poesia-porto-de-macau-de-wen-yidou-1925Porto de Macau (1)
Tu sabes, porto de Macau não é o meu verdadeiro nome.
Há quanto tempo saí eu do teu corpo, Mãe?
Se eles me arrancaram de ti,
A minha alma permaneceu sempre contigo.
Mais de trezentos anos de sonhos que não esquecem!
Por favor, chama-me outra vez pelo meu nome de criança,
Eu sou Aomen
Eu quero voltar, Mãe, eu quero voltar!

Wen Yidou (2)
1925
Tradução de António Graça de Abreu (3)

(1) “A canção n.º 32 do Shi Jing, ou Livro das Odes, fala de uma mãe que tinha sete filhos. Abandonadas, as crianças desejavam regressar ao seio materno. Wen Yiduo foi buscar a canção do Shi Jing e, no ano de 1926, escreveu sete poemas diferentes sob o título «A Canção dos Sete Filhos», sendo cada um deles uma parcela de território chinês ocupado por uma potência estrangeira. Este é o poema referente a Macau”.  (Nota do tradutor) (3)
Wen Yiduo nunca esteve em Macau mas o acentuado teor nacionalista do poema era compartilhado por muitos chineses de Macau, nessa altura. Segundo Zhidong Hao (4) o poema terá sido escrito em 1925.
wen-yidou-poeta-1899-19462) Wen Yiduo / 聞一多( 1899-1946)
Nome de nascimento Wén Jiāhuá / 聞家驊 – Nasceu em Xishui, província de Hubei. Formado pela Universidade de Tsinghua, foi em 1922, para os Estados Unidos da América onde estudou artes e literatura no “Art Institute of Chigago” e onde publicou a sua primeira colecção de poesia: Hongzhu (紅燭).
Em 1925 voltou à China, ensinando na Universidade e publicando a sua segunda (e última) colecção em 1928: Sishui (死水). Com a Segunda Guerra Sino-Japonesa, ele e muitos outros intelectuais migraram para Kunming onde ensinou na Universidade.
Poeta militante e político desde 1944 da Liga Democrática da China, morreu assassinado em Kunming, no dia 15 de Julho de 1946, pelos agentes secretos do Kuomintang. Era um esteta e a sua forma de versejar influenciou directa ou indirectamente uma geração de jovens poetas, nomeadamente em Macau. É um dos renovadores da literatura moderna chinesa (3)(5)
Pode visualizar um documentário em inglês da sua vida em:
https://www.youtube.com/watch?v=0VuhIuJVcP0
(3) Quinhentos Poemas Chineses. Coordenação de António Graça de Abreu e Carlos Morais José. Nova Veja, 2014, 390 p., ISBN: 978-989-750-018-3.
(4) Zhidong Hao (professor de sociologia na Universidade de Macau) – Macau History and Society.  Hong Kong University Press, 2011, 294 p.
(5) https://en.wikipedia.org/wiki/Wen_Yiduo