Archives for posts with tag: Boletim Geral do Ultramar

Esta notícia do arraial à maneira portuguesa que aconteceu a 7 de Julho de 1951 , (1) já a publiquei no ano passado (7-7-2016). Volto à mesma notícia agora extraída do Boletim Geral do Ultramar.(2)

Os Srs. Encarregado do Governo, Dr. Aires Pinto Ribeiro, o general Pinto Monteiro, o comandante militar Paulo Benard Guedes e esposa, e o comendador Kou Ho neng e esposa visitando as barracas.
A barraca chinesa

Barraca do «pão com chouriço»

(1) Notícia de 7 de Julho de 1951 – Arraial no ténis militar e naval
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2016/07/07/%EF%BB%BFnoticia-de-7-de-julho-de-1951-arraial-no-tenis-militar-e-naval/
(2) Notícia dos Serviços de Informação e Estatística de Macau, publicada BGU. XXVII -315/316, 1951.

Desconheço a data deste encontro desportivo – esgrima- entre uma equipa de Macau e outra do Japão que se realizou em Macau em finais do ano de 1955 (local: ? ) (1)

As equipas de esgrima portuguesa e japonesa.
Da esquerda para a direita: japonês Sugo, alferes Ferreira, Shirai (japonês), capitão Pinheiro, Omae (japonês) e Engenheiro Fernando Rodrigues.
Um esgrimista português em luta com um japonês

(1) Extraído do BGU XXXII – 367, Janeiro de 1956.

Como em anos anteriores, Macau festejou com brilho e acentuado espírito patriótico, o “Dia de Portugal”, no dia 10 de Junho de 1955.
O programa cumpriu-se à excepção da cerimónia pública promovida pelo Conselho de Instrução no Jardim de Camões que, por motivo do mau tempo, teve de ser adiada para o domingo seguinte, dia 12 de Junho, pelas 12 horas (1)

PARADA MILITAR: desfile das forças militares diante da tribuna, em frente do Palácio do Governo
NO JARDIM DA GRUTA DE CAMÕES: homenagem das autoridades na Gruta de Camões
FESTIVAL DESPORTIVO: festival das forças de segurança no Campo Desportivo 28 de Maio, vendo-se as evoluções em bicicleta dos guardas da secção móvel da Polícia de Segurança Pública.
RECEPÇÃO NO PALÁCIO DO GOVERNO: o Sr. Ho In, presidente da Associação Comercial de Macau apresentando cumprimentos ao Sr. Governador e esposa, no Palácio do Governo.

(1) Ver anterior referência em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2016/06/12/noticia-de-12-de-junho-de-1955-macau-e-a-gruta-de-camoes-xl-no-jardim-da-gruta-de-camoes/
Extraído do BGUXXXI- 361-362, Julho-Agosto de 1955.

Artigo de David Barrote publicado no Boletim Geral do Ultramar em 1956 (1)

Os rapazes do Colégio “Estrela do Mar” (Star of The Sea School)

(1) BGU, XXXII- 369, Março de 1956.

Duas fotografias do ano de 1954 publicadas na imprensa portuguesa (1) no mês de Abril.

Aspecto da procissão do Senhor dos Passos, no trajecto a passar à frente da Igreja de S. Domingos.
Aspecto parcial do Porto Interior, vendo-se atracado numa das pontes-cais um navio que transportava arroz para Macau.

(1) BGU, XXIX – 346, 1954.

Extraído de BGU, XLIV – 516. Junho de 1968.

Retirado da capa do Anuário de Macau de 1969

O mesmo Boletim, no seu nº 463/464, de 1964, noticiava o início das obras de ligação entre as duas ilhas no dia 1 de Janeiro de 1964.
NOTA: Beatriz Basto da Silva na sua “Cronologia da História de Macau” ( Volume 5, 1998) indica como data da inauguração oficial do istmo, o dia de 28-05-1968.
28-05-1968 – Inauguração oficial do istmo de 2200 metros de comprimento e 7 metros de largura, entre as ilhas da Taipa e Coloane. A ligação anteriormente era feita em lancha a motor. De uma ilha à outra demorava-se um quarto de hora e da Taipa a Macau mais trinta minutos, mas sempre com sujeição às marés e, naturalmente, às depressões tropicais.”

Artigo de Luís Gonzaga Gomes publicado no jornal “A Voz” e republicado no BGU, Fevereiro de 1953.