Continuação do “post” anterior referente ao livro “Portugal e as Colónias Portuguêsas”. (1)
Reproduzo as três “fotos” do capítulo VII, dedicado a Macau.

Portugal e as Colónias Portuguesas VFig 70 – Macau – Pagode da Barra (pág. 318)

Templo de A-Má

Infelizmente são más cópias, talvez devido à qualidade do papel mas dá-nos uma ideia das paisagens da primeira década do século XX ou mesmo,  final do século XIX.

Portugal e as Colónias Portuguesas VIFig. 71 – Macau – Porto Interior (pág. 320) (2)

“… Na falta de territórios para a exploração agrícola, todas as fontes de riqueza pública em Macau se reduzem à actividade industrial e comercial; e ainda quanto a estas já teve a colónia maior prosperidade quando não sofria tanto a concorrência do pôrto inglês de Hong- Kong e de diversos portos chineses de novo abertos ao comércio estrangeiro.
O mais importante objecto da actividade económica de Macau é o ópio, importado em crú, preparado e reexportado…

Portugal e as Colónias Portuguesas VIIFig. 72 – Macau – Rua das Felicidades (Bazar Chinês) (pág. 322)

“… Semelhantemente se procede com o chá, que é também importado e preparado para dêle se fazer valiosa exportação, quási toda para Inglaterra.
É muito considerável a indústria da pesca, que abastece de peixe frêsco, sêco e salgado a cidade de Macau, Hong-Kong e outras povoações.
Outras indústrias de Macau: fabrico de sêda, descasca e moagem de arroz, fabrico de esteiras e fogos de artifício….”

(1) Ver:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2014/03/31/leitura-portugal-e-as-colonias-portugue-sas-i/

ALMEIDA, Fortunato de – Portugal e as colónias portuguêsas: com um apêndice sôbre a história da geografia e uma nota bibliográfica sôbre a geografia de Portugal e dos seus domínios. Segunda edição. Editor: Fortunato de Almeida, Coimbra, 1920, 484 p. + mapas, 21 cm x 13 cm.

(2) Embora o livro tenha sido publicado em 1920, as fotos são muito mais antigas. Por exemplo, esta foto que foi posteriormente publicada no Resumo da História de Macau, de Eudore de Colomban de 1927, 

Resumo Hx Macau Eudore Colomban 1927 Porto Interioré a mesma, com uma melhor impressão, publicada na Revista Serões de 1902

Revista Serões 1902 Porto Interiore também anteriormente reproduzida na Revista TA-SSI-YANG-KUO, Vol I , de J. F. Marques Pereira (Est.XV) (1899-1900)
com o seguinte indicação:

Margem do porto interior, visto da Lapa – Photog. de P. Marinho, segundo uma photographia do sr. Carlos Cabral (1898)