Archives for category: Folhetos de Cinema

Como referi na postagem anterior do dia 17 de Janeiro, começou neste dia de 25 de Janeiro de 1969, a exibir no écran do teatro Vitória, o filme ”Where Angels Go … Trouble Follows”, espectáculo para maiores de 6 anos.

Where Angels Go …  Trouble Follows”, comédia de 1968 dirigido por James Neilson com as actrizes, Rosalind Russell, Stella Stevens e Binnie Barnes, (1) tem argumento de Blanche Hanalis, baseado numa história de Jane Trahey acerca duma viagem de freiras do colégio de St. Francis.

https://en.wikipedia.org/wiki/Where_Angels_Go,_Trouble_Follows

(1) O filme é uma sequela do anterior filme de 1966, “ The Trouble with Angels”, com as mesmas actrizes representando as mesmas personagens e foi dirigido por Ida Lupino.

A começar de 21 de Janeiro de 1969 no teatro “Nam Van”, o filme “BOOM”  do então casal Elizabeth Taylor e Richard Burton, para maiores de 17 anos.

“BOOM!” Filme de 1968, britânico, drama dirigido por Joseph Losey adaptado da peça teatral de Tennessee Williams, “The Milk Train Doesn’t Stop Here Anymore” com os actores Elizabeth Taylor, Richard Burton, Noël Coward, Joanna Shimkus e Michael Dunn. https://en.wikipedia.org/wiki/Boom!_(film)

Verso do folheto, argumento em chinês

Ghosts – Italian Style”, filme de 1967, dos estúdios italianos (título: “Questi fantasmi”) produzido por Carlo Ponti e dirigido por Renato Castellani com os actores: Sophia Loren, Vittorio Gassman, Marcello Mastroianni e Aldo Giuffré. Argumento de Adriano Baracco, Leonardo Benvenuti, e Piero De Bernardi, baseado numa peça teatral de Eduardo De Filippo   (“Questi fantasmi”). (https://en.wikipedia.org/wiki/Ghosts_%E2%80%93_Italian_Style)

BREVEMENTE: o filme “Where angels go . . . . trouble fellows” a começar em 25 de Janeiro de 1969 – ver postagem do próximo dia 25 de Janeiro.

A começar em 11 de Janeiro de 1967, no teatro Nam Van, o espectáculo para maiores de 17 anos “The Forbidden Universe”, “traduzido” em Macau para “Viagem à Volta do Mundo” (?) – “viagem feita por um indivíduo à volta do mundo à procura de belezas feminina”

Filme italiano de 1964, “Universo Proibito” (também conhecido como “Mondo Balordo”– “A Fool’s World”) dirigido por Roberto Bianchi Montero (1) no estilo documentário (pseudo-documentário – documentário de ficção) ) focando  actuações internacionais dos clubes nocturnos e seus artistas.

The artwork is based on the original Italian poster image by “MOS”, aka Mario De Berardinis.

No verso do folheto, o argumento do filme, em chinês. (2)

(1) Roberto Bianchi Montero, (1907-1986), italiano; director e argumentista de filmes de várias temáticas, a maioria de baixo orçamento, do género melodrama, “spaghetti westerns”, comédias “sexy” ao estilo italiano. Filmografia: director (63); argumentista  (34); actor (17) e produtor(1). (https://m.imdb.com/name/nm0080576/filmotype)

(2) Recordo que a partir de 1 de Novembro de 1966, o Teatro Nam Van passou a emitir no mesmo folheto, o resumo do filme em duas versões: em português (frente) e em chinês (no verso). Digo duas versões pois não eram a tradução uma da outra, o que leva a pensar serem de autoria diferente. Antes dessa data o mesmo teatro publicava dois folhetos independentes: um em português e outro em chinês. https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/11/07/folheto-de-cinema-teatro-nam-van-iii/

A começar no último dia do ano de 1960, 31 de Dezembro, o “filme de categoria excepcional” “PSYCHO”, do magistral Alfred Hitchcock.

Lembro muito bem, no átrio de entrada do teatro Apollo, onde se controlava o bilhete de entrada, encontrava-se encostado a um pilar, um placar (cerca 70 cm x 40 cm) com o seguinte aviso:

Psycho”, filme de 1960, (estreia a 16 de Junho, na cidade de Nova Iorque) um tríler /psicológico do director e produtor Alfred Hitchcock, considerado um dos melhores filmes deste director e sem dúvida o seu mais famoso trabalho. Argumento de Joseph Stefano, baseado numa novela de 1959 de Robert Bloch-

Actores principais: Anthony Perkins, Janet Leigh, Vera Miles, John Gavin e Martin Balsam. Música de Bernard Herrmann. Distribuído pela « Paramount Pictures». Custou $806,947 (dólares) na produção e arrecadou após estreia, $50 milhões.

Foi nomeado para 4 categorias dos “Óscares” da Academia incluindo melhor actriz secundária (Janet Leight) e Melhor director (Alfred Hitchcock)

https://en.wikipedia.org/wiki/Psycho_(1960_film)

PRÓXIMA MUDANÇA: “Pay or Die”, filme americano (dramatização biográfica do oficial de  polícia de Nova Iorque, Joseph Petrosino, no seu trabalho contra o crime organizado)  de 1960, dirigido por Richard Wilson com os actores principais: Ernest Borgnine, Zohra Lampert, Howard Caine, Alan Austin, e Robert F. Simon.

https://en.wikipedia.org/wiki/Pay_or_Die

A começar em 25 de Novembro de 1955, no Teatro Apollo, “O engraçado filme em vistavisão”, “The Seven Little Foys” (“Os Sete Pequenos Foys”), um espectáculo para maiores de 18 anos.

