Há- Kau – 蝦餃
(Chilicotes de camarões) 

Expressão que já não é muito usada.
Dá-se em Macau o nome de “chilicotes” (1) a uma massa assada ou cozida de variado recheio e que são apresentados com o formato de meia lua.
Nas casas de chá chinesas, os “chilicotes” de camarões, feitos com uma massa branca e cozida constituem uma iguaria imprescindível.
Na China, raro é nativo que possa dar-se ao luxo de ostentar no seu beiço superior um farto e bem aparado bigode, pois, nisso foi a natureza bastante avara para com este povo.
O bigode chinês, resume-se, pois, a uns poucos de fios rígidos, sempre caídos que, nas raras vezes, em que aparecem no rosto dos nativos, fazem lembrar os chilicotes de camarões, por o formato destes ser semi-circular, como as duas pontas de uma meia-lua.
Daí o chamar-se a um indivíduo que traz bigode, há-káu.

mandarim pīnyīn: xiā jiao; cantonense jyutping: haa1 gaau2
GOMES, Luís G. in MOSAICO, 1952.
(1) Ver anterior citação de “chilicote” em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2014/05/02/postais-de-gastrono-mia-macaense-o-sabor-e-aroma-de-macau-viii/