Estreou-se a 27 de Março de 1956, no Teatro Vitória, (1) o filme “Helena de Tróia” (para maiores de 18 anos) anunciado como:
O espectacular  cerco levantado por Helena e Paris, a mais afamada história da fuga dos amantes”
“O tumultuoso acontecimento que levou a Idade dos Titães ao seu máximo furro!
“ As chamas da idade dos titães em “Cinemascópio e Warnercolor”
“Gastaram-se três anos para o filmar e 6 milhões de dólares para o produzir” (2)
A Tipografia “San Chong Trading & Co” imprimiu 2000 exemplares deste folheto ( o habitual nesses anos era de 1000 exemplares) o que pressupõe que a Distribuidora previa um grande êxito de bilheteira.

“The Iliad’s story of the Trojan war, told from the Trojan viewpoint”

Director: Robert Wise com os actores: Rossana Podestà (Helena), Jacques Sernas (Paris), Stanley Baker (Aquiles) e a jovem Brigitte Bardot (escrava Andraste) – o primeiro filme desta actriz fora da França e em inglês. (3)
Excelente música de Max Steiner (4)
Ocupando todo o verso do folheto, um argumento muito pormenorizado
(1) Estreou.se nos EUA em 26 de Janeiro de 1956
(2) Produção: 6 milhões de dólares. Nos EUA a receita na altura foi de 3,2 milhões de dólares.

Jacques Sernas e Brigitte Bardot

(3) Jacques Sernas e Rossana Podestá conheceram um lançamento internacional considerável quando foram escolhidos como protagonistas neste filme, um projecto gigantesco que a Warner rodava em Itália (nos Estúdios “Cinecittá”). Foram escolhidos como símbolos eróticos e os dois tentaram mais tarde a sorte em Hollywood mas não chegaram a tornar-se artistas internacionais ao contrário de Brigitte Bardot que dois anos mais tarde faria “Et Dieu créa la femme” (“E Deus Criou a Mulher”)
(4) Poderá ouvir em:
https://www.youtube.com/watch?v=bd5Sq225JTE
https://www.youtube.com/watch?v=xVAb21qr2hg
Trailers:
https://www.youtube.com/watch?v=iHi7Kcf42TQ