Archives for posts with tag: Correios de Macau / C. T. T.

Emissão / 1.º dia de circulação dos selos dos Correios de Macau / CTT MACAU, referentes à “Literatura e Personagens Literárias – Li Sao”, no dia 28 de Maio de 2004. Os desenhos são da autoria de Poon Kam Ling.
São seis selos (3 cm x 4 cm)  todos com o valor de 1.50 patacas.

CIMA (da esquerda para a direita): 1 – Orientação; 2 – Cultivo 3 – Aconselhamento pela irmã
BAIXO (da esquerda para a direita): 4 – Transmissão de esperança pela fénix; 5 – Viagens e reflexões; 6 – Local da vida eterna.

Também foi lançado um Bloco Filatélico (13,8 cm x 9 cm)  (este exemplar: n.º 146617) contendo um selo (4 cm x 3 cm) de 8.00 patacas.

文學與人物離騷mandarim pīnyīn: wén xué yǔ rén wù – lí sāo; cantonense jyutping: man4 hok6 jyu4 jan4 mat6 – lei4 sou1
離騷 – “Li Sao” (Encontro da Tristeza) é um poema chinês que data do período dos Reinos Combatentes da China antiga. O “Li Sao” é o poema principal de um aristocrata do Reino de Chu, que morreu por volta de 278 a.C., chamado Qu Yuan 屈原
O “Li Sao” começa com a introdução do poeta de si mesmo, sua ancestralidade e algumas referências à sua situação atual e, em seguida, passa a narrar a fantástica viagem física e espiritual do poeta pelas paisagens da China antiga, real e mitológica. “Li Sao” é um trabalho seminal na grande tradição chinesa de paisagem e literatura de viagens-
https://en.wikipedia.org/wiki/Li_Sao

Lançamento pelos Correios de Macau / CTT Macau, no dia 19 de Maio de 1993, de envelope e quatro selos (todos com a mesma franquia: 3 patacas) alusivos à emissão extraordinária “Usos e costumes – Casamento chinês“..
Apresento um envelope (com 16 cm x 11, 5 cm) com os quatro selos e carimbo alusivo.
Portaria n.º 117/93/M – Emite e põe em circulação selos postais alusivos à emissão extraordinária “Usos e costumes – Casamento chinês”.

Boletim Oficial n.º 18 de 3 de maio de 1993

Lançamento pelos Correios de Macau / CTT Macau, no dia 1 de Abril de 1993, de envelope e quatro selos (todos com a mesma franquia: 3,5 patacas) alusivos à emissão extraordinária com “Deuses da Mitologia Chinesa II”.
Apresento um envelope (com 16 cm x 11, 3 cm) com os quatro selos e carimbo alusivo.
Portaria n.º 51/93/M: Emite e põe em circulação selos postais alusivos à emissão extraordinária «Deuses da Mitologia Chinesa II».
Desenhos de Lio  Man Cheong.

Lançamento pelos Correios de Macau / CTT Macau, no dia 21 de Março de 1994, de quatro selos (todos com a mesma franquia 3,5 patacas) alusivos à emissão extraordinária com pinturas de George Chinnery (1)
Apresento um envelope (com desenhos de Chinnery; 16 cm x 11, 3 cm) com os quatro selos (quatro quadros de aguarelas sobre papel de Chinnery)  e carimbo.
Os quatros quadros que já foram anteriormente reproduzidos em (2) são:
Aguarela sobre papel (c. 1833-38) – Paisagem com sampana-habitação. Ao longe a Ilha da Lapa
Aguarela sobre papel (c. 1833-38) – Praia Grande do Fortim de S. Pedro.
Aguarela sobre papel (sem data) – Forte e Igreja de S. Francisco do Fortim de S. Pedro
Aguarela sobre papel (sem data) – Mosteiro e Fortaleza de S. Francisco

Boletim Oficlal de Macau, I série, n.º 10 de 7 -3-1994, p. 189

(1) Anteriores referências a George Chinnery em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/george-chinnery/
(2) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2014/11/25/noticia-25-de-novembro-de-1974-1-o-dia-de-circulacao-bi-centenario-do-nascimento-de-george-chinnery-1774-1974/

