Chiquia I“Em português, o jogo da chiquia é conhecido por jogo do volante, peteca ou volante … (…)
Este objecto pode comparar-se aos feixes de cabelo dos penteados das pequenitas chinesas, bem como às calotes, em forma de rabicho, que as idosas senhoras conservadoras costumavam usar enroladas sobre a nuca, presas com pregos de prata ou ouro, e que, em patois macaense, receberam o nome de chiquia. A chiquia de jogar, ou seja o volante português, conhecida, em chinês por in () andorinha ou, mais propriamente, na região de Cantão, por Kai mou in (雞毛燕 ) (1) andorinha de penas de galinha faz-nos lembrar a péla do recente badmington, jogo que parece filiar-se naquele… (…)
No século passado, ainda, na China, o volante era um divertimento muito popular, não só entre as crianças como até entre os adultos… (…)
Nos nossos dias este brinquedo, que se vende, por poucas avos, em quase todas as tendas ambulantes, quinquilharias e papelarias tipicamente t chinesas, é constituído por vários círculos de cartolina ou cartão fino, perfurados a meio, círculos que se sobrepõem até perfazerem cerca de 2 centímetros de espessura e se atam, por meio de um cordel, fixam-se 4 penas de galinha, geralmente rectrizes que emergem, no topo, em forma de penacho.
Donde teria vindo, porém, a palavra chiquia, para o falar de Macau?
Estudada a difusão deste jogo e os nomes por que, no Oriente, é conhecido, fica-nos a ideia de que o nome de chiquia, como brinquedo, é que teria dado o nome aos penachos de cabelo das crianças e não o contrário, como a maioria das pessoas supõe. (2)
A verdade é que este passatempo, relacionado, ao que se supõe, com os primórdios do futebol, parece ser uma invenção chinesa, possivelmente das regiões do norte, presumivelmente palaciana, dada a antiguidade que se lhe atribui nestas regiões … (…).
Há várias maneiras de jogar chiquia.
Contudo, numa tentativa de sistematização, podemos considerar as diferentes variantes repartidas em dois grupos:
1 – Tá in (), (3) bater chiquia com a mão.
2 – Teák in ( ), (4) bater chiquia com o pé.
       Os do segundo grupo são os proferidos pelos mais velhas e até pelos adultos (o primeiro grupo são a os mais frequentes entre as crianças.” (5)
(1) 毛燕mandarim pinyin:  jī máo yàn; cantonense jyutping: gai1 mou4 jin1
(2) CHIQUIA

  • Trança ou rolo de cabelo preso na nuca, como usavam antigamente as mulheres, como indicativo do seu estado de casadas. Marâ chiquia – atar o cabelo sobre a cabeça.
  • Volante formado por uma base cilíndrica feita com círculos de cartão sobrepostos e colados, e por um tufo de penas de galinha. Conhecido em chinês por «in1 chi1».
  • Jogo infantil que consistia em chutar o chiquia de modo a mantê-lo no ar o maior tempo possível contando os chutes até o volante cair no chão. (FERNANDES, Miguel Senna; BAXTER, Alan Norman – Maquista Chapado, 2001)

(3) mandarim pinyin: dá jiàn; cantonense jyutping: daa1 jin2
(4) mandarim pinyin:  tī jiàn; cantonense jyutping: tek3 jin2
(5) AMARO, Ana Maria – Jogos, Brinquedos e Outras Diversões Populares de Macau, 1972

Chiquia INOTA 1: Este brinquedo que na década de 50 e 60 do século passado, se vendia por poucos avos em todas as tendas ambulantes e quinquilharias de Macau, hoje infelizmente, já não se encontra com facilidade (nem em Macau nem em Hong Kong). Este exemplar comprei-o em Singapura.

Chiquia IIIMas com o progresso, em vez dos círculos de cartolina/cartão fino (em criança fazia-o com papeis de jornais com uns 5 centímetros de altura/espessura para adquirir um peso suficiente para a queda) utiliza-se “rodelas” de plástico.

Chiquia IV

 


Chiquia Ve em vez das penas da galinha (muitas vezes “arrancadas” mesmo da galinha)  colocam-se “penas” plastificadas bem coloridas

 

 

 

NOTA 2 : “Jiànzi (毽子), tī jiànzi (踢毽子), tī jian (踢毽) or jiànqiú (毽球), also known by other names, is a traditional Asian game in which players aim to keep a heavily weighted shuttlecock in the air by using their bodies, apart from the hands, unlike in similar games peteca and indiaca.”
http://en.wikipedia.org/wiki/Jianzi