Na terça feira (6 de Fevereiro de 1872) pelas onze horas da manhan sentiram-se duas detonações e á segunda um bala explosiva de calibre 40 veio cahir n´uma caza china próximo da fortaleza da barra, tendo passado pela popa da corveta Palmella” (1)

Notícia extraída de «O Oriente», I-4 de 8 de Fevereiro de 1872
PORMENOR DO MAPA- MACAU E ILHAS PRÓXIMAS
Ta-Ssi-Yang Kuo, Vol I-II, 1889-1900
A CORVETA «DUQUE DE PALMELLA» ESCOLA DE ALUNOS MARINHEIROS EM FARO
http://alernavios.blogspot.com/2016/01/

(1) Corveta “Duque de Palmela” – corveta de madeira de 15 peças e 952,671t métricas de deslocamento, lançada à água em Lisboa em 25-01-1864, esteve ao serviço na Real Marinha de Guerra Portuguesa de 1864 a 1913. Foi em 1866 para a Estação Naval de Angola para reprimir o tráfico de escravos e em 1870 seguiu para a Estação de Macau. Em 1874 desarmou e passou em 1877 a sede da Escola de Alunos Marinheiros em Lisboa, que em 1895 foi transferida para Faro na mesma corveta. Em 1913 desarmou e foi vendida no ano seguinte.
Anteriores referências à corveta “Duque da Palmela” em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/corveta-duque-de-palmela/