Archives for posts with tag: Cassiano de Castro Fonseca

Realizou-se nos dias 6 e 7 de Outubro um intercâmbio desportivo entre os portugueses de Hong Kong e Macau, tendo sido disputados com grande animação e concorrência, os diversos desafios de hóquei em campo, ténis e bridge.
Macau saiu vencedora em ténis e hóquei em campo mas perdeu no bridge.
O Encarregado do Governo e esposa assistiram interessados ao desafio de hóquei em campo entre os grupos de Hong Kong e Macau, no campo do Tap Seac.
O grupo de honra do Hockey Club de Macau que derrotou o grupo visitante por 2 a 0
De pé (da esqª para dtº) Herculano da Rocha, , Augusto Jorge, César Capitulé, José Vítor do Rosário, Armando Basto, Humberto Rodrigues
1.ª fila: Luís da Cunha, Frederico Nolasco da Silva, Lourenço Ritchie, Fernando Marques Marques, Albertino Almeida
Os grupos de 2.ªs categorias do Clube de Recreio e Hockey Club de Macau
O vice-cônsul de Hong Kong, sr. Fernando Ribeiro, entregando a Taça Brazão ao Sr. António de Melo, capitão do Ténis Civil de Macau que derrotou o Club de Recreio de Hong Kong por 8 a 1.
Os numerosos convivas que participaram no jantar de confraternização
O representante do grupo de Hong Kong, Sr Jackie Noronha, agradecendo a hospitalidade de Macau.
Extraído de «Mosaico» III-15/16,1951

Hóckey (Oquei) Club de Macau – Direcção (Anuário de Macau 1951/52)
Presidente : António Emílio Rodrigues da Silva
Secretário: Engenheiro Humberto Rodrigues
Tesoureiro : Herculano Silvânio da Rocha
Vogais: Frederico Nolasco da Silva e Pedro Hyndman Lobo

Ténis Civil – Direcção (Anuário de Macau 1951/52)
Presidente – Dr Cassiano C. de Castro Fonseca
Secretário: Eduardo Batalha da Silva
Tesoureiro Armando Rodrigues da Silva.

Existiu uma Associação de Bridge de Macau, que teve como presidente foi Frederico Nolasco da Silva, mas não consegui determinar com exactidão a data da sua existência.

No dia 25 de Agosto de 1952, celebrando o quinto aniversário do “Notícias de Macau”, (1) o proprietário deste diário local, Hermann Machado Monteiro, (2) ofereceu, no restaurante “Fat Siu Lau”, um almoço a todo o pessoal do seu jornal (3)

O pessoal do “Notícias de Macau” confraternizando-se à mesa do almoço
O grupo formado pelo numeroso pessoal do “ Notícias de Macau”

(1) “25-08-1947 – O diário «Notícias de Macau» segue desde esta data até 20-02-1960, com 3 710 números.” (SILVA, Beatriz Basto da – Cronologia da História de Macau, Vol 4, 1997)
“25- 08-1953 – «Notícias de Macau» completou seis anos de existência, no dia 25. Único diário português que se publica em todo o Extremo Oriente. Proprietário: Hermann Machado Monteiro (director: Dr. Cassiano de Castro Fonseca.” ( «Macau Boletim Informativo»  I – 2, 1953.).
O Dr. Cassiano de Castro Fonseca, natural de Macau, médico municipal, foi director do “Notícias de Macau» até 1955 (16-03-1955 foi a festa de despedida no edifício daquele jornal; partiu para Portugal a 18-03-1955; faleceu em Lisboa no dia 07-08-1955).
Em 10-08-1955, foi nomeado director do “Notícias de Macau” o Dr. António Alberto de Barros Lopes ( «Macau  Boletim Informativo» III- 49, 1956)
“08-03-1960 – O periódico «Notícias de Macau» segue como diário desde esta data até 14-02-1962, com 577 números.” (SILVA, Beatriz Basto da – Cronologia da História de Macau, Vol 5, 1998)
(2) Herman Machado Monteiro (1899 – ?), republicano que após o golpe de 28 de Maio de 1926, em Portugal, se auto-exilou em Macau (segundo outras fontes, por ordem do Estado Novo por ser maçónico), esteve ligado ao comércio do ouro e foi o fundador, proprietário, editor e jornalista (polémico) do “Notícias de Macau” (25-08-1947 até 20-02-1960). Antes em 1927, Herman Machado Monteiro sucedeu a Rosa Duque na direção do periódico, “O Combate” (semanário de Macau de 06-01-1927 a  24-07-1927  Foi um dos fundadores do Rotary Club de Macau.
Em 14-10-1940, foi fixada, por 2 anos, residência em Coloane (deportado) ao cidadão Herman Machado Monteiro ( B.O. n.º 41 – S)
Anteriores referências ao jornal e a Herman Monteiro
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/noticias-de-macau/
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/herman-machado-monteiro/
(3) Extraído de «Mosaico», V- 25/26 de SET/OUT 1952, p. 62.

