No dia 1 de Novembro de 1955 deveria ter dado início às Comemorações do “IV Centenário de Macau 1555 -1955”, programadas para serem realizadas durante o mês de Novembro de 1955. As razões do seu cancelamento bem como outros preparativos (programa das comemorações do IV Centenário de Macau 1555-1955; selos postais comemorativos da fundação de Macau de 1955) foram já postados anteriormente em (1) e (2)
Mas ainda a propósito desse acontecimento, publico duas fotos do espólio do Dr. José Anselmo Ranito (3)  (cedidas pela família) com notações do próprio no verso de cada fotografia, do monumento que estava a ser construído na colina de D. Maria II para ser inaugurado (conforme estava programado) no dia 29 de Novembro de 1955, pelas 12.00 horas,  e dedicado a “Quatro Séculos da Amizade Luso-Chinesa”. Com o cancelamento das cerimónias, o monumento  foi demolido nesse mesmo ano.

No verso desta fotografia, escrito à mão (lápis):
“1955 – Antes
Monumento para comemorar o IV Centenário da amizade “Luso-Chinesa” no Morro de D. Maria no tempo do governador Marques Esparteiro.
Não houve comemoração e foi mandado demolir 1955”
No verso desta fotografia, escrito à mão (lápis):
“Depois
1955
Monumento para comemorar o IV Centenário d amizade Luso-Chinesa no morro de D. Maria”

(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2016/11/01/noticia-de-1-de-novembro-de-1955-programa-das-comemora-coes-do-iv-centenario-de-macau-1555-1955/
(2) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/11/02/selos-postais-comemorativos-da-fundacao-de-macau-1955/
(3) José Anselmo Ranito – (1909- ?) médico estomatologia  colocado em S. Tomé e Príncipe (1950-1951), foi contratado para o cargo de médico estomatologia do quadro complementar de cirurgiões e especialistas de Macau em 1951, tenho tomado posse no Ministério do Ultramar em 28 de Fevereiro de 1952. Esteve em Macau com a família até 19 de Fevereiro de 1957 quando partiu para Moçambique onde foi colocado (Portaria Ministerial de 24 de Agosto de 1955).