Archives for posts with tag: 1957

A começar em 3 de Outubro de 1957, com as sessões habituais, no Teatro Apollo, “emocionante filme tecnicolorido e falado em cantonense” “RODAN”, uma superprodução nipónica.

Espectáculo para maiores de 13 anos

Preços: $0,40; $0,60; $0,80; $1,00; $1,20; militares em graduação $1,00

Folheto impresso na “Tipografia Kai Meng (Rua dos Mercadores, n.º 123, Tel. 2637)

Rodan” (Japonês: 空の大怪獣ラドン,  Sora no Daikaijū Radon, tradução em inglês:  ”Giant Monster of the Sky Rodan”) é um filme colorido de 1956, dos estúdios japoneses (Toho Studios), dirigido por Ishirō Honda, com os efeitos especiais de Eiji Tsuburaya. Actores:  Kenji Sahara e Yumi Shirakawa. Estreado nos EUA em 1957 com o título “Rodan! The Flying Monster!. https://en.wikipedia.org/wiki/Rodan_(film)

PRÓXIMA MUDANÇA: “Rosto engraçado” (“Funny Face”) que se estreou no dia 10 de Outubro de 1957, é um filme musical americano de 1957, dirigido por Stanley Donen, escrito por Leonard Gershe, contendo canções de George e Ira Gershwin, e os actores Fred Astaire, Audrey Hepburn e Kay Thompson.

Para o dia 26 de Setembro de 1957 (um só dia) no Teatro Capitol, o filme “LIZZIE”, espectáculo para maiores de 18 anos. Folheto de cinema só impresso o argumento na frente.

Filme da «MGM Studios»,de 1957, drama (film noir) dirigido por Hugo Haas, baseado na novela de 1954 “The Bird’s Nest” de Shirley Jackson. A actriz Eleanor Parker interpreta uma mulher com três personalidades e o actor Richard Boone como psiquiatra. Outros actores: Joan Blondell, Hugo Haas, Ric Roman, e pela primeira vez no ecrã o cantor Johnny Mathis (interpretando um cantor ao piano). A segunda canção que canta no filme, “It’s Not for Me to Say,” (1) foi um sucesso de vendas. https://en.wikipedia.org/wiki/Lizzie_(1957_film)

(1) “It’s Not for Me to Say” da autoria de Robert Allen e Al Stillman, composta para o filme «Lizzie» (bem como a primeira canção do filme “,Warm and Tender” cantadas por Johnny Mathis no filme), foi um dos discos da «Columbia Records» de maior venda nesse ano de 1957 e depois incluída no 5.º álbum do cantor “Johnny’s Greatest Hits”. https://www.youtube.com/watch?v=b7xyAM7uF6I

A começar em 30 de Agosto de 1957, no Teatro Apollo, o filme “A História de Buster Keaton”, espectáculo para maiores de 13 anos.

Impresso a vemelho em fundo branco (1)

Conforme indica o título do filme, trata-se duma versão cinematográfica, biográfica (romanceada, com dados incorrectos) da vida atribulada do actor Buster Keaton. Filme de 1957, dirigido por Sidney Sheldon para a “Paramount Pictures”com argumento de Sidney Sheldon e Robert Smith e com os actores: Donald O’Connor (no papel de Buster Keaton), Ann Blyth, Rhonda Fleming, Peter Lorre, Larry Keating e Jackie Coogan.

https://en.wikipedia.org/wiki/The_Buster_Keaton_Story

NOTA: Actualização do preçário: $0.50, $0.80, $1.00, $1.20, $1.50 e para militares em graduação $1.00.

