Faleceu, no dia 13 de Setembro de 1955, o marinheiro artilheiro n.º 3945, Mário Martins Valente, do Aviso «Pedro Nunes», vítima de uma submersão acidental. O dito marinheiro, com um camarada seu, quando subiam o portaló do navio caíram à água, tendo o segundo sido salvo e desaparecido o primeiro, apesar da prontidão com que os marinheiros do navio acorreram para o salvarem. O seu cadáver foi encontrado no dia seguinte de manhã, e transportado para o Hospital Central Conde de S. Januário, onde pela tarde se realizou o funeral, saindo da casa mortuária para o Cemitério de S. Miguel com todas as honras da ordenança militar-naval.
O aviso de 2.ª classe «Pedro  Nunes » chegou a Macau a 11 de Fevereiro de 1955 comandado pelo capitão de fragata António da Cunha Aragão .Após este acidente O Aviso «Pedro Nunes» partiu no dia 22 de Setembro desse ano para a colónia britânica de Hong Kong, a fim de receber beneficiações.

aviso-pedro-nunesAVISO PEDRO NUNES (1935 – 1977) (2)

Foi construído no Arsenal de Lisboa em 1934. Depois de servir como aviso de 2.ª classe durante vinte e um anos (sofrendo modernização ao longo dos anos), foi reclassificado como navio hidrográfico, em 1959.
Abatido ao efectivo dos navios da armada em 10 de Agosto de 1977.
O navio apresentava as seguintes características:
Deslocamento máximo:  1 017 toneladas
Comprimento (fora a fora): 70,5 metros; Boca 10 metros e Calado máximo  3,1 metros.
Velocidade: 2 motores diesel MAN de 2400 cavalos =16,5 nós.
Armamento:   2 peças de 120 mm; 4 de 20 mm; 4 morteiros; 2 calhas.
Guarnição:  112 a 139 homens. (2) (3)
cap-frag-jose-m-c-garrido-1899-1976Em Setembro de 1955, era Capitão dos Portos e Comandante da Defesa Marítima de Macau , o Capitão-de-fragata José da Motta Coutinho Garrido (comissão de Setembro de 1955 a Setembro de 1960).
José da Motta Coutinho Garrido (1899 -1976) já anteriormente estivera em comissão de serviço, como Comandante do aviso «Pedro Nunes»  de Março de 1951 a Dezembro do mesmo ano e depois Comandante do aviso «Gonçalo Velho» de Janeiro de 1952 a Março de 1954.  Foi louvado pelo Governador de Macau em Julho de 1956, Março de 1957, Novembro de 1958, Setembro de 1959 e Julho de 1960.(4)
http://cabo-carvoeiro-historico.blogspot.pt/2006/07/quem-foi-o-comandante-garrido.html
Sobre o aviso «Pedro Nunes» ver referências anteriores em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/aviso-pedro-nunes/
(1) «MBI», ano III, n.º 51, 1955
(2) http://www.hidrografico.pt/n.r.p.-pedro-nunes-a-528-1956-1977.php
(3) http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=2621.0
     http://www.hidrografico.pt/n.r.p.-pedro-nunes-a-528-1956-1977.php
(4) http://cabo-carvoeiro-historico.blogspot.pt/2006/07/quem-foi-o-comandante-garrido.html