António PatrícioAntónio Patrício (Porto 1878-Macau 1930), escritor, poeta, dramaturgo, contista, médico, matemático e diplomata, faleceu em Macau, a 4 de Junho de 1930, no Palacete de Santa Sancha, vítima de uma síncope cardíaca. (1)
Apresento um recorte da revista “PRINCÍPIO” n.º 3, 25 de Junho de 1930 (2)
PRINCÍPIO n.º 3, 25JUN1930 - Morte de António PatrícioA propósito da morte, António Patrício escreveu este poema “O que é viver?” em 25 de Março de 1899, que foi publicado na Revista Nova (3)
REVISTA NOVA N. V 15JUL1901 O que é morrer(1) Ver anteriores referências em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/antonio-patricio/
Sobre a vida e a obra de António Patrício recomendo do blogue “O Leme” artigo de  Jorge Carvalho Dias
http://www.leme.pt/biografias/p/patricio/
PRINCÍPIO n.º 3, 25JUN1930 CAPA(2) Princípio – Publicação de cultura e política, somente impressos 4 números de 15 de Maio a 25 de Julho de 1930; editor: Renascença Portuguesa; dir. publ: Álvaro Ribeiro (1905-1981); Maia Pinto, dir. publ.;, Adolfo Casais Monteiro (1908-1972), dir. publ.
http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/OBRAS/Principio/Principio.htm
REVISTA NOVA N. V 15JUL1901(3) Revista Nova  N.º V, Lisboa , 15 de julho de 1901, p. 142.
Publicou-se em Lisboa entre Abril de 1901 e Janeiro de 1902, num total de 8 edições – editor: Ilídio Analide da Costa.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Revista_Nova_(1901)