Archives for posts with tag: Associação Recreativa e Desportiva dos Deficientes de Macau – ARDDM

Uma outra recordação (1) da participação da delegação de Macau representada pela Associação Recreativa e Desportiva dos Deficientes de Macau – ARDDM – nos “THE FIFTH NATIONAL GAMES OF THE DISABLED OF THE PEOPLE`S REPUBLIC OF CHINA” que se realizaram de 6 a 14 de Maio de 2000, na cidade de Shanghai.

São treze envelopes comemorativos deste evento, todos diferentes, representando as 11 modalidades desportivas em competição e mais dois envelopes, representativos do dia da abertura e do dia de encerramento dos jogos. Todos os envelopes embora diferentes têm o mesmo selo da R.P. da China no valor de 80 分, com o carimbo evocativo.(excepto o envelope do encerramento)

Reproduzo os dois relativos à abertura (13-1) e encerramento dos jogos (13-13).

Envelope do primeiro dia (6.5.2000) , com selo e carimbo
Envelope do dia de encerramento (14-5.20025), com selo (sem carimbo)
Verso do envelope de 06-05-2000 – S.J.F (2000) 7 (13-1)
Verso do envelope de 14-05-2000 – – S.J.F (2000) 7 (13-13)

Também como recordação destes jogos, foi-me oferecido um pequeno livro (24,8 c x 24,1 cm x 0,9 cm), em chinês, contendo envelopes e selos emitidos pela República Popular da China, comemorativos dos anteriores ( e o presente) eventos desportivos relativos aos deficientes.

CAPA
Páginas 2-3
Páginas 4-5
CAPA + CONTRACAPA

(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2020/12/09/vestuario-desportivo-da-associacao-recreativa-e-desportiva-dos-deficientes-de-macau/

Ver anteriores referências em: https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/associacao-recreativa-e-desportiva-dos-deficientes-de-macau-arddm/

分 – mandarin pīnyīn: fēn; cantonense jyutping: fan. Unidade de moeda chinesa, em cantonense 仙 sin1, denominação semelhante ao avo em Macau.

Numa postagem anterior (1) apresentei uma mochila como lembrança da minha participação como elemento da comitiva macaense aos jogos “7th FESPIC Bangkok 99”, realizado na Tailândia, ente 10 e 16 de Janeiro de 1999.

Desse mesmo encontro desportivo como lembrança, fiquei ainda com uma camisola desportiva do tamanho “M” (camisola de algodão, com colarinho, de mangas curtas, em forma de T.) oferecida pela organização aos atletas, dirigentes e técnicos da “Associação Recreativa e Desportiva dos Deficientes de Macau” que representou Macau sob a bandeira do Leal Senado, nesse evento desportivo.

(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2018/04/14/lembranca-mochila-do-fespic-bangkok-99/

Equipamento desportivo – blusão e calças – da “Associação Recreativa dos Deficientes MACAU – CHINA” do ano 2000. A “Associação Recreativa e Desportiva dos Deficientes de Macau” (ARDDM)(1) foi fundada na década de 60 (século XX) por Leonel Borralho, e ,em 2000, era presidente,  António Fernandes e vice-presidente, Jorge Leitão Pereira.

(1) A denominação «ARDDM», em 2009, foi alterada para Comité Paraolímpico de Macau-China – Associação Recreativa e Desportiva dos Deficientes de Macau – China. (CPM ARDDM). https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/associacao-recreativa-e-desportiva-dos-deficientes-de-macau-arddm/


Um pino (pin), circular de 2 cm de diâmetro, oferecido por uma associação que se formou na década de 90 (século XX), se não me falha a memória (não me lembro do nome da associação), ligada a deficientes motores.
Na altura, já existia a “Associação Recreativa e Desportiva dos Deficientes de Macau” (ARDDM)(1) fundada na década de 60 (século XX) por Leonel Borralho, (2) e actualmente presidida por António Fernandes.

