Archives for category: Folhetos de Cinema

A começar em 21 de Junho de 1957, estreia do filme “The Incredible Shrinking Man” (em Macau, “ O Anão”). Espectáculo para maiores de 13 anos.

The Incredible Shrinking Man”: filme de ficção científica, americano de 1957, é dirigido por Jack Arnold baseado numa novela de 1956, de Richard Matheson, “The Shrinking Man”, com os actores Grant Williams e Randy Stuart. (https://en.wikipedia.org/wiki/The_Incredible_Shrinking_Man)

BREVEMENTE: “Tarzan and the Lost Safari: “O primeiro filme do género em tecnicolorido e cinemascópio. Produção da MGM.” Ver em: https://nenotavaiconta.wordpress.com/2013/02/24/folheto-de-cinema-teatro-capitol-v-filmes-de-tarzan-i/

Ten Thousand Bedrroms” : “Primeiro filme de Dean Martin sem o cómico Lewis.” Ver em: https://nenotavaiconta.wordpress.com/2019/07/12/noticia-de-12-de-julho-de-1957-folheto-de-cinema-teatro-capitol-l-ten-thousand-bedrooms/

Verso do folheto de cinema do Teatro Apollo, do dia 15 de Junho de 1957 (“Bundle of Joy”, com os actores Eddie Fisher e Debbie Reynolds, casal de artistas em ascensão cinematográfica nessa década) em que apresenta os anúncios de reposições de filmes já estreados, com um preço mínimo de 30 avos para os dias 18 de Junho: “The King and I” (O Rei e Eu); 19 de Junho “D-Day the Sixth of June” (Dia D-6 de Junho) e 20 de Junho: “The Ungarded Moment” (O Jovem Delinquente) e para o dia 21 de Junho, estreia de “The Way to The Gold” (O Caminho para o Oiro).

Filme musical de 1956, da “20th Century-Fox”, dirigido por Walter Lang e produzido por Charles Brackett e Darryl F. Zanuck.

Argumento de Ernest Lehman baseado no musical “The King and I” de 1951, de Richard Rodgers e Oscar Hammerstein II, por sua vez baseado no livro de 1944 “Anna and the King of Siam” de Margaret Landon (novela baseado nas memórias de Anna Leonowens que foi professora dos filhos do Rei  Mongkut de Sião nos princípios da década de 1860). Actores: Yul Brynner, Deborah Kerr, Rita Moreno e Martin Benson. O filme, bem aclamado pela crítica e com grande sucesso comercial, esteve nomeado para 9 “óscares” tendo ganho 5, incluindo Yul Brynner como melhor actor.

Trailers: https://www.youtube.com/watch?v=Z9L_lilJKQQ https://www.youtube.com/watch?v=HvbZNxZFn-g https://www.youtube.com/watch?v=QgVPnWmUqd4

A começar em 25 de Maio de 1957, no Teatro Capitol, o filme “The Brave One”, com as três sessões habituais. Folheto anunciando o novo precário dos bilhetes.  

The Brave One” é um filme, drama, de 1956 dirigido por Irving Rapper com os actores  Michel Ray, Rodolfo Hoyos Jr. e Elsa Cárdenas. Ganhou um óscar por “Melhor História”  (foi o ultimo filme nesta categoria que foi abolida posteriormente). Foi nomeado também para “Melhor Edição” e “Melhor Gravação de Som”

BREVEMENTE: “The Opposite Sex” é um filme americano, comédia musical de 1956, em “Metrocolor e “CinemaScope”. É dirigido por David Miller com os actores: June Allyson, Joan Collins, Dolores Gray, Ann Sheridan, Ann Miller, Leslie Nielsen, Jeff Richards, Agnes Moorehead, Charlotte Greenwood, Joan Blondell, e Sam Levene. Trata-se de uma nova versão dum filme de 1939, “The Women”, ambos baseados duma peça teatral de 1936, de Clare Boothe Luce.

