Certificado de vacinação dos Serviços de Saúde de Macau, com o número 320802, duma menina de 13 anos, vacinada em 3/6/54 (vacinação anticolérica com validade até 3/9/54)
Este certificado devia ser apresentado sempre que era exigido o que obrigava a que todos que estivessem vacinados não esquecessem de os trazer consigo, para comprovarem aquando das “rugas” na via pública (com a colaboração da polícia que “fechavam” uma rua, nas décadas de 50 e 60 do século passado) em que as equipas técnicas de vacinação “apanhavam” os que não estavam vacinados.