Província de Macau

Os escassos 10 quilómetros quadrados que constituem o território português de Macau, e que abrangem uma pequena península onde se encontra a cidade e as duas ilhas da Taipa e de Coloane, encravados na costa sul da China e na foz do Si-Kiang, teem para Portugal uma importância que não é apenas histórica mas também turística e comercial … (…) 

Joranl da Europa - Hospital de Macau 1929O Hospital  de Macau

Embora a legenda refira Hospital de Macau, nessa data era o Hospital Militar Sam Januário.

Pelo último censo foi a população de Macau avaliada em 83 984 habitantes, dos quais 79 807 chineses e 4 170 portugueses. Calcula-se que, pelo próximo censo, o aumento da população deve sêr de 100 % devido ao grande desenvolvimento que a cidade tem tomado sob o impulso das grandes obras do porto que se encontram em via de conclusão … (...) (1)

Joranl da Europa - Casa Nolasco 1929Aspectos de Macau

Trata-se de uma foto tirada do lado sul da Colina da Guia, das residências particulares, sensivelmente igual ao postal por mim publicado em (2) onde se observa em primeiro plano, no canto direito, a Casa Silva Mendes (hoje, sede do Instituto Internacional de Tecnologia do Software da Universidade das Nações Unidas), a Casa Nolasco da Silva, ou a Casa Branca (hoje Autoridade Monetária de Macau ) e mais atrás, à esquerda, a Vila Alegre  (hoje, a escola Leng Nam)

“… A situação financeira da colónia é favorável. Não só, no ano económico de 1928-29, as receitas cobradas excederem as previstas em 200 000 patacas, como o orçamento para 1029-30 apresenta um saldo de 150 000 patacas, além de 200 000 com que foi reforçado o fundo de reservas.” (1)

Joranl da Europa -  1929 CAPA(1) Fotos e artigo não assinado in Jornal da Europa, informação colonial e marítima para Portugal, Colónias, Ilhas, Brasil e América do Norte. Editora Portugal Ultramar, 2.ª Série, n.º 17, 1929, 78 p.

(2) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2013/01/09/postais-macau-artistico-iv/