Saco de compras de plástico de cor verde da Companhia Nam Kwong (1) (59 cm x 30,5 cm) publicitando

NAM KWONG TRADING COMPANY
EXHIBITION HALL
  貿     (2)

Nam Kwong Trading Co. I

Esta “sala de exibição/exposição” ficava no 2.º andar do Banco “Nam Tung”

NAN TUNG BANG BUILDING (3)
Rua da Praia Grande, 65-A, 2.º andar, MACAU (4)

Nam Kwong Trading Co. IIDo outro lado, sem impressão.

Nam Kwong Trading Co. III(1) “Em 1949, o Ministério do Comércio Externo da China continental cria, em Macau, a sociedade comercial Nanguang (南光Luz do Sul) para controlar o comércio entre Macau e a China continental e os comerciantes locais, na sua maioria sinófonos.”
FERNANDES, Moisés Silva – Sinopse de Macau nas relações luso-chinesas 1945-1995. Fundação Oriente, LIsboa, 2000, 850 p. , IISBN – 972-785-015-4
  mandarim pinyin: nán guang; cantonense jyutping: naam4 gwong1.
Nam Kwong (Group) Co. Ltd. is an enterprise directly under the central government based in Macao. Founded on August 28, 1949 as Nam Kwong Trading Company by Mr. O Cheng Peng on the commission of China, the Group is the first Chinese-funded institution in Macao with its 60 odd years of history. In the course of development, the older generation of pioneers represented by Mr. O Cheng Peng devoted themselves to the painstaking endeavors for the inception, development and growth of Nam Kwong and made remarkable contributions to the prosperity and stability of Macao.
Ler “History of Nam Kwong” em
http://www.namkwong.com.mo/en/aboutnamkwong/History.html
(2) 南 光 貿 陳 列 mandarim pinyin: nán guang mào yi gong si chén lié  shi; cantonense jyutping: naam4 gwong1 mau6 ji6 gung1 si1 can4 laat6 sat1.
(3) O banco “Nam Tung Lda.”, fundada em 1950, no ano de 1987 foi autorizado a mudar de nome para “Banco da China – Filial Macau” (Bank of China Macau Branch) sendo na altura a 9.ª filial do Banco da China, no estrangeiro.
A propósito do Banco “Nam Tung” na Rua de Praia Grande, relembro que o prédio ocupou o espaço que era do Hotel Riviera, à frente do Banco Nacional Ultramarino.
Não resisto a passar parte do poema “Macau Ontem e Hoje (1960-1984)” no tom humorístico de J. J. Monteiro: (5)


O progresso, sempre forte
Vencedor de velharias,
Destruiu o Riviera
Como bom hotel que era,
Só porque não teve a sorte
De David contra Golias

Sumiu-se p´ra dar lugar
Àquele não pequenino
Mas gigantesco edifício,
Com um lato frontispício,
Bem trabalhado, a brilhar,
Frente ao Banco Nacional Ultramarino

«Nam Tung» é o nome dado
Ao edifício em questão,
com seu rico Banco China
Que em frente ao nosso empina
Pomposamente instalado
Logo ali no rés-do-chão

(4) 地 址: 澳門南灣街 65號A南通银行大廈 二樓 電話 84255 (10) 84252
mandarim pinyin: di zhi: Ào mén  nán wan jié     65 hào A     nán tòng yin hàng dà xià èr lóu    diàn huà: 84255 (10) 84252; cantonense jyutping: dei6 zi2: Ou3 mun4 naam4 waan1 gaai1 65 hou4 A naam4 tung1 ngan2 hong4 daai6 haa6 ji6 lau4 din6 waa2: 84255 (10) 84252.
(5) MONTEIRO, J. J. – Macau vista por dentro. Edição da Direcção dos Serviços de Turismo, 1983, 385 p.