Anúncios para as próximas mudanças: “That´s my Boy” da dupla Martin e Lewis para o dia 3 de Setembro; “Oklahoma” para o dia 4 de Setembro (2) e BREVEMENTE “Ilha Ao Sol”   

Island in the Sun” filme (drama) de 1957 produzido por Darryl F. Zanuck e dirigido por Robert Rossen, basedo numa novela de 1955 de Alec Waugh. Actores: James Mason, Harry Belafonte, Joan Fontaine, Joan Collins, Dorothy Dandridge, Michael Rennie e Stephen Boyd. https://en.wikipedia.org/wiki/Island_in_the_Sun_(film)

(1) Impresso na Tipografia “Kai Meng” na Rua dos Mercadores n.º 123, Tel. 2637.

(2) Filme estreado em finais de Janeiro de 1957 no Teatro Capitol: https://nenotavaiconta.wordpress.com/2019/01/25/noticia-de-25-de-janeiro-de-1957-folheto-de-cinema-teatro-capitol-xlv-the-golden-blade/

A começar em 24 de Agosto de 1957, mais um filme da dupla “Abbott e Costello” – “DANCE WITH ME, HENRY”, espectáculo para maiores de 13 anos.

Dance with Me, Henry”, comédia de 1956, ultimo filme da dupla Bud Abbott e Lou Costello, num total de 36 filmes (oficialmente separaram-se em Julho de 1957). Filme dirigido por Charles Barton com argumento de Devery Freeman, numa produção independente de Bob Goldstein (distribuído pela United Artists.) Contracenaram com a actriz Gigi Perreau. https://www.imdb.com/title/tt0049120/

BREVEMENTE: “The Village” – filme de 1953 (em Portugal “Aldeia Branca”) acerca dos órfãos da II Grande Guerra, cerca de 200 crianças de todas as partes da Europe, retidas numa aldeia nos Alpes da Suíça. Filme dirigido por Leopold Lindtberg, argumento de Kurt Früh com os actores principais John Justin, Eva Dahlbeck e Sigfrit Steiner.

Foreign Intrigue”- filme americano de espionagem, de 1956, escrito, produzido e dirigido por Sheldon Reynolds com os actores Robert Mitchum,  Geneviève Page e Ingrid Thulin. https://www.imdb.com/video/vi1979892505/?ref_=tt_vi_i_1

A começar em 21 de Junho de 1957, estreia do filme “The Incredible Shrinking Man” (em Macau, “ O Anão”). Espectáculo para maiores de 13 anos.

The Incredible Shrinking Man”: filme de ficção científica, americano de 1957, é dirigido por Jack Arnold baseado numa novela de 1956, de Richard Matheson, “The Shrinking Man”, com os actores Grant Williams e Randy Stuart. (https://en.wikipedia.org/wiki/The_Incredible_Shrinking_Man)

BREVEMENTE: “Tarzan and the Lost Safari: “O primeiro filme do género em tecnicolorido e cinemascópio. Produção da MGM.” Ver em: https://nenotavaiconta.wordpress.com/2013/02/24/folheto-de-cinema-teatro-capitol-v-filmes-de-tarzan-i/

Ten Thousand Bedrroms” : “Primeiro filme de Dean Martin sem o cómico Lewis.” Ver em: https://nenotavaiconta.wordpress.com/2019/07/12/noticia-de-12-de-julho-de-1957-folheto-de-cinema-teatro-capitol-l-ten-thousand-bedrooms/

Verso do folheto de cinema do Teatro Apollo, do dia 15 de Junho de 1957 (“Bundle of Joy”, com os actores Eddie Fisher e Debbie Reynolds, casal de artistas em ascensão cinematográfica nessa década) em que apresenta os anúncios de reposições de filmes já estreados, com um preço mínimo de 30 avos para os dias 18 de Junho: “The King and I” (O Rei e Eu); 19 de Junho “D-Day the Sixth of June” (Dia D-6 de Junho) e 20 de Junho: “The Ungarded Moment” (O Jovem Delinquente) e para o dia 21 de Junho, estreia de “The Way to The Gold” (O Caminho para o Oiro).

Filme musical de 1956, da “20th Century-Fox”, dirigido por Walter Lang e produzido por Charles Brackett e Darryl F. Zanuck.

