“Sendo dos acontecimentos de maior vulto, os encontros de «Interport» são sempre revestidos de grande importância e de carácter oficial. Estes intercâmbios não só despertam grande interesse no público como ainda entusiasmam grandemente os jogadores, que vêem neles uma oportunidade de dar mostras do seu valor, em representação da sua terra.

Iniciada em 1937, a série destes «Interports» sofreu interrupção quando do rompimento das hostilidades no Pacífico, em 1941. Em 1948, quando já tudo estava normalizado nestas paragens do Oriente, a série dos «Interpots» foi restabelecida e nunca mais voltou a sofrer interrupção até hoje. Nos dois primeiros «Interports», a Associação de Futebol de Hong Kong apresentou, para nos defrontar, jogadores da 2.ª divisão. Das duas vezes, Macau ganhou, comprovando o seu valor.

Daí em diante, Hong Kong não mais seleccionou elementos da 2.ª divisão para nos enfrentar. Frente a selecções da 1.ª divisão, Macau tem registado derrotas e vitórias, algumas das quais bem honrosas para as nossas cores, atenta a superioridade técnica dos jogadores de Hong Kong e o número bem mais elevado dos que na vizinha colónia britânica praticam a modalidade. Dos 13 jogos realizados até 1954, Macau ganhou 6 e perdeu 7. A nosso favor 25 bolas, contra 36 de Hong Kong.” (1)

(1) Extraídos dos artigos não assinados de «MACAU B. I.» ANO II, n.º 40 de 31 de Março de 1955, p. 14 e n.º 41 de 15 de Abril de 1955, p. 10.