Archives for category: Néno

Assi azinha, ung´a ano já passá

Más unga vêla, já sandê

Virá mám, virá ôlo, gurunhá

Neno sai có, mán mán más crescê

Destung’ a ano, nunca más lembrá

Iou qui pensám, muto medo morê

Vento suzo, vento-china, malínguá

Parece têm vida;  pussá bafado, tossê

Non sã savan, sã non bicho, respirá

Siguí órde, tudo cofiná, na casa já retê

Tánto-tánto gente logomente mâm-mâm lavá

Usá bôbo, já tirá, lavá rópa di rua… Qui ramêde

Nhónha azinha já comprá papel pra rabiósque limpá

Unga, vai Sé, pedi Siára di Fátima, vêla sandê

Outrunga corrê Miu dessá pivete no San Chi Pá

Muto tanto fica murum, cabeça sofrê

Mestre-china, logo vai mizinha receitá

Savanado, iou sã casa fichado nada fazê

Destunga laia, ismirado, non pódi pandegá

Calado-calado, perdê juízo, cai pê –mám

Tem tánto sapeca non pódi gastá.

Paxá non podi, tánto-tánto consumiçam

Cofinado, pedí vacina logomente apanhá

Gáridona azinha vai rua companhá cám.

Pandemia cavá, 

ninguim pôde isquecê.

Cabeça lembrá,

Afastá…afastá…

Ano assi azinha zaprecê

Quelóra lembrá, neno fechá ano-ano,
Meo di Dizémbro, tánto alegria.
Saicó já fazê oito ano-ano.
Grandi festa pra suprá oito cera candia,
Más comida sabroso di Natal. (1)

Pát sôi,  qui sórte – fát ch´ói
Tanto ancuza china-china já falá.
Sãm oito santo-santo taoistas,
Gandi Confúcio su oito tesouros,
Sãm oito trigramas de Pakuá,
Pilares do céu sãm oito ouros,
Tudo Fong Soi já incachá.

Iou uví falá ditado china
“Oito sãm vida di macho home” (2)

Oito tamêm Neno dâ lembrança
Lembrá qui lembrá di nosotro tempo antigo:
Scola Primária Central, criançada,
Lembrá Pofessô Rosário, si nâm sabi liçãm,
Quadro pêto, giz branco, pano suzo pra apagá,
Nâm respondê céto, régua na mám.

Lembrá terra batida, recreio pra brincá,
Pátio di areia, muto joelho esfolá,
Jogá tálu,  batê kong chái chi, lança triól.
Chai feng quelê primero começá,
Jogá bola, pontapé bola, gritá Gól.

Otrung´a vànda, raparigas bonita
Jogo cinco saquinhos, atirá.
Saltá cordas, saltá tapa, bola batida
Fazê Tiu Lám, chiquia de jogá.

Tãm difrente hoze brincá.

(1) Mais uma vez os meus agradecimentos à amiga Diana pela empada, coscurões e fartes,  iguarias macaenses da quadra natalícia.
Ver anterior referência aos significados das iguarias macaenses próprios do Natal:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2017/12/25/merenda-e-consoada-de-natal-iguarias/
(2) A vida do homem é regido pelo número 8. Aos 8 meses obtém dentes de leite; aos 8 anos ele perde-os; aos 2×8 anos de idade torna-se um homem e aos 8×8 anos de idade torna.-se incapaz de procriação.
EBERHARD, Wolfram – A Dictionary of Chinese Symbols, 1993.

Natal já sã ontem
Azinha-azinha ano passá
Otrung´a ano mais ta sai
… e assí  azinha sete anos já chegá

nenotaivaiconta
Tá bemfêto… tá malfêto
Iou nâm sabe, bonito iou achâ
Unsóm isquevê más bêm-fêto
Assí chapâ, más bom postâ

Iou co muto tanto pacencia
Létra a letra já isquevê
Tánto-tánto papel já esfolâ
Redaçam bôm, já escolhê
Olâ olâ sabe, já copiá
Foto bonitéza, nunca na isquecê
Chegâ hora, tudo juntado, imprensâ

Assi pra nâm engalinhá
Só desejá bom vento colhê
E rezá, pedi pa Dios ung´a ano más

nenotavaiconta sã assi, j´olá?

