No dia 19 de Dezembro de 1999, o “Correios de Macau” (Correios e Telecomunicações de Macau) , lançou mais uma emissão extraordinária filatélica (1) sob o tema: ‘MACAU RETROSPECTIVA (2)
Composto por: Bloco Filatético onde contém um selo de $9,00 (nove patacas) com a insígnia do Leal Senado; sobrescrito (16, cm x 11,5 cm) de 1.º dia de circulação; quatro selos postais (nos valores de 1 pataca, 1.50 patacas, 2.00 patacas e 3.5 patacas) e  obliteração do 1.º dia . (carimbo).
O “design” é de Carlos Marreiros.
Nesse mesmo dia foram emitidos quatro postais com o mesma tema.
A pagela dessa emissão apresenta uma mensagem do então governador Vasco Rocha Vieira:
Na sua procura do Oriente, os portugueses, como vanguarda da Europa, encontraram na Cidade do Santo Nome de Deus de Macau o ponto fixo a partir do qual começaram a construção da ponte do entendimento, aquela que iria permitir a sua relação com o grande Império do Meio, centro de civilização e marco cimeiro do desenvolvimento da época. Mais de quatro séculos depois, quando o mundo concretiza a sua nova globalização através das redes da informação, está cumprido o desígnio que nos fez navegar pelos mares até chegarmos ao destino. Foi feito o que tinha de ser feito e hoje Macau é uma cidade aberta ao mundo, ponto de encontro e de entendimento de todas as culturas e de todos os povos, a cidade global com que sonharam os que partiram de Sagres.”
(2) Nesse mesmo dia, em Portugal, o “Correios de Portugal, lançou com o mesma tema uma emissão filatélica, a última emissão conjunta dos Correios de Portugal com os CTT de Macau.
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2016/12/19/noticia-de-19-de-dezembro-de-1999-filatelia-macau-retrospectiva/