Notícia publicada no jornalThe West Australian” de 20 de Agosto de 1913. (1)

ASIATIC TYPHOON
150 FATALITIES
                                        Hong Kong, Aug. 19

“A typhoon swept over the Portuguese settlement of Macao (40 miles from Hong Kong) yesterday, and caused havoc. A seawall built newly reclaimed land near Barraenort (sic) (forte da Barra?) was ruined, and several houses at Tarrafairo (sic) (Tarrafeiro) were destroyed, many of the inmates losing their lives. In the Macao roadstead numerous Chinese junks were wrecked , and 150 persons were drowned.”
O Tufão formou-se no Pacífico nas proximidades da ilha de Yap (no dia 12 de Agosto) situada no Oceano Pacífico, Micronésia; deslocou-se para NW, atravessou o canal de Balintang (entre as ilhas de Batanes e Babuyan da Filipinas) e entrou no continente a NE de Hong Kong a poucas milhas de Macau (no dia 17-08-1913) Dissipou-se a N. de Hanoi a 18 de Agosto. (2)
Inexplicavelmente, este tufão que atingiu Macau no dia 17 de Agosto de 1913, é registado por Agostinho Natário (2) mas sem indicação de grandes estragos ou mortos e em “Macau e os Tufões” (3) nem é citado como “alguns significativos tufões que afectaram Macau até 1954”.
(1) “The West Australian” (Perth, WA: 1879-1954) de Qua 20 Ago 1913.
(2) NATÁRIO, Agostinho Pereira – Tufões que Assolaram Macau, 1957.
(3) SIMÕES, Joaquim Baião – Macau e os Tufões, 1985.
Mapa do canal de Balintang retirado de:
https://en.wikipedia.org/wiki/Balintang_Channel