No seguimento da anterior postagem de 25 de Janeiro de 2018 (1), foi  neste dia de 2 de Fevereiro de 1984 que se iniciou o ano lunar do rato  que duraria até 19 de Fevereiro de 1985.
Da pagela (1) retiro o seguinte:
ANO LUNAR DO RATO
2 de Fevereiro de 1984 a 19 de Fevereiro de 1985
O calendário lunar Chinês é considerado dos mais antigos da História, datando de 2637 A. C. quando o Imperador Huang Ti introduziu o 1.º ciclo deste zodíaco no ano 61 do seu reinado.
Um ciclo completo tem 60 anos e é constituído por 5 ciclos simples – metal, água, madeira, fogo e terra – de 12 anos cada. Doze animais – Rato, Búfalo, Tigre, Coelho, Dragão, Cobra, Cavalo, Cabra, Macaco, Galo, Cão e Porco – estão relacionados com cada um dos doze anos de cada ciclo simples.
Conforme a lenda, Buda convocou todos os animais, antes de iniciar a sua partida da Terra. Só doze compareceram para se despedirem. Como recompensa Buda deu o nome de cada animal, por ordem de chegada, a cada ano do ciclo lunar. O Rato foi o primeiro animal a chegar, assim se tornando o primeiro animal do ciclo.
De acordo com a sabedoria popular Chinesa, o animal que regula o ano em que nascemos exerce uma profunda influência nas nossas vidas porque, como diz um velho ditado, “é o animal que se esconde no nosso coração”.
O ano do Rato é considerado um ano farto, trazendo oportunidades e boas perspectivas. A economia mundial desenvolve-se. No geral é um ano mais feliz do que a maioria dos outros,  livre de acontecimentos explosivos e guerras e com muito menos catástrofes do que o ano do Tigre ou do Dragão.
As principais características dos nativos do ano do Rato são a sua integridade, honestidade, generosidade e capacidade de trabalho. Pode-se dizer que o rato é uma personalidade à primeira vista reservada mas brilhante, eficiente, feliz e sociável.

Serviço de Filatelia dos CTT de Macau

(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2018/01/25/noticia-de-25-de-janeiro-de-1984-filatelia-1-o-dia-de-circulacao-ano-lunar-do-rato-i/