Extraído de «O Independente» I-14 de 27 de Novembro de 1869, p. 89/90

O semanário “O Independente” foi forçado a suspender a publicação em Macau (último n.º 46 de 20 de Julho de 1869) pelo que o seu redactor e proprietário José da Silva, ausentou- se para Hong Kong e passou o jornal a ser impresso e publicado nesta cidade com o mesmo título, por E. Ferreira na Tipografia da redacção «Mercantile Printing Office»  em Peel Street (Hong Kong)
O primeiro número foi publicado a 18 de Setembro de 1869 e na sua introdução afirma:
Eis o Independente que foi assassinado em Macao para vir ressuscitado em Hong Kong! Os assassinos desta folha liberal já deviam contar com este resultado. A liberdade, uma vez plantado na terra, não é coisa que se possa jamais extinguir…