“A Senhora D. Mercedes da Fonseca Jorge apresentou as suas alunas da Escola de Bailado ao público de Macau, no dia 6 de Fevereiro de 1951, na primeira exibição desse ano.

mosaico-i-6-fev1951-escola-de-bailado-iA aluna Luísa Maria Barros Lopes em “Canção Indiana”

O Teatro D. Pedro V registou uma enchente, tendo sido bastante apreciados os vários números de bailado clássico e A aluna Maria de Fátima Soveral em “ A Morte do Cisne”de conjunto em que se exibiram os 23 alunos da “Mercedes Dancing Scholl”.

mosaico-i-6-fev1951-escola-de-bailado-iiA aluna Maria de Fátima Soveral em “ A Morte do Cisne”

Os alunos a alunas, de todas as idades, desde os 3 anos até aos 18 anos, mostravam uma decidida vontade de acertar e notava-se em todos os pormenores que haviam sabido receber os valiosos ensinamentos da Professora.

mosaico-i-6-fev1951-escola-de-bailado-iiiAs alunas Maria de Fátima Soveral e Maria Manuela Paletti em “Dama Azul”

Mercedes Jorge que é sócia efectiva do Círculo Cultural de Macau (1), tem dedicado grande parte da sua actividade às lições de Dança, conseguindo ter um nome já firmado em Macau onde, por várias vezes, tem apresentado as meninas da melhor sociedade em interessantes exibições deste género.

mosaico-i-6-fev1951-escola-de-bailado-ivA aluna Bárbara Springweiler em “Dança Russa”

O espectáculo foi realizado sob os auspícios do CCM que organizou um programa onde se liam algumas poesias inspiradas nos bailados que foram apresentados nessa tarde.” (1)

mosaico-i-6-fev1951-escola-de-bailado-vUm grupo na “dança Holandesa”
mosaico-i-6-fev1951-escola-de-bailado-viUm grupo de alunos dançando o “Minuete”

Reportagem e fotos retiradas do «MOSAICO», 1951.