No dia 5 de Abril de 1955 comemoraram os chineses o seu Dia de Finados, festa conhecida por «Cheng Meng». Por este motivo, muitos milhares de pessoas foram autorizadas a atravessar, durante três dias, a Porta do Cerco a fim de irem em romagem até junto dos túmulos dos seus mortos sepultados em território chinês. De Hong Kong muitas pessoas se deslocaram a Macau para esse fim, sendo enorme a bicha que se formou junto à fronteira. (1)

(1) Extraído de «MACAU», B. I., Ano II, n.º 41 15 de Abril de 1955, p. 16.