ARTIGOS DESPORTIVOS” a verde
Do outro lado o mesmo design com as letras a verde e a faixa do  “BENFICA ARTIGOS DESPORTIVOS”, a amarelo

A loja “Benfica” de venda de artigos desportivos ficava na década de 80 (século XX), no Edifício Nam Kwong, na Avenida do Dr. Rodrigo Rodrigues, no 1. º Andar – F, numa área comercial denominada Rua de Compras -購物街 (1)

奔飛家 (2) – BENFICA ARTIGOS DESPORTIVOS 體育用品 (3)

(1) 購 物 街mandarim pīnyīn: gòu wù jiē ; cantonense jyutping: gau3 mat6 gaai1; mandarim pīnyīn: cháng ; cantonense jyutping: coeng4

(2) 奔飛家mandarim pīnyīn: bēn fēi jiā ; cantonense jyutping: ban1 fei1 gaa1

(3) 體育用品mandarim pīnyīn: tǐ yù yòng pǐn; cantonense jyutping: tai2 juk6 jung ban2     

LADO A em inglês
LADO B em chinês

Saco de plástico de cor preta (43 cm x 35 cm) e letras douradas, da década de 80/90 (1) da loja que estava (e ainda está) localizada no Hotel Lisboa (Macau), rés do chão. Tel: 84045

JEWELARTS “Indian Emporium”

“House of: “Exclusive Gifts, Gems, Indian Jewellery, Ivory Jewellery, andal Wood Carvings, Tapestries, Evening Bags, Old Tankas, Watches, Carpets, Marble Inlaio, Paintings, Antiques, Etc.”

(1) “Indian Emporium Ltd” – Tel 28384045

Anúncio 2016

Cartão de cumprimentos do Leal Senado de Macau – década de 80/90 (século XX) – Dimensões: 15, 8 cm x 9,5 cm
Envelope: 16 cm x 12 cm