Dois anúncios da Firma «A. A. de Mello & C.º» (1) de António Alexandrino de Melo, Barão do Cercal (2), agência comercial portuguesa estabelecida em 1840, na Praça Lobo de Ávila,22 e 24 (à Praia Grande). Era uma agência de “viagens” – agente em Macau das empresas sediadas em Hong Kong, proprietárias dos paquetes que faziam carreira para a Europa, América, portos da China e Japão, com partida de Hong Kong.
A firma «A. A. de Mello & C.º» vendia passagens de Hong Kong para todos os destinos finais (Lisboa, Londres, Paris, Marselha, Vancouver, etc)e portos intermediários na China e no Japão.
ANÚNCIO -1929 - N. Y. K. LineO primeiro anúncio, publicitando a “N.Y.K. LINE” que possuía “ magníficos paquetes com excelentes acomodações, comida à europeia, serviço esmerado. Tinha partidas de Hong Kong, duas vezes ao mês para Marselha (a via mais habitual para seguir depois para Lisboa) e Londres. Tinha também carreiras para Lourenço Marques, Índia, S. Francisco  (E.U.A.), Canadá, Shanghai, Kobe, Yokohama, etc.
A empresa NYK Line (Nippon Yusen Kabushiki Kaisha -日本郵船株式会社 ) é ainda presentemente, uma das maiores  companhias mundiais  de transporte marítimo, com sede em Chiyoda, Tóquio (Japão). Fundada em 1885. Começou em 1924 a utilizar o motor em todos os seus navios de carga e em 1929, em todos os navios de passageiros, embora mantivesse até 1939 alguns dos navios de passageiros mistos (vapor e  motor).
Antes  da Guerra do Pacífico tinha 36 navios de passageiros mas quando a guerra acabou somente sobreviveu um, o “Hikawa Maru“. A partir dos anos 60 (século XX) com a diminuição de passageiros,  começou a operar mais com navios de carga (cargeiros); em 1968 o novo “Hakone Maru” foi o primeiro a efectuar ligação de navio de transporte de contentores do Japão para os Estados Unidos. (3) 
HAKONE MARU 1921HAKONE MARU (1921)
Navio de passageiros, transatlântico de maior classe entre os navios japoneses da época, construído em 1921, era movido a turbina a vapor. Na 2.ª Guerra Mundial/Guerra do Pacífico foi requisitado pelo governo nipónico para transporte de tropas e usado como navio-hospital. Em 27 de Novembro de 1943, aviões B-25 americanos atacaram um comboio marítimo  japonês e o navio de transporte “Hakone Maru” que integrava o comboio afundou-se. (4)
SUWA MARU 1912SUWA MARU (1912)
Construído em 1912, navio de carga e passageiros de 10 927 toneladas (em 1923, restaurado aumentando a tonelagem).
Foi também requisitado em 1940 para transporte auxiliar. Foi torpedeado em Março de 1943 por um submarino americano. Sem possível de reparação encalhou na Ilha Wake (atol Wake, na Micronésia, tomada pelos japoneses em 23-12-1941, aquando do ataque de Pearl Harbor e “reconquistada” pelos americanos em 4-09-1945; presentemente administrada pelos E.U.A.)
O  “Suwa Maru” efectuava a carreira para Marselha e há pelo menos uma indicação que tenha efectuado uma viagem a Lisboa com chegada a 22 de Setembro de 1940 com saía a 30 do mesmo mês. (5)
FUSHIMI MARUFUSHIMI MARU  (1914)
Outro transatlântico de classe superior japonês, construído em 1914, movido a turbina de vapor. Utilizado durante a 2.ª  Guerra Mundial como navio mercante misto de carga e de passageiros , o “Fushimi Maru” foi afundado no dia 1 de Fevereiro de 1943, por um torpedo disparado pelo submarino Tarpon (SS-175 (americano) a 20 milhas ao sul cidade Omaezaki ((御前崎市) (Japão) (6)
HAKOZAKI MARU 1922HAKOZAKI MARU (1922)
Construído em Nagasaki com início a 16 de Dezembro de 1920 e lançado ao mar em 2 de Março de 1922, o “Hakozaki Maru” era um navio (frigorífico) misto de carga e passageiros de 10 413 toneladas (depois aumentado). Integrado num comboio marítimo como transporte auxiliar foi torpedeado, a 225 milhas NNE de Shanghai, pelo submarino americano USS Balao (SS-285) no dia 19 de Março de 1945. O navio cuja carga era gasolina, armamento e torpedos, explodiu e afundo-se. A combinação do fogo, explosões e água do mar a 5 graus significou a morte de 928 passageiros, 51 soldados e 139 tripulantes. (7)
NOTA: a empresa “N. Y. K. Line” tinha também um navio chamado “S.S. Lisbon Maru“, construído em 1919 e lançado em 1920. Ficou conhecido (e má memória para os macaenses) por ter sido usado durante a Guerra no Pacífico como transporte de tropas e de prisioneiros entre a China e o Japão. Foi torpedeado pelo USS Grouper (SS-214), em 1 de Outubro de 1942 quando levava, além da tropa japonesa, quase 2000 prisioneiros britânicos (e macaenses que integravam a defesa de Hong Kong) capturados depois da queda de Hong Kong (Dezembro de 1941). Morreram mais de 800 em consequência directa do afundamento do navio e outros tantos “fuzilados” pelos soldados japoneses quando nadavam procurando salvação.
ANÚNCIO 1929 - CANADIAN PACIFICO segundo anúncio publicitava a “CANADIAN PACIFIC“,  empresa «Possuidora dos afamados paquetes “EMPRESS”»
Efectuava duas “rápidas” viagens por mês de Hong Kong para Vancouver (Canadá), via Shanghai e Japão.
A “Canadian Pacific”  era uma grande companhia de navegação canadiana estabelecida em finais do século XIX. De 1880 até depois da II Grande Guerra, era  a empresa com mais navios a vapor que operava no Atlântico (muitos emigrantes viajaram nestes navios da Europa para o Canadá) e Pacífico.
Os seus navios também foram incorporados nas duas guerras mundiais como navios de carga. Perderam 12 navios durante a 2.ª Guerra Mundial incluindo o afundamento do seu maior navio por um  submarino alemão U-Boot.
Em 1960 devido ao aumento da viagens aéreas, a Companhia passou a transportar contentores. Com este nome, a Companhia terminou em 2001.
(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/07/16/anuncio-firma-a-a-de-mello/
(2) https://nenotavaiconta.wordpress.com/tag/alexandrino-antonio-de-melo/
(3) https://en.wikipedia.org/wiki/Nippon_Yusen
(4) http://www.wrecksite.eu/wreck.aspx?109780
(5) http://www.combinedfleet.com/Suwa_t.htm
(6) http://www.wrecksite.eu/wreck.aspx?143913
(7) http://www.combinedfleet.com/Hakozaki_t.htm
(8) https://en.wikipedia.org/wiki/CP_Ships