Com o fim de comemorar o restabelecimento do «Sporting Club de Macau», efectuaram-se, nos dias 13 e 16 de Setembro de 1951 dois interessantes festivais desportivos um de futebol em miniatura e outro de pugilismo, com grande concorrência do público. (1)

As equipas de “misto Militar” e o “Clube Melco”
As equipas do “Sporting” e “Lin Yee”
Os pugilistas enfrentando-se cautelosamente
Uma fase animada dum dos combates

Extraído de «Mosaico» 1951.

NOTA:O «Sporting Clube de Macau» foi fundado em 11 de Setembro de 1926, sendo a filia n.º 25 do «Sporting Clube de Portugal». Os estatutos foram aprovados pela Portaria n.º 172 de 8 de Setembro de 1926 (publicada no Boletim Oficial n.º 37, de 1926). Foi depois restaurado em 16 de Agosto de 1950 com novos estatutos aprovados pela Portaria n.º 4:935, de 10 de Março de 1951 (publicada no Boletim Oficial n.º 10, de 1951). A sede nesse ano estava situada no Edifício da caixa Escolar , 1.º andar e tinha cerca de 200 sócios.

Os corpos gerentes em 1951/1952 eram:
MESA DA ASSEMBLEIA GERAL:
Presidente – Major Acácio Francisco Leão Cabreira Henriques
Vice-presidente – Alfredo José da Silva
1.º Secretário – Mário Correia de Abreu
2.º Secretário – Gregório Félix
DIRECÇÃO:
Presidente – António de Magalhães Coutinho
Vice-presidente – Capitão Carlos Loureiro Palmela
Secretário-geral – Adelino Serra de Almeida
Secretário-adjunto – Romeu Xavier
Tesoureiro – Albino Pereira da Silva
Vogais – Gióbio Pires Soares e Américo Lopes Gomes
CONSELHO FISCAL E DE SINDICÂNCIA:
Presidente – Dr. Adolfo Adroaldo Jorge
Vice-presidente – Arnaldo Rodrigues da Silva
Secretário relator – Manuel Dimas Pina

O «Clube Melco» foi fundado em 1 de Setembro de 1940.Os estatutos foram aprovados pela Portaria n.º 3:113, de 26 de Abril de 1941, publicada no B oletim Oficial n.º 17, de 1941. Tinha, nesse ano (1951), cerca de 130 sócios e a sede estava localizada na Areia Preta (Melco)

DIRECÇÃO:
Presidente – Dr. Cassiano de Castro Fonseca
Secretário – Vicente Nunes
Tesoureiro – António de Barros Pereira
Vogais – Vítor B. da Silva e King W. Chun

NOTA: A Direcção do «Rádio Clube de Macau, nesse ano de 1950, era presidido pelo Primeiro-tenente António Eduardo Lopes Marques.
Outros membros da Direcção:
Vice-presidente – Dr. Cassiano Carlos de Castro Fonseca
Secretário – António Ferreira Batalha
Tesoureiro – Mário de Barros Pereira
Vogais – Francisco Xavier Freire Garcia e Ho Yin
Membros da Assembleia Geral:
Presidente – Padre António Maria de Morais Sarmento
Vice-presidente – Dr. Alberto Pacheco Jorge
Vogais – Loc Tin Meng e José Maria Braga.
Membros do Conselho Fiscal:
Presidente – Francisco Xavier Monteiro
Vogais – Tenente Hernâni Anjos e José Maria de Sena Fernandes.
Extraído de BGC, XXVI – 297, Março de 1950.

Por telegrama recebido nesta cidade, soube-se que faleceu em Lisboa, no dia 7 de Agosto de 1955, o Dr Cassiano de Castro Fonseca, médico municipal e Director do «Notícias de Macau», vítima de um cancro no estômago. O Dr. Cassiano era natural de Macau e muito estimado pelos seus amigos pelo que a infausta notícia consternou a cidade inteira, tendo o jornal de que era Director deixado de se publicar um dia, em sinal de homenagem ao saudoso defunto.(1)
Dr. Cassiano Carlos de Castro Fonseca, nasceu em Macau em 4 de Novembro de 1907,  filho de Dionísio José da Fonseca, natural de Santarém, e de Helena Maria Francisca da Silva, de Macau. Licenciado em Medicina pela Universidade de Coimbra, com os cursos de Medicina Tropical, Medicina Sanitária e Tisiologia Social.(2)
Foi médico municipal interino de 28-05-1940 a 25-12-1940. Contratado pelos Serviços de Saúde a  6-12-1943 até 06-12 -1946. De novo médico municipal a 15-12-1948.(3)
Casou no dia 31-12-1938, com a Beatriz da Conceição Ramalho (1907-1940), licenciada em letras.(2)
(1) Macau B. I., 1955.
(2) FORJAZ, Jorge – Famílias Macaenses, Volume III, 1999.
(3) TEIXEIRA, Pe. Manuel – A Medicina em Macau, Volumes III-IV, Governo de Macau, 1975.