1.º Dia de Circulação do envelope (16,3 cm x 10,5 cm), selo e carimbo comemorativos do 1.º Centenário da Reforma Administrativa Ultramarina (1) 1869-1969, emitido pelos C. T. T. de Macau.

1969 - Centenário Ref. Adm Ult. - envelope

Este centenário foi comemorado em todas as províncias ultramarinas com a emissão de um selo (o de Macau: 90 avos) com o retrato de Luiz Augusto Rebello da Silva (2), autor da reforma administrativa das províncias ultramarinas.
No ministério formado em 11 de Agosto de 1869 pelo Duque de Loulé, chefe do Partido Renovador, Luiz Augusto Rebello da Silva desempenhava o cargo de Ministro da Marinha e do Ultramar.

(1) “1-12-1869 – Decreto Ministerial recomendando, sobre a reforma das instituições administrativas ultramarinas, uma maior descentralização e pedido de mais iniciativa local. Faz algumas referências sobre os municípios e determina que cada capital de província publique um Boletim Oficial «sob inspecção do governador, contendo as leis decretos e regulamentos, e igualmente outras determinações régias, ou do governo provincial, que hajam de ser executadas na província. Deverá também publicar as notícias estatísticas e outras que possam ser de utilidade pública.”
SILVA, Beatriz Basto da – Cronologia da História de Macau, 3.º Volume.

(2) Luiz Augusto Rebello da Silva (1822-1871) – jornalista, historiador, romancista e político. Foi um dos primeiros professores do Curso Superior de Letras (por recusa de Alexandre Herculano), fundado em 1859 por D. Pedro V, leccionando a cadeira de História. Colaborando em múltiplos jornais e revistas, Rebelo da Silva afirmou-se como o mais prolífico dos escritores românticos portugueses, distinguindo-se ainda como orador e político, tendo exercido, entre outros, os cargos de deputado, par do Reino e ministro.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Lu%C3%ADs_Augusto_Rebelo_da_Silva