“Dôs filo-filo di Macau”, José dos Santos Ferreira nos versos e Leonel Barros nos desenhos (1) , caracterizaram a evolução de Macau em duas datas: 1923-1973

qui-nova-chencho-jose-dos-santos-ferreira-1973-iPerto-perto iscurecê
China sã sandê lampiám
Lua na riva empê
Dá más iluminaçám

Macau – 1923

qui-nova-chencho-jose-dos-santos-ferreira-1973-iiMacau têm más caréta,
Qui rua, béco, travessa;
Têm mota, têm biciquêta,
Tudo´ora aguá pessa-pessa

Macau – 1973

(1) Recolhidos do livro FERREIRA, José dos Santos – Qui-Nova Chencho, 1973