Foi inaugurada no dia 12 de Abril de 1951   pelo Governador Comandante Albano Rodrigues de Oliveira, (1) entre os muitos melhoramentos efectuados na Repartição Central dos Serviços de Saúde, uma lavandaria mecânica capaz de lavar, secar e passara a ferro 5 000 peças de roupa por dia.

MOSAICO II-9 MAI1951 Melhoramentos H. C. S. J. IO Governador e os visitantes assistem ao funcionamento da máquina de lavar.

O director da  Repartição Central dos Serviços de Saúde  nesse ano era o Dr. Aires de Pinto Ribeiro. (2) A lavandaria estava instalada no Hospital Geral do Governo, o velhinho Hospital Militar denominado “Hospital Conde de S. Januário“, desde 10-07-1937, pelo Governador Tamagnini Barbosa.

MOSAICO II-9 MAI1951 Melhoramentos H. C. S. J. IIO Governador e os visitantes em frente da máquina de secar

Este edifício seria demolido por fases a partir de 18-11-1952 para construção do novo Hospital “Hospital Central Conde de S. Januário (1.ª fase seria inaugurada a 10 de Junho de 1953 pelo Governador, Almirante Joaquim Marques Esparteiro). (3)
Albano Rodrigues de Oliveira(1) O Governador de Macau entre 1947 e 1951, Comandante Albano Rodrigues de Oliveira (1909 – 1973)  estava nesse mês de Abril de 1951, a visitar vários serviços públicos  onde tinham sido introduzidos melhoramentos, e também como despedida antes do seu regresso a Lisboa, no dia 18 de Abril de 1951. Ficou encarregado do Governo, o Dr. Aires Pinto Ribeiro.
(2) Dr. Aires Pinto Ribeiro (1899-1960) – Curso de Medicina pela Universidade do Porto, onde se formou com 16 valores. Praticou nos Hospitais do porto e cursou a Escola de medicina Tropical. Nomeado médico de 2.ª classe para o Quadro de Saúde em Moçambique em 1925.Promovido a médico inspector em 1946, foi transferido de Moçambique para Macau em Janeiro de 1948. Tomou posse do lugar de Chefe da Repartição Central dos Serviços de Saúde  a 4 de Maio de 1948.
Nomeado Vice-presidente do Conselho do Governo a 2 de Junho de 1950, ficou encarregado do Governo de Macau de 18 de Abril de 1951 até 23 de Novembro do mesmo ano, data da chegada do novo Governador, Almirante Joaquim Marques Esparteiro. Nomeado Inspector Superior de Saúde do Ultramar em Abril de 1955, deixou a chefia da Repartição P. dos Serviços de Saúde e Higiene de Macau no dia 31 de Julho de 1955, tendo seguido para Lisboa onde tomou posse a 4 de Outubro de 1954.
Agraciado com o grau de Comendador da Ordem Militar de Santiago de Espada (Decreto de 2 e Março de 1952) +(TEIXEIRA, P. Manuel – A Medicina em Macau, Vol IV, 1976).
Joaquim Marques Esparteiro(3) Joaquim Marques Esparteiro  (1895-1976) comandou um navio de guerra na I Guerra Mundial e depois comandante do torpedeiro «Mondego», o «Gonçalo Velho» e o «Gonçalves Zarco». Comandou a canhoeira «Pátria», a bordo da qual serviu em Macau de 1922 a 1925, tendo então visitado vários pontos da China, Formosa e Japão, e comandou a esquadrilha de contratorpedeiros nas manobras militares de 1938;  Governador de Macau (12-09-1951 – 28-02- 1956).
A nomeação data de 12 de Setembro de 1951 e a tomada de posse no Ministério do Ultramar é em 8 de Outubro do mesmo ano. Toma posse efectiva do cargo em Macau em 23 de Novembro de 1951. (TEIXEIRA, P. Manuel. Marinheiros Ilustres Relacionados com Macau, Macau, Centro de Estudos Marítimos, 1988, pp. 205-208.)
Referências anteriores do Hospital Conde de S. Januário em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/hospital-conde-de-s-januario/
https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/hospital-central-conde-de-s-januario/
Reportagem e fotos não assinados de «Mosaico»,1951.