“The warm, wonderful story of America´s most fabulous show business family”

Folheto verde/azulado (19,5 cm x 13,5 cm)

“The Seven Little Foys” é um filme em “Technicolor em VistaVision” de 1955, comédia dirigida por Melville Shavelson com o actor Bob Hope no papel de Eddie Foy Sr. Posteriormente em 1964 teve uma versão na televisão e em 2007, uma versão musical no teatro.  

https://en.wikipedia.org/wiki/The_Seven_Little_Foys

PRÓXIMA MUDANÇA: Giuseppe Verdi, (nos EUA com o título de “The Life and Music of Giuseppe Verdi” e distribuído como “Verdi, the King of Melody”), é um filme italiano de 1953, melodrama musical baseado na vida deste compositor, interpretado por Pierre Cressoy e dirigido por Raffaello Matarazzo. Outros actores: Anna Maria Ferrero, Gaby André, Irene Genna e Laura Gore

https://en.wikipedia.org/wiki/Verdi,_the_King_of_Melody

A começar em 10 de Novembro de 1959, com as sessões diárias habituais, no teatro Apollo, o filme “The Hot Angel” (“Anjo Candente”)

“Marked by the menace of the teen-age jungle!”

Motorcycle gang VS teen-age pilots”

The Hot Angel”, filme americano de 1958, drama da “Paramount Pictures”, dirigido por Joe Parker, tem argumento de Stanley Kallis. Actores: Jackie Loughery, Ed Kemmer, Mason Alan Dinehart, Emory Parnell, Lyle Talbot e Boyd Santell.(https://en.wikipedia.org/wiki/The_Hot_Angel)

PRÓXIMA MUDANÇA: “The Black Orchid”, filme (drama) americano de 1958 produzido por Carlo Ponti para a “Paramount Pictures” é dirigido por Martin Ritt, com os actores: Sophia Loren, (mulher de Carlo Ponti), Anthony Quinn, Peter Mark Richman, Virginia Vincent, Frank Puglia, Jimmy Baird, e Naomi Stevens. A música é do compósito italiano (a primeira para um filme americano) Alessandro Cicognini. (https://en.wikipedia.org/wiki/The_Black_Orchid_(film))

Para os dias 6 e 7 de Novembro de 1956, o Teatro Apollo apresentou o filme “Josephine and Men” (“Josefina e os Homens”) nas suas sessões habituais diárias. Espectáculo para maiores de 18 anos.

Esta apresentação encontra-se no verso do folheto do mesmo teatro, do filme “Kiss Tomorrow Goodbye” (“Adeus ao Futuro”) apresentado nos dias anteriores, 4 e 5 de Novembro. (para futura postagem)

Josephine and Men” filme (comédia) britânico de 1955 é dirigido por Roy Boulting com os actores: Glynis Johns, Jack Buchanan, Donald Sinden e Peter Finch. Argumento de Nigel Balchin. Produção de “Boulting Brothers”, para o “British Lion Films” com difusão internacional pela “20th Century Fox”. https://en.wikipedia.org/wiki/Josephine_and_Men

Folheto azul

Francis in the Navy”, (1) filme americano de 1955, a preto-e-branco, uma comédia da “Universal-International” produzida por Stanley Rubin e dirigido por Arthur Lubin. Actores: Donald O’Connor, Martha Hyer, Richard Erdman e Jim Backus. É o primeiro filme (creditado) do actor Clint Eastwood. A voz de “Francis” que é uma mula (fêmea do burro) é do actor Chill Wills. (1)

Atenção – A partir do dia 23 de Outubro de 1956, repetição de quatro filmes da dupla Martin e Lewis (um por dia) com o preço mínimo de $0.30.

 (1) Este filme é o sexto filme da série “Francis, a mula falante”, personagem muito popular durante a década de 50 (século XX) em sete filmes/comédia da “Universal-International”. https://en.wikipedia.org/wiki/Francis_in_the_Navy https://en.wikipedia.org/wiki/Francis_the_Talking_Mule

A começar em 3 de Outubro de 1957, com as sessões habituais, no Teatro Apollo, “emocionante filme tecnicolorido e falado em cantonense” “RODAN”, uma superprodução nipónica.

Espectáculo para maiores de 13 anos

Preços: $0,40; $0,60; $0,80; $1,00; $1,20; militares em graduação $1,00

Folheto impresso na “Tipografia Kai Meng (Rua dos Mercadores, n.º 123, Tel. 2637)

Rodan” (Japonês: 空の大怪獣ラドン,  Sora no Daikaijū Radon, tradução em inglês:  ”Giant Monster of the Sky Rodan”) é um filme colorido de 1956, dos estúdios japoneses (Toho Studios), dirigido por Ishirō Honda, com os efeitos especiais de Eiji Tsuburaya. Actores:  Kenji Sahara e Yumi Shirakawa. Estreado nos EUA em 1957 com o título “Rodan! The Flying Monster!. https://en.wikipedia.org/wiki/Rodan_(film)

PRÓXIMA MUDANÇA: “Rosto engraçado” (“Funny Face”) que se estreou no dia 10 de Outubro de 1957, é um filme musical americano de 1957, dirigido por Stanley Donen, escrito por Leonard Gershe, contendo canções de George e Ira Gershwin, e os actores Fred Astaire, Audrey Hepburn e Kay Thompson.