500 exemplares – impressão das letras a verde

Estreou-se no dia de 17 de Maio de 1956, no Teatro Império, o filme “Storm Fear”, (1) filme americano de 1955, dirigido por Cornel Wilde (primeira realização deste actor), com os actores, o próprio director, Jean Wallace e Dan Duryea. Argumento baseado na novela de Clinton Seeley publicada em 1954. https://en.wikipedia.org/wiki/Storm_Fear

PRÓXIMA MUDANÇA: “Tower of Lust” (título original “La Tour de Nesle”) filme (drama) franco-italiano, de 1955, dirigido por Abel Gance, com os actores: Pierre Brasseure e Silvana Pampanini. https://en.wikipedia.org/wiki/Tower_of_Lust

BREVEMENTE: “Intermezzo”. Folheto de cinema deste filme que foi estreado em 24 de Maio de 1956, já foi postado em: https://nenotavaiconta.wordpress.com/2019/05/24/noticia-de-24-de-maio-de-1956-folheto-de-cinema-teatro-imperio-x-intermezzo/

(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2022/05/15/noticia-de-15-de-maio-de-1956-folheto-de-cinema-teatro-imperio-xvii-the-prisioner/

A começar em 15 de Maio de 1956, (1) no Teatro Império, o filme “The Prisoner

The Prisoner” é um filme britânico de 1955, a preto e branco, catalogado como um “thriller psicológico”, dirigido por Peter Glenville, baseado numa peça teatral de Bridget Boland, com os actores Alec Guinness e Jack Hawkins. Nomeados para os prémios da “BAFTA” (Academia Britânica das Artes , Filme e Televisão), de 1956, em cinco categorias: melhor filme britânico, melhor filme de qualquer origem, melhor actor (Alec Guinness e Jack Hawkins) e melhor argumento (Bridget Boland)

PRÓXIMA MUDANÇA: “Storm Fear”, filme Americano de 1955, dirigido por Cornel Wilde (primeira realização deste actor), com os actores, o próprio director, Jean Wallace e Dan Duryea. Argumento baseado na novela de Clinton Seeley publicada em 1954

BREVEMENTE: “Tower of Lust” (título original “La Tour de Nesle”) filme (drama) franco-italiano, de 1955, dirigido por Abel Gance, com os actores: Pierre Brasseure e Silvana Pampanini, https://en.wikipedia.org/wiki/Tower_of_Lust

(1) Ver postagem de 11 de Maio de 1956.

A começar em 11 de Maio de 1956, no Teatro Império, com as três sessões diárias habituais, o filme “I am a Camera

500 exemplares – letras em azul

Filme de 1955, comédia/drama britânico, dirigido por Henry Cornelius, argumento de  John Collier e baseado no livro “The Berlin Stories” de Christopher Isherwood e na peça teatral de 1951 com o mesmo título de John Van Druten. (1)

Actores: Laurence Harvey (no papel de Christopher Isherwood) e Julie Harris (no papel Sally Bowles) que receberia o “Tony Award” de melhor actriz.

Foi considerado o filme mais popular pelo “British box office” de 1955. (2)

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=T811D04Pso0

PRÓXIMA MUDANÇA : “The Prisoner”. Este filme estreou-se no dia 15 de Maio de 1956 (ver próxima postagem nesse dia)

(1) Baseado nas mesmas fontes, Bob Fosse realizaria “Cabaret” em 1972 (com grande exito), argumento de Jay Allen, com os actores Liza Minnelli (no papel de Sally Bowles), Michael York e Joel Grey.

(2) https://en.wikipedia.org/wiki/I_Am_a_Camera_(film)

A começar em 20 de Abril de 1956 e após as obras de alargamento da tela (nos dias 18 e 19 de Abril), para poder projecção em cinemascópio, estreou-se no Teatro Capitol o “excitante filme em Cinemascópio da M.G.M.” – «Quentin Durward».

Com as obras, houve uma actualização do preço dos bilhetes para este filme, sendo o mínimo de $ 0.60 (sessenta avos) e o máximo de $1.80 patacas

The Adventures of Quentin Durward” ou “Quentin Durward” filme britânico de 1955, de “M.G.M.”, dirigido por Richard Thorpe e produzido por Pandro S. Berman. O argumento é de Robert Ardrey, adaptado por George Froeschel da novela histórica de Sir Walter Scott, publicada originalmente em 1823, centrada na história do arqueiro escocês ao serviço de rei francês Luís XI (1423 – 1483).

É o terceiro filme do mesmo director e produtor com o actor Robert Taylor (o primeiro «Ivanhoe» de 1952 e o segundo «Knights of the Round Table» de 1953), todos filmados nos estúdios londrino da M.G.M.

https://en.wikipedia.org/wiki/The_Adventures_of_Quentin_Durward https://en.wikipedia.org/wiki/Quentin_Durward Trailers: https://www.facebook.com/watch/?v=537039787290203 https://www.youtube.com/watch?v=808AGaILKIM

PRÓXIMA MUDANÇA : «Kismet» filme musical/comédia americano de 1955, dirigido por Vincent Minnelli e produzido por Arthur Free, foi filmado em «CinemaScope» e «Eastmancolor» e distribuído por «Metro-Goldwyn-Mayer». Baseado na peça teatral musical «Kismet» de 1953, de Edward Knoblock.

https://en.wikipedia.org/wiki/Kismet_(1955_film)

A começar em 15 de Abril de 1956 no Teatro Capitol o “excitante filme em Superescópio da R-K.O” – Bengazi.