Argumento de Ernest Lehman baseado no musical “The King and I” de 1951, de Richard Rodgers e Oscar Hammerstein II, por sua vez baseado no livro de 1944 “Anna and the King of Siam” de Margaret Landon (novela baseado nas memórias de Anna Leonowens que foi professora dos filhos do Rei  Mongkut de Sião nos princípios da década de 1860). Actores: Yul Brynner, Deborah Kerr, Rita Moreno e Martin Benson. O filme, bem aclamado pela crítica e com grande sucesso comercial, esteve nomeado para 9 “óscares” tendo ganho 5, incluindo Yul Brynner como melhor actor.

Trailers: https://www.youtube.com/watch?v=Z9L_lilJKQQ https://www.youtube.com/watch?v=HvbZNxZFn-g https://www.youtube.com/watch?v=QgVPnWmUqd4

A começar em 25 de Maio de 1957, no Teatro Capitol, o filme “The Brave One”, com as três sessões habituais. Folheto anunciando o novo precário dos bilhetes.  

The Brave One” é um filme, drama, de 1956 dirigido por Irving Rapper com os actores  Michel Ray, Rodolfo Hoyos Jr. e Elsa Cárdenas. Ganhou um óscar por “Melhor História”  (foi o ultimo filme nesta categoria que foi abolida posteriormente). Foi nomeado também para “Melhor Edição” e “Melhor Gravação de Som”

BREVEMENTE: “The Opposite Sex” é um filme americano, comédia musical de 1956, em “Metrocolor e “CinemaScope”. É dirigido por David Miller com os actores: June Allyson, Joan Collins, Dolores Gray, Ann Sheridan, Ann Miller, Leslie Nielsen, Jeff Richards, Agnes Moorehead, Charlotte Greenwood, Joan Blondell, e Sam Levene. Trata-se de uma nova versão dum filme de 1939, “The Women”, ambos baseados duma peça teatral de 1936, de Clare Boothe Luce.

Duas imagens da actividade cultural com legendas, provavelmente do mês de Maio de 1957,   publicadas no «BGU», XXXIII- 304, Junho de 1957, pp. 301-305.

Continuação da apresentação da colecção de 12 postais (18,5 cm x 12,7 cm) com fotografias do fotógrafo Lei Iok Tin, editada pela Fundação Macau e Centro UNESCO de Macau (1)

Duas fotografias, datadas de 1954 e 1957

(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2022/04/24/postais-fotografias-de-lei-iok-tin-i/

.

A começar em 22 de Fevereiro de 1952,no Teatro Capitol, o “emocionante filme” “Tea and Sympathy”, com as sessões habituais. No folheto, está corrigido, a tinta azul, a classificação do filme: de 13 anos para “Espectáculo para maiores de 18 anos

Tea and Sympathy”, filme (drama) americano de 1956, adaptado duma peça teatral de Robert Anderson (1) de 1953, dirigido por Vincente Minnelli e produzido por Pandro S. Berman para a “MGM” em “Metrocolor”. Os actores: Deborah Kerr, John Kerr e Leif Erickson (com os mesmos papéis na peça teatral) e em papeis secundários: Edward Andrews, Darryl Hickman, Norma Crane, Tom Laughlin, e Dean Jones.

BREVEMENTE: “Bend of the River”, filme (western) de 1952, dirigido por Anthony Mann com os actores: James Stewart, Arthur Kennedy, Julie Adams, e Rock Hudson.

(1) Robert Anderson, autor da peça teatral foi também argumentista deste filme. Devido à censura imposta pelo “Motion Picture Production Code”, a homossexualidade nunca foi pronunciada no filme.

Trailers do filme “Tea and Sympathy”: https://www.youtube.com/watch?v=3nPIvXomwq4 https://www.dailymotion.com/video/x48axxa

Trailers do filme “Bend of the River”: https://www.youtube.com/watch?v=hVe1-wxCUqk https://www.youtube.com/watch?v=cfa6dEYSVrU