Archives for category: Citações e Pensamentos

A propósito de duas estampas antigas sobre LAO TSE (1), Manuel da Silva Mendes (2) “traduziu” (3) da iconografia taoista:

Lao Tse I

Aos bons faz sempre o bem;

E aos não-bons fá-lo também

LaoTse II

Desvantagem é ser útil;

Vantagem é ser inútil.

A maior veneração

Alcança-se na inacção

(1) 老子 Laozi (c. 500 BC) (cantonense jyutping lou5 zi2); (romanizado para Lao Tse, Lao Tzu, Lao Zi, Laoutsi para o Padre Joaquim Guerra); filósofo, autor de TAO TE CHING.
(2) Sobre Manuel da Silva Mendes ver post anterior
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/manuel-da-silva-mendes/
(3)  Folhetim do  Notícias de Macau in pp. 117 e 155 de  MENDES, Manuel da Silva – Sobre Filosofia. Edição do Leal Senado de Macau Comemorativa do 4. º Centenário da sua Fundação, 169 p.

Se coardes água límpida em água límpida, ficam ambas de uma mesma limpidez.

Tradução do chinês por Camilo Pessanha in China (Estudos e traduções), Lisboa, Agência Geral das Colónias, 1944, 131 p.

Estátua de Camilo Pessanha no Jardim das Artes, em Macau

Foto tirada em Março de 2012

                  
OS FUMOS QUE SAEM DAS NARINAS DO DRAGÂO TRANSFORMAM-SE NAS NUVENS DO CÉU

HAN YU

 HAN YU ( , Hán Yù, também conhecido como Han Wen-Kung) (768-824), escritor, um dos oito mestres da prosa chinesa, estadista, filósofo e poeta. É conhecido, sobretudo pelos seus ensaios, não isentos de humor apesar da vertente moral (1)
As duas fotos (CABEÇA DE DRAGÃO) foram tiradas na Delegação Económica e Comercial de Macau (Lisboa), e são da proa do barco-dragão ali exposto.
Ao contrário do dragão nocivo do Ocidente, o dragão chinês é um poderoso mas benevolente governante do céu, terra e do mar. É um dos quatros animais espirituais, um portador de boa sorte e figura fundadora das famílias reais (imperadores) (2). É um animal com uma energia rítmica que vive entre as nuvens. Da sua cabeça saem chifres, do focinho longos bigodes. tem escamas no corpo  e quatro patas.
(1)  http://pt.wikipedia.org/wiki/Han_Yu
(2) Por isso. há um ditado chinês de SHUO WEN:

QUEM SE PERMITE COÇAR AS ESCAMAS DO DRAGÃO ?

(Diz-se de uma acção temerária – como censura ao Imperador)

NOTA: Apesar de haver várias traduções dos ditados e dizeres chineses, a versão em português que apresento foi retirado do livro:
SERRES, Patrice (org) – Sabedoria Chinesa. Editora Pergaminho, 2003, 285 p. ISBN 972-711-516-0

Colocando-se fronteiros dois espelhos, duas imagens se formam – qual delas mais vazia ?

Tradução do chinês por Camilo Pessanha in
China (Estudos e traduções), Lisboa, Agência Geral das Colónias, 1944, 131 p.

Estátua de Camilo Pessanha no Jardim das Artes – Macau.
Foto tirada em Março de 2012

“Viajar constitui, sem dúvida, um grande prazer e uma grande lição para o homem. A novidade exótica das paisagens e da Natureza, das civilizações e das raças dilatam nosso coração, o espírito, dando nos a conhecer, dum modo original e intuitivo, a universalidade da terra e do homem e a variedade harmónica do tema, a beleza da Criação. Nenhuma escola nos ministra ensinamentos mais concretos e saborosos sobre todas as ciências do que uma viajem”

Padre VIDEIRA PIRES
Do livro “Meia Volta ao Mundo”, publicado em Macau, em 1958.