Pino por trás – mecanismo de fixação

(1) Ver anteriores referências à ARDDM / CPM ARDDM:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/associacao-recreativa-e-desportiva-dos-deficientes-de-macau-arddm/
(2) https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/leonel-borralho/ 

Mochila distribuída pela organização aos atletas, dirigentes e técnicos da Associação Recreativa e Desportiva dos Deficientes de Macau que participaram no encontro internacional denominado “7th FESPIC Bangkok 99” (1) (2), realizado na Tailândia, ente 10 e 16 de Janeiro de 1999.
O lema deste encontro foi “Equality in one world

Everyone has equal dignity and fundamental human rights.
Neither the disability nor difference in physics, mentallity,
and society will change the dignity of human.

Participaram 34 delegações num total de 2258 atletas em 15 modalidades desportivas.
A delegação de Macau sob a bandeira do Leal Senado, foi chefiada pelo Presidente da ARDDM António Fernandes e eu, vice-presidente como técnico da saúde.
Boa participação dos atletas macaenses conquistando 8 medalhas de ouro, 7 de prata, e 4 de bronze num total de 19 medalhas. (a 9.ª delegação mais medalhada; a primeira foi a China com 340 medalhas)
(1) JOGOS FESPIC (FESPIC GAMESThe Far East and South Pacific Games for the Disabled), foi a denominação do encontro desportivo, realizado de 4 em 4 anos, para os deficientes motores da região asiática e sul do Pacífico.
Iniciado em 1975 (na cidade de Oita, Japão) o último encontro com esta denominação foi em Dezembro de 2006 em Kuala Lumpur, Malásia. A partir de 2010 estes encontros passaram a estar em paralelo com os “Jogos Asiáticos” tendo adoptado a denominação de “Asian Para Games” (à semelhança dos Jogos Olímpicos e a seguir os “Jogos Paraolímpicos”). O 1.º com esta denominação foi em Guangzhou (Cantão), após os “16.º Jogos Asiáticos” nesta cidade. ARDDM participou em todos os encontros desde o 1.º,  em 1975.
(2) https://en.wikipedia.org/wiki/FESPIC_Games
https://en.wikipedia.org/wiki/1999_FESPIC_Games/a>
Anterior referência à Associação Recreativa e Desportiva dos Deficientes de Macau. (ARDDM) em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/associacao-recreativa-e-desportiva-dos-deficientes-de-macau-arddm/

Publicado no Boletim Oficial de Macau n.º 9 de 27-02-1954:
Foi fixada a residência na Ilha da Taipa, pelo prazo de quinze dias, ao sr. Leonel Milcíades dos Passos Borralho, correspondente dum jornal de Hong Kong, pelos abusos cometidos no noticiário que envia para esse jornal acerca de Macau e ainda pela circunstância de que se serviu para lançar nas colunas do jornal de que é correspondente notícias desprestigiantes para o Governo e Administração da Província, o que não pode passar sem o devido correctivo, tanto mais que o referido correspondente, é useiro e vezeiro em façanhas desta natureza. (1)

Era governador da província, Joaquim Marques Esparteiro (1951-1957) que não terá gostado duma notícia enviada por Leonel Borralho à agência UPI (2) de que era correspondente, sobre a explosão de uma bomba no Porto Interior, colocado por uma das seitas de Macau.

Leonel Milcíades dos Passos Borralho, (李安奴) jornalista, deputado da Assembleia Legislativa de Macau (1980-1984), foi proprietário e administrador da «Gazeta Macaense» (o 1.º número saiu a 30-09-1963) como semanário até 1966, depois bissemanário até 1971 e depois, diário (o único no território nessa data) até 1979 (?), Devido a doença deixou nesta data a direcção do diário passando a assumir o cargo de director-adjunto, João Severino. Presidente fundador da Associação Recreativa e Desportiva dos Deficientes de Macau. (ARDDM).

(1) MACAU Boletim Informativo, 1954.
(2) «United Press International», agência de notícias internacional fundada em 1907.
(3) A denominação ARDDM, em 2009, foi alterada para Comité Paraolímpico de Macau-China – Associação Recreativa e Desportiva dos Deficientes de Macau-China. (CPM ARDDM)