No início do folheto um aviso da gerência:  “A GERÊNCIA DESTE TEATRO COMUNICA AOS SEUS ESTIMADOS FREGUESES QUE NÃO HAVERÁ SESSÕES CINEMATOGRÁFICAS NOS DIAS 18 E 19 DO CORRENTE EM VIRTUDE DE ESTAR EM CURSO OBRAS DE ALARGAMENTO DA TELA

«Bengazi» filme americano (aventura/romance), de 1955, sobre aventureiros que procuram um avultado tesouro no Norte de África, perto da cidade líbia de Bengazi.

PRÓXIMA MUDANÇA – “Quentin Durward”, filme com estreia a 20 de Abril, (ver postagem no próximo dia) após as obras de adaptação da tela para permitir a projecção do ”cinemascópio”

A começar em 11 de Abril de 1958 no Teatro Apollo, o “emocionante filme em cinemascópio” – “Peyton Place”

Peyton Place”, filme (drama) americano de 1957 com os actores: Lana Turner, Hope Lange, Lee Philips, Lloyd Nolan, Diane Varsi, Arthur Kennedy, Russ Tamblyn, e Terry Moore. Dirigido por Mark Robson, baseado na novela de 1956 de Grace Metalious e com música de Franz Waxman.

Foi nomeado (não ganhou nenhum) para 9 categorias do “ Academy Awards” (Óscar de 1958) e foi em 1957, o filme que mais receita arrecadou.

Trailers: https://www.youtube.com/watch?v=SpvHuNghD0k https://www.youtube.com/watch?v=2WYjo-Wrd2w

PRÓXIMA MUDANÇA –  “The Gift of Love” (A Dádiva de Amor) – filme (drama em cinemascope) americano de 1958, dirigido por Jean Negulesco com os actores: Lauren Bacall e Robert Stack e baseado num conto “The Little Horse” de Nelia Gardner.

https://en.wikipedia.org/wiki/The_Gift_of_Love; Trailers: https://www.youtube.com/watch?v=_tPFGvoSntc

 BREVEMENTE”The Joker is Wild” estreado em Macau no dia 23 de Maio de 1958. Já postado em 23 de Maio de 2018: https://nenotavaiconta.wordpress.com/2018/05/23/noticia-de-23-de-maio-de-1958-folheto-de-cinema-teatro-apollo-xl-mais-um-filme-de-frank-sinatra/

A começar a 24 de Março de 196 7, no Teatro Nam Van, o filme “For a Few Dollars More” (em Macau, recebeu o nome de “A Cobiça”) – “Por uns Dólares a Mais”

For a Few Dollars More”, estreado em Itália em 1965 (“Per qualche dollaro in più”), e internacionalmente em inglês, em 1967, o chamado 2º «western spaghetti» da trilogia (1) dirigido por Sergio Leone com os actores Clint Eastwood, Lee Van Cleef e Gian Maria Volonté e produção conjunta italiana, alemã  e espanhola. Em papel secundário, o actor alemão (depois famoso) Klaus Kinski.

Verso – argumento em chinês

(1) O 1.º da trilogia foi “Por um Punhado de Dólares”(“A Fistful of Dollars”), um filme com a mesma produção, de 1964, dos gêneros ação, faroeste e suspense, dirigido por Sergio Leone e estrelado por Clint Eastwood em seu primeiro papel principal, ao lado de Gian Maria Volontè. O 3.º de 1966, seria “The good, the bad and the ugly””, também com Clint Eastwood. Coletivamente, os três filmes são conhecidos como “Trilogia dos Dólares”, ou “Trilogia do Homem sem Nome”. Os três filmes foram lançados em sequência nos Estados Unidos em 1967. https://pt.wikipedia.org/wiki/Por_um_Punhado_de_D%C3%B3lares https://en.wikipedia.org/wiki/For_a_Few_Dollars_More

Trailers do filme: https://www.imdb.com/title/tt0059578/ https://www.youtube.com/watch?v=yyV_eb3p3Zw https://www.youtube.com/watch?v=0JPnR7C8mZQ