diario-de-noticias-1980-desenho-vendedor-de-ruaVendedor de rua – de guloseimas – em Macau, 1979 (1)

Nas décadas de 50 e 60 (século XX) era frequente a presença de vendedores, verdadeiros artífices dos chamados “bonecos de farinha”, nas ruas de Macau.
Herdeiros da arte tradicional/folclórica chinesa, (originária da Dinastia Tang: 618-907) com uma grande habilidade em esculpir meticulosamente pequenas (miniatura) esculturas (humanas, animais, etc) com grande detalhe somente com as mãos e um estilete de madeira, e utilizando uma massa caseira a partir da farinha de pão ou de arroz glutinoso. Por fim aplicava-se uma “tinta” (preservativo) de cores vivas. Era uma guloseima muito procurada pelos miúdos.
Na década de 70 principalmente para o fim dessa década ainda se via, um ou outro nas vias públicas de Macau.Desapareceram na década de 80 (século XX).
(1) Desenho com indicação de autor, (mas não consegui “decifrar”), publicado no «MACAU», Suplemento de Diário de Notícias, 1980