Azinha-azinha

Assi azinha vida corê
Natal mas unga vez já chegâ
Minino Jesus renascê
Unga mas ano já passâ

Destung´a manéra

Neno lembrá, isquecê nâm
Blogue fazê ano, espevitâ
OU MUN CAI no coracâm
Festa di fichâ ano, comemorâ

Estung´a ano

Sã assi qui neno festejâ
Sês ano. Qui contente
Lenga- lenga cumpridám
Estórias más quanto cento
Muto tanto papiaçám
Mâz nádi pedente

Masqui seza sã unga Blogue namás
Cinco anos tã garidona já festejá
vivencias-5-anos-do-blogueFichâ ano, unga ano más
Ronça vem, ronça vai,
Cada vez más papel, más livros
Muto noticias pra apontá
azinha azinha já isquevê
Vinte cento “Post” fora já chegá
Más bôm, três cento, iou muto querê
Sô unchinho namás
Iou vai logo muto caprichá.

vivencias-5-anos-do-blogue-ii

HOZE LEMBRÁ FAZÊ ANOS – 26-12-2015
 
VELA DOS 4 ANO IChai-chai nenotavaiconta
fazê anos, hoze lembrá
quatri anni já tem.
Dia filiz, dia di  festa
soprá vela, lôgo cantá.
 
Estunga blogue
divera já  crecê.
Papiá vêm, papiá vai
dia-dia já postá unga màs.
Iou nádi isquecê.

VELA DOS 4 ANO IISã  muto post,
Iou tudo ta vai notá.
Pegá livro, fólia, image,
pôe ôclo grôsso-grôsso
Pã fazê todos lembrá.
 
Muto quebrá cabéça
tim tim pa tim tim já ixplicá.
Destunga laia neno torná crescê
muto tanto más bom.
Otrung´a ano começá.

HOZE SÂM DIA DI FESTA

Um ano más, azinha-azinha
Já acabá.   …     Otrung´a ano …
Chega Natal, assi azinha
nenotavaicontá
Fazê festa de fechá ano

Otrung´a ano más… e sã assi
Iou agradecê muto vôs companhâ
Vôs leitura, vôs coraçam grándi
Iou muto tanto quelê
Más e más gente olâ, priguntâ

Iou vai continuá, destung´a laia
Revelá Macau pra muto gente
Pra vôs estunga jornaleco laia-laia
nenotavaicontá
Festejá muto tanto contente

Nôs nâm sã bafo di âde
Chegâ—ora, ung´á estória divulgá
Iou querê só larga bagáte
P´ra vôs, olá tudo-óra
nenotavaicontá

Ôlo batê-batê  lógomente
Sentá-sentá unga ano más …

N´unga dia, muto tanto livros procurá,
papel vêlo, chuchumequices, registá,
cusa laia-laia di Macau, virâ vê.
N´otrunga dia, notícias, estórias rabiscá ,
tipâ computador, caprichá,
          nenotavaicontá isquevê.

Já sandê três velas e suprá,
nuncassá gabarolá.
Minino Néno nã más gatinhá,
já sã capaz sózinho andá.

Masqui séza pichote
sã capaz di crescê más grandi
querê más inspiraçam
Assi azinha-azinha muto pedi
corrê por pivete no pagode
vai igrêja rezá oraçam

Hoze, sâm dia di festa
P´ra estung`a bôm filo di Macau

   E assim se comemora três anos deste Blogue.

Neno ta vai conta, nôn sâm p´a brincâ

Ung´a ano já passâ
Estória, posia, livro, pintura
Tanta coisa vêlo iou já gafinhâ
cantinela, rabucénga, cinematógrafo
Tánto-tánto papel já rabiscâ
bugiganga , boboriça, florestia
tim-tim pa tim-tim tudo já explicâ

Sã lenga-lenga di Macau
Nadi ezazerâ
………………..e nadi isquecê
Sã verdades, nâm inventaçam
Macau di nosso coraçám
………………..nosotro mui querê

Gente-gente batê palmas
Fila-Fila  querê mais,
………………………..vasculiâ
Nhum Nhum agradecê
Otrong´a bóca grándi sem vergónha,
………………………..já copiâ

Iou logo vai gardecê vosotro
Chuchumecá estunga blogê
Iou prometê, logo capaz labità,
Falâ vai, falâ vem… isquevê