Macau descrito no capítulo XII (Portugal Ultramarino) do livro escolar de 1912, “Corografia de Portugal”, noções elementares para o ensino primário oficial. (1) (2)

Corografia de Portugal CAPA

“…A cidade de Macau ´é muito populosa, pois conta cêrca de 78 000 habitantes, na maior parte chins, havendo alguns europeus e mestiços christãos, e também alguns estrangeiros. Nos quintais e hortas de Macau produzem boas frutas; mas a ocupação dos seus habitantes é principalmente o comércio dos produtos das províncias limítrofes e dos que se manipulam em Macau, como são o chá, ópio, sedas, charões, sendo grande o número de embarcações que cada dia entram e saem de Macau para este comércio….”

Corografia de Portugal MAPA

(1)   D´ÉÇA, Vicente Almeida (lente da Escola Naval) – Corografia de Portugal (Noções Elementares). Nova edição, aprovada por Decreto de 21 de Novembro de 1910. Casa Editora de Figueirinhas, 1912, 111 p. + Índice |1|+ Apêndice |4|
(2)   Corografia descrição de uma região ou de parte importante de um território.
Corografia foi a especialidade da Geografia que se dedicava ao estudo geográfico de um país ou de uma de suas regiões, mais concretamente «estudo geográfico particular de uma região ou de um país» ou «compêndio que trata do estudo geográfico de uma região ou de um país» . A corografia esteve em grande voga na primeira metade do século XIX, sendo depois paulatinamente substituída pela geografia regional à medida que a descrição dos lugares se foi integrando no contexto mais vasto do ambiente em que se inserem e as questões históricas foram sendo relegadas para outros âmbitos disciplinares” ( http://pt.wikipedia.org/wiki/Corografia)