No dia 1 de Fevereiro de 1849, o Governador João Maria Ferreira do Amaral ordenou a aplicação duma multa de dois taeis (1) a todo o chinês que fosse encontrado a jogar, nas ruas da cidade quer como jogador ambulante quer com banca fixa.
Foi nesse ano (data aproximada) que o mesmo governador concedeu a 1.ª licença para a criação do jogo de Fantan (2) em Macau.
Teoricamente o jogo era proibido em Macau pelas autoridades chinesas (3)
A concessão do jogo foi depois introduzida pelo governo de Isidoro Francisco Guimarães (1951-1863) (4)
(1) Os chineses não tinham moeda corrente (existiam as moedas de cobre para uso diário, as chamadas sapecas, com um buraco quadrado no meio), usavam a prata como moeda. A unidade de prata usada como moeda era o tael de prata ou liang – 兩 ( mandarin  pīnyīn: liǎng; cantonense jyutping: loeng5).
Um tael equivaleria a uma onça de prata – 37, 72 gramas.
A unidade monetária chinesa – tael – foi adoptada posteriormente  como moeda oficial da China de 1889 a 1912.
O tael subdividia-se em 10 mazes (ou fzyns), 100 condorins, 1000 sapecas.
dicionario-das-moedas-tael-idicionario-das-moedas-1793-tael-iidicionario-das-moedas-1793-tael-iiiDo livro “Diccionario universal das moedas, assim metálicas, como fictícias, imaginarias, ou de conta” de 1793.
https://books.google.pt/books?id=C01OAAAAYAAJ&pg=PA205&lpg=PA205&dq=tael+moeda+chinesa&source
(2) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/11/26/leitura-fan-tan/
(3) “20-11-1829 – O Mandarim da Casa Branca, por apelido Kou chama, por edital a atenção para o facto de jogo ser proibido” – GOMES, Luís G. – Efemérides da História de Macau, 1954.
(4) Ver em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/isidoro-francisco-guimaraes/