Na continuação das postagens anteriores (1) e (2), encontrei ainda a propósito dessa emissão / 1.º dia de circulação do “CENTENÁRIO DO SELO DE MACAU” (1) no dia 1 de Março de 1984 pelo Correio de Macau / Correios e Telecomunicações de Macau, um pequeno envelope (12, 3 cm x 8,8 cm) transparente da Divisão de Filatelia (Correios e Telecomunicações de Macau) contendo no seu interior os três selos (sem carimbo) e um bloco filatélico especial (14 cm x 11.5 cm)
(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2019/03/01/noticia-de-1-de-marco-de-1984-filatelia-centenario-do-selo-postal-i/
(2) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2019/03/02/noticia-de-1-de-marco-de-1984-filatelia-centenario-do-selo-postal-ii/

Continuação da postagem anterior (1) – emissão / 1.º dia de circulação do “CENTENÁRIO DO SELO DE MACAU” (2) no dia 1 de Março de 1984 pelo Correio de Macau / Correios e Telecomunicações de Macau.
Apresento o sobrescrito de 1.º dia (11,4 cm x 16,2 cm) (preço: 1,5 patacas) e os três selos postais (taxas de 40 avos, 3 e 5 patacas) com as obliterações do 1.º dia.
O Design é de Jorge Rocha
(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2019/03/01/noticia-de-1-de-marco-de-1984-filatelia-centenario-do-selo-postal-i/
(2) Portaria n.º 42/84/M – B. O.  n.º: 9, Sup. de 27-02-1984)
Emite e põe em circulação neste território selos postais e respectivos blocos especiais alusivos ao “Centenário do Selo Postal de Macau”.

Emissão / 1.º dia de circulação do “CENTENÁRIO DO SELO DE MACAU” (1) no dia 1 de Março de 1984 pelo Correio de Macau / Correios e Telecomunicações de Macau.
Foram postos em circulação nesta dia, o sobrescrito de 1.º dia e três selos postais (taxa de 40 avos, 3 e 5 patacas) com as obliterações do 1.º dia.
Hoje, apresento o a pagela (29, 5 cm x 21 cm) com os três selos carimbados.
O Design é de Jorge Rocha
“CENTENÁRIO DO SELO DE MACAU”
“A Rainha D. Maria I de Portugal de Portugal, por Alvará de 20 de janeiro de 1798, criou os “Correios Marítimos entre o Reino e as suas parcelas ultramarinas”, por daí “resultar grande benefício às Praças de Comércio”
Presume-se que em 1800 já funcionasse o “Correio Marítimo” de Macau, pois o mesmo havia sido criado para a Índia nesse ano e é sabida a estreita ligação, existente à altura, entre os dois Territórios. Corrobora esta presunção um aviso da Administração do “Correio Marítimo” da Corte, datado de 27 de Dezembro de 1800, que o navio Constança sairia para Macau em 4 de Janeiro de 1801.
Em 1869, Ricardo de Sousa foi nomeado Administrador do “Correio Marítimo” instalando-se os serviços no rés-do-chão da sua própria residência, situada no vértice do Ângulo formado pela Rua do Campo e Rua de Santa Clara.
O “Correio Marítimo de Macau, resumia-se, porém, a uma quase sucursal do de Hong Kong, “seguindo as suas instruções e usando os seus selos”.
Como o “Correio Marítimo não satisfizesse as necessidades de comunicação do Território, procedeu-se à sua reestruturação, de acordo com as normas da União Postal Universal saída da Conferência de Berna de 1874, da qual Portugal foi membro fundador. Assim, O Governador Tomás de Sousa Rosa, por Portaria de 1 de Março de 1884, criou a Repartição do Correio, sendo seu 1.º Director Ricardo de Sousa.
Nesta mesma data – 1 de Março de 1884 – foram postos em circulação “os selos de franquia portugueses que, por ordem do Governo de Sua Majestade foram enviados para esta província”. Esta emissão de selos de Macau, conhecida por “tipo-coroa” por ilustrar a coroa do Reino de Portugal, era composta por 9 taxas.”
Serviços de Filatelia dos CTT de Macau

Dados técnicos

(1) Ver anterior postagem referente à exposição “Salão comemorativo do centenário do selo postal de Macau 1884-1984”
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2014/12/03/salao-comemora-tivo-do-centenario-do-selo-postal-de